O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, decretou luto oficial de três dias no município pelo falecimento de seu pai, o deputado estadual Agnelo Alves, que foi prefeito de Natal entre os anos de 1966 e 1969 quando foi cassado pela ditadura militar. 

Agnelo foi duas vez prefeito de Parnamim e senador da República. Dedicou sua vida ao jornalismo e militou na política. 

A família do deputado irá comunicar assim que possível o local e o horário das exéquias de despedida.