O governador Robinson Faria quando vice de Rosalba Ciarlini costumava criticar o modus operandi centralizador da Governadora.

Pouco antes de completar um ano, “desceu a rampa” – como gostava de destacar depois do Governo desandar.

Realmente, a ex- governadora tentou um Conselho Político, que não aconteceu. Foi uma reunião sem eco. O próprio Vice não se achou ouvido.

Agora, governando há quatro meses o Rio Grande do Norte, Faria repete o mesmo isolamento.

Depois de trocar o discurso da Segurança pelo do Turismo, Faria elegeu o Hub da TAM como seu grande trunfo.

Na última segunda-feira (04), participou de uma reunião com a diretoria da TAM em São Paulo. Levou como demonstração de força política apenas o filho, deputado federal Fábio Faria (PSD). Deixou de fora até sua amiga-senadora Fátima Bezerra, do PT. Há quem diga que a antecipação de 2018 já começa a atrapalhar a parceria umbilical de outrora.

Ah história que se repete…

z