Os meios políticos do Estado começam a semana indagando se o governador Robinson Faria (PSD) continua pré-candidato à reeleição depois da reportagem exibida ontem (11) pelo Fantástico, lhe colocando como foco principal, em três esquemas de corrupção: Operação Dama de Espadas, que investiga o desvio de recursos na Assembleia Legislativa; Operação Candeeiro, deflagrada para apurar desvios no IDEMA e ainda a Operação Lava Jato, onde Robinson foi citado pelo delator Ricardo Saud, da JBS. Na nota abaixo, o governador repeliu e rebateu as referências feitas a seu nome.

E na última sexta-feira (09), a 98 FM divulgou pesquisa encomendada e feita pelo instituto Consult, que mostra o Governo Robinson desaprovado por 85% dos norte-riograndenses.

São dois fatos relevantes que podem mudar o rumo político do Governador.