Por atraso do Governo do Estado, Região Metropolitana de Natal poderá entrar em 2016 sem SAMU

Informações chegadas ao blog dão conta de que a Região Metropolitana de Natal poderá entrar 2016 sem o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), devido ao atraso de pagamento por parte do Governo do Estado, que já acumula três meses.

O Governo do Estado está devendo também ao setor de ortopedia do Hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim. Os médicos estão com as atividades paralisadas, sobrecarregando ainda mais o Hospital Walfredo Gurgel, maior Pronto-Socorro de Urgência e Emergência do Estado, que atualmente está com fila de espera para cirurgias ortopédicas.