O ex-senador Paulo Davim deixou a Presidência do Partido Verde (PV) no Rio Grande do Norte. Falam em divergências com o dirigente Rivaldo Fernandes, que assume o comando da legenda. 

O empresário Walter Fonseca também deixou o comando do PV de Mossoró e a vice-presidência estadual. 

E o engenheiro Kalazans Bezerra é mais um a deixar o diretório estadual do Partido Verde. 

O partido perdeu força no Rio Grande do Norte, desde quando a ex-prefeito de Natal, Micarla de Sousa, perdeu o poder de comando político.