O prefeito de Ceará-Mirim, recém-cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marconi Barreto, vai sair da Prefeitura sendo mal visto pelos servidores.

Atradou o salário do funcionalismo.

E em nota informou que só vai concluir o salário de agosto no dia 10/09.