O Plano Diretor de Natal foi o assunto do Seminário e Workshop “DesEnvolve Natal: Por um Plano Diretor mais justo e sustentável social, ambiental e economicamente”.

O evento foi promovido pela Fecomércio Rio Grande do Norte e pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB RN), com apoio do Crea RN e Fiern e ocorreu na manhã desta segunda-feira (09), no Hotel-Escola Senac Barreira Roxa.

“Nós já vimos promovendo, há cerca de seis meses, uma série de debates, com vários especialistas, em reuniões semanais realizadas na sede da Fecomércio RN. Foi este grupo, aliás, que sugeriu o seminário, com intuito de lançarmos luzes sobre este assunto, que interessa a toda a cidade e que tem reflexos diretos no desenvolvimento social e econômico de Natal. Teremos a presença de três grandes especialistas em ocupação do solo urbano, vindos de Goiás, Fortaleza e São Paulo”, afirma o presidente da Fecomércio RN, Marcelo Queiroz.

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, destacou a necessidade de Natal dispor de mecanismos geradores de desenvolvimento sustentável e de progresso para a cidade. Ele fez um histórico sobre como o atual ordenamento urbanístico ajudou a frear esse movimento, deixando a capital potiguar para trás em relação a outras cidades da região.

“No projeto que estamos desenvolvendo, vamos modernizar a nossa legislação para atrair investimentos, estimular as pessoas a ficarem em Natal e criar as diretrizes para fazer com que a capital potiguar cresça e se volte para o futuro”, pontuou. Dentro desse contexto, o prefeito levantou a situação do antigo Hotel Reis Magos, classificando a realidade como símbolo do atraso e de uma era que a sua administração pretende deixar no passado.

Foto: Alex Régis

Foto: Alex Régis

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.