A busca por novas oportunidades profissionais, a crise econômica e os altos índices de violência no país são apenas algumas das motivações para a corrida promovida por brasileiros em busca da cidadania portuguesa.

Atualmente, estima-se que milhares de norte-rio-grandenses tenham direito a requerer a nacionalidade portuguesa por meio da Lei da Nacionalidade (Lei nº 37/81).

A lei trata, dentre outras possibilidades, a obtenção da cidadania através da comprovação de descendência das comunidades judaicas da Península Ibérica (Portugal e Espanha) ou seja, de origem sefardita. Muitos desses ancestrais portugueses vieram para o Brasil e a região Nordeste, por volta do século XVI, para fugir da perseguição imposta pela Inquisição promovida pelo Estado e a Igreja Católica.

Para explicar com mais detalhes sobre o processo para obtenção da cidadania, o advogado Renato Martins, sócio da Martins Castro, estará em Natal no próximo dia 6 de junho (quinta-feira), às 19h, na sede da OAB, para realizar palestra gratuita, com vagas limitadas, sobre o processo de obtenção da nacionalidade portuguesa via judeus sefarditas.

Programação:

Painel I: O Processo de Nacionalidade Portuguesa pela via judaico-sefardita
Palestrante: Renato Martins (mestre em Direito Administrativo e advogado especializado em processos de nacionalidade portuguesa)

Mediador: Manoel Onofre, Promotor de Justiça e descendente de judeus sefarditas

Painel II: A origem judaica das famílias do RN 
Palestrante: Filipe Azevedo (genealogista)

Mediadora: Soledade Fernandes, juíza aposentada (TJ RN), advogada e descendente de judeus sefarditas