Pré-candidato ao Senado da República pelo PSB no Rio Grande do Norte, o presidente licenciado da Federação da Agricultura (Sistema Faern/Senar) e do Sebrae-RN criticou o Governo Estadual pela inércia em encampar um plano de desenvolvimento na área de infraestrutura, o que, segundo ele, é necessário para alavancar a economia do Estado, atraindo novas empresas que gerem emprego e renda para os potiguares.

Zé Vieira citou como exemplo a região do Seridó, grande produtora de minério, mas que esbarra em gargalos para o escoamento da produção local. “Não temos como transportar esse minério, porque nós não temos ferrovias. Então o Estado não se preparou para fazer um plano de desenvolvimento de Infraestrutura”, disse o pré-candidato a senador em entrevista ao Jornal Potiguar Notícias, nesta quarta-feira (27).

A gestão da economia do Estado também foi alvo de críticas do pessebista, que comparou o RN com estados como a Paraíba e o Ceará, que estão localizados na mesma região, mas que usufruem de uma pujança econômica que o Rio Grande do Norte não tem visto nas últimas décadas. Segundo ele, é necessário um “choque de gestão” para mudar a realidade por que passa o RN.

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.