A área da segurança pública e defesa social tem recebido investimentos maciços da Prefeitura de Natal, que, mesmo sem ter essa obrigação constitucional, está priorizando o setor. Além do plano da valorização funcional da tropa da Guarda Municipal, anunciado recentemente, a Prefeitura prepara para os próximos dias uma série de iniciativas que vão contribuir para o combate à criminalidade na cidade. Uma delas é a base localizada na Praça Gentil Ferreira, no Alecrim. O espaço vai servir como ponto de apoio para as guarnições que estiverem em operação, bem como será a sede do Grupamento de Apoio Patrimonial (GAPA), que contará com uma equipe em serviço 24 horas por dia para atender a toda a cidade.

Há poucos dias, a Prefeitura apresentou para os guardas municipais o Plano de Carreiras e Salários da categoria. A medida é mais uma que a gestão municipal implementa com o objetivo de fortalecer o enfrentamento a violência na capital potiguar. “O plano de cargos e salários era esperado há 29 anos pelos homens e mulheres que fazem parte dos quadros da Guarda Municipal de Natal e que agora vamos concretizar, dentro da política de compromisso, determinação e prioridade que a Prefeitura dá à segurança pública”, destaca o prefeito Álvaro Dias.

O plano da GMN prevê a reorganização funcional da categoria com criação de classes; unificação de alguns postos; promoção de guardas após 29 anos; unificação de gratificações e vantagens; garantia de mobilidade funcional e progressão salarial ao longo da carreira. Presidente do Sindicato dos Guardas Municipais do RN (Sindiguardas), Souza Júnior celebra a implementação do plano. “Um sonho que está se concretizando, uma luta de quase 30 anos, desde a criação da Guarda Municipal em 1991. Vamos ter as carreiras estabelecidas, as devidas promoções e, ao longo do tempo, os guardas vão poder subir na carreira”, aponta Souza.

Os avanços também estão acontecendo na parte estrutural e de equipamentos. A Guarda está recebendo neste mês cinco novas viaturas — sendo uma delas para a implementação da Patrulha Maria da Penha —, 160 coletes à prova de balas, 100 algemas, 290 dispositivos com spray de pimenta e 25 computadores. Todos esses equipamentos e materiais foram adquiridos com recursos próprios da Prefeitura. Ao longo de 2019, a GMN já havia sido equipada com cinco viaturas operacionais, 100 coletes balísticos dissimulados; 25 mil munições e 30 pistolas semiautomáticas da marca Taurus e calibre 380, rádios portáteis de comunicação e motocicletas.

Ainda na relação de ações do Município na segurança pública estão a criação da Ronda Ostensiva da Guarda Municipal do Natal (Romu/GMN); da Ronda de Proteção Escolar (ROPE) e a Ronda da Saúde (RondaS). Além disso, a Prefeitura de Natal oficializou através de decreto o Plano Municipal de Políticas sobre Drogas.

“Não podemos fechar os olhos para a questão da segurança pública. Quanto mais ajuda, melhor. Entendemos a importância dessas ações e a gestão municipal não se furta em contribuir no que estiver ao seu alcance. Temos orgulho de dizer que essa administração é a que mais tem investido na história da cidade em capacitação, aperfeiçoamento, valorização salarial e geração de condições de trabalho para a Guarda Municipal de Natal. Aliado a isso, temos um trabalho forte de inteligência e integração junto às demais forças de segurança para proteger o cidadão”, aponta o prefeito Álvaro Dias.

Foto 1 - Novas viaturas e equipamentos para a Guarda Municipal - foto Marco Polo

Comentários do Facebook

Deixe um comentário