Um novo passo no processo para a revisão do Plano Diretor de Natal (PDN).

A Prefeitura, que fez a proposição e lidera a discussão, realizou na manhã desta quinta-feira (12), uma reunião no Salão Nobre do Palácio Felipe Camarão.

A classe empresarial em peso compareceu e representantes do segmento para o debate que teve a presença do prefeito Álvaro Dias e de auxiliares.

O prefeito anunciou que o Poder Executivo vai enviar a proposta do PDN à Câmara Municipal em novembro, adiantando que, se for necessário, vai solicitar uma convocação extraordinária dos vereadores para a apreciação do projeto.

Álvaro Dias destacou que o atual Plano Diretor é um dos responsáveis pelo atraso vivido pela cidade nos aspectos econômico e urbano.

“Temos um ordenamento arcaico, pouco atrativo e desconectado da realidade atual. Esse atraso na revisão do Plano Diretor deixou Natal na rabeira de outras cidades, freou o nosso crescimento, afugentou os cidadãos dos nossos bairros centrais e promoveu a perda de arrecadação por parte do Poder Público. Precisamos e vamos mudar esse cenário, construindo uma proposta onde economia e meio-ambiente caminhem lado a lado e atingindo o tão almejado desenvolvimento sustentável de que necessitamos”, enfatizou Álvaro.

O presidente da FIERN, Amaro Sales também participou da discussão; a presidente do CREA-RN, Ana Adalgisa; o presidente da OAB-RN, Aldo Medeiros, Diógenes da Cunha Lima; Engenheiros e Arquitetos; Manoel Etelvino do Grupo Nordestão, bem como o empresário Flávio Azevedo, que também apoiou a iniciativa da Prefeitura de Natal em revisar o Plano Diretor de Natal, e Silvio Bezerra, presidente do Sindicato da Construção Civil do Rio Grande do Norte.

Nomes do trade turístico também estiveram presentes: Abdon e George Gosson.

Mário Barreto levou para a discussão a iniciativa do prefeito em demolir as ruínas do Hotel Reis Magos.

Foto: Alex Régis

Foto: Alex Régis