Em assembleia na tarde desta quarta-feira (04), os professores da rede estadual de ensino decretaram greve.

O protesto é contra o Governo do Estado por não pagar imediatamente o novo piso nacional, com reajuste de 12,84%.

A proposta da governadora Fátima Bezerra (PT) é implantar o reajuste em três parcelas cumulativas de 4,11%, para os ativos e inativos, e foi recusada pela categoria que já decidiu pela greve.

Professores