Prefeito e vereador de Caicó afirmam que são inocentes

Presos em operação do Ministério Público Estadual na manhã desta terça-feira (14), o prefeito de Caicó, Robson Araújo e o vereador Lobão Filho, garantem a inocência e que não praticaram atos criminosos.

“Eu não tive acesso às acusações, mas acredito que seja algum tipo de delação e que a gente vai mostrar toda a realidade. Eu fico muito tranquilo, porque já coloquei à disposição da Justiça, da polícia, do Ministério Público, meu sigilo bancário, meu sigilo telefônico, minhas contas, tudo com muita transparência. Fui bem tratado pela polícia, pelos promotores”, declarou o prefeito em entrevista à InterTV Cabugi e ao G1RN.

“A gente ainda vai constituir um advogado. Não tenho bens. O que encontraram na minha casa foi um talão de cheques, uma quantia em dinheiro que eu pretendia pagar agora o seguro o carro e tentar quitar a dívida do meu carro, que é financiado. Tenho R$ 40 mil numa conta do Bradesco e R$ 35 mil que eu tinha na minha casa que era para quitar a caminhonete”, disse o prefeito sobre os bens apreendidos.

Já o vereador Lobão se pronunciou por meio de sua defesa, o advogado Max Helder Fernandes: “Meu cliente está tranquilo, porque não tem nada a temer. Foi presidente da Câmara de Vereadores de Caicó, está em seu quinto mandato de vereador e não tem nada contra ele”, disse à Tribuna do Norte.