Está em andamento uma articulação envolvendo sete partidos no Rio Grande do Norte, para uma aliança na chapa proporcional com vistas às eleições de 2018.

PPS, PMB, PMN, PTB, PEN, PV e Avante se reúnem quinzenalmente e tem como meta conseguir três cadeiras na Assembleia Legislativa e uma na Câmara Federal.