O Partido Socialista Brasileiro (PSB) fechou questão, por unanimidade, contra a atual Reforma da Previdência – PEC 6/2019, apresentada pelo Governo Federal, na reunião do Diretório Nacional nesta quinta-feira (25), em Brasília.

O Presidente Nacional do PSB, Carlos Siqueira, falou sobre a importância da decisão. “Um partido socialista, como o nosso, não pode colocar suas digitais nessa proposta de reforma”, afirma.

A admissibilidade da proposta foi aprovada terça-feira (23), na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC), da Câmara dos Deputados. Agora, o texto segue para a comissão especial criada pela Casa para discussão e votação.