Com certeza você já notou a invasão de ofertas de produtos e serviços no seu feed do Instagram e Facebook, além de anúncios patrocinados do Google Ads nas suas buscas, mas será que funciona? Não existe uma outra forma de alcançar o público que interessa ao seu negócio? Para ambas as perguntas, a resposta é sim.

De acordo com o CEO da Agência de Marketing Digital PHD Virtual, Danilo Araújo, você pode combinar ações nos anúncios patrocinados e também fazer uma rede social criativa, com conteúdos que despertem a curiosidade da sua persona. Mas, quanto custa anunciar no facebook, instagram e google? Como fazer conteúdos que tenham alcance orgânico (gratuitos)?

O valor dos anúncios patrocinados no Facebook, Instagram e Google ainda é muito barato para o retorno que dão. As conversões partem de centavos, até poucos reais, dependendo da estratégia e segmento. Contudo, é preciso ter conhecimento na área. Não basta apertar o botão e receber um retorno. No mínimo fazer um curso na área e ter tempo para fazer os anúncios, acompanhar e analisar o que funciona ou não. Caso não tenha esse tempo, terceirizar com uma agência de marketing digital a gestão dos Ads é uma excelente opção, pois o desempenho será imensamente maior, se feita corretamente.

Investir em uma única mídia não é a saída. Para o especialista em mídia digital, é preciso combinar ações de marketing digital para ampliar o alcance orgânico e criar um vínculo duradouro com o seu público potencial. Investir em único canal não é o suficiente. É indiscutível que os posts que aparecem de forma orgânica nos sites de buscas ou redes sociais têm mais credibilidade e um maior impacto junto ao seu público. “Já foi comprovado que os resultados orgânicos do feed e buscas são os preferidos dos usuários, em relação aos anúncios patrocinados. No próprio Google, por exemplo, em média mais de 80% das buscas que terminam em cliques, são em resultados orgânicos”, afirma o especialista, com certificação internacional em Marketing Digital.

Para Danilo Araújo, investir na produção de conteúdo através de vídeos rápidos e interessante, pode lhe render um bom alcance orgânico na sua rede social, youtube, e até mesmo fora dela, como nos compartilhamentos via WhatsApp, que rapidamente promovem a viralização do conteúdo, o que traz um resultado sensacional.

“Isso ocorre pelo fato que o algoritmo desses canais priorizam o que prende a atenção do usuário à tela, ou seja, se um vídeo bacana faz com que um seguidor passe 30 segundos olhando para ele, o algoritmo sinaliza que aquele é um bom conteúdo para que mais pessoas sejam alcançadas organicamente, fazendo com o que alcance atinja mais pessoas no seu feed. Postagens batidas de ofertas, apenas querendo vender, estáticas, sem conteúdo que ajude ou divirta o usuário, são classificadas como ruins pelo algoritmo, levando a menos pessoas acessarem àquela postagem de forma orgânica”, complementa Danilo.

Se a sua intenção é atrair clientes, não subestime a importância do Google, achando que ele é apenas um site de busca. “Hoje ele é um dos principais canais de fechamento de negócios. O próprio Google já afirmou que a maioria das buscas envolvem algum negócio local, e que 28% dessas buscas terminam em fechamento de negócio. Ter uma presença nos resultados orgânicos do Google nunca foi tão vantajoso e consegue-se isso através de muito conteúdo escrito de qualidade e técnicas de SEO, ajustes que são feitos no site e fora dele que ajudam àquele endereço virtual a ser bem avaliado pelo Google. Além disso, existe o Google Meu Negócio, com milhares e milhares de visualizações mensais para o local via resultados de pesquisa e no Google Maps, e na maioria das vezes a empresa desconhece essa ferramenta, não sabe como funciona ou deixa desatualizado ou mal configurado, perdendo inúmeros negócios todos os dias.

Por fim, Danilo ainda menciona que é muito importante não só ter tráfego, mas sim convertê-lo em lead, que são os interessados naquele conteúdo, produto ou serviço, capturando os seus dados, como telefone e e-mail, pois dessa forma a empresa irá cortar a dependência de intermediários para falar com o cliente e enviar novos conteúdos. De acordo com o especialista, o alcance orgânico das redes sociais caiu absurdamente, basta ver como as postagens no facebook não alcançam mais tantas pessoas e no instagram essa redução já foi sentida fortemente e irá aumentar mais ainda a queda desse alcance orgânico. As redes sociais são um negócio em que você é o produto. Portanto, a combinação de campanhas de anúncios patrocinados bem feitos e segmentados, com o alcance orgânico das postagens e resultados no Google, é a chave para um sucesso digital de qualidade, sem esquecer de sempre converter o tráfego em lead, começando assim um relacionamento com o cliente de forma direta. “O segredo é realmente explorar as vantagens pagas e orgânicas, sempre com segmentação e conteúdo de qualidade”, finaliza Danilo Araújo.

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.