Um incidente no interior do Teatro Municipal Dix-huit Rosado, em Mossoró, à noite dessa sexta-feira (8), por pouco não tem consequências mais delicadas. Mesmo assim, gerou tumulto.

Minutos antes de ser iniciado show com o cantor Jorge Vercilo, grevistas da Universidade do Estado do RN (UERN), alunos e outros manifestantes, literalmente ocuparam espaços nos corredores. Com faixas, palavras de ordem, uma bandeira do Brasil marcada por manchas e cartazes, eles cobravam postura democrática e zelo à educação.

O alvo era a governadora Rosalba Ciarlini (DEM).

Ela receberia a comenda “Marca de Valor” do jornal “Correio da Tarde”, que comemorava cinco anos de funcionamento. Mas avisada do ambiente que se formava, resolveu não comparecer. Os grevistas guardavam outro prêmio para a governadora, o diploma “Irresponsabilidade com a Educação”.

Dirigentes do periódico ainda tentaram, diplomaticamente, aplacar a mobilização. Não obtiveram êxito.

Por cerca de cinco minutos o protesto tomou conta do interior do teatro. Da plateia vinham reações antípodas: aplausos e vaias.

O mal-estar ficou particularmente extremado, quando o popular conhecido como “DJ Balinha” levantou-se para rosnar contra o protesto: “Botem esses vagabundos para fora”.

Um professor, que participava da manifestação, passou a bater boca com ele. Houve troca de ofensas.

Vozes de moderação de lado a lado atenuaram os ânimos e a promoção do jornal pode retomar seu ritmo normal.

Do Blog de Carlos Santos

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.