Rogério Marinho descarta ser candidato a governador e confirma pré-candidatura ao Senado

O Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, foi entrevistado neste domingo (26) pela Tribuna do Norte.

Voltou a descartar uma candidatura ao Governo do Estado: “Até porque já tem uma pré-candidatura apresentada, do deputado Benes Leocádio, que foi o deputado federal mais votado no Rio Grande do Norte, que tem afinidade com o nosso grupo político, que tem apoiado o governo do presidente Bolsonaro, que tem tido uma atuação bastante importante e correta a favor do estado. Conhece profundamente as dificuldades das prefeituras menores. Tem a sensibilidade de entender que o estado precisa sair da situação em que se encontra. O governo do Rio Grande Norte hoje, infelizmente, é um administrador de folha de pagamentos. Então, ele precisa se transformar em um indutor do desenvolvimento.”

E confirmou a pré-candidatura ao Senado: “Eu e meu grupo político, decidimos colocar o nosso nome como pré-candidato ao Senado por entendermos que há uma necessidade de se qualificar a representação do Estado. Ninguém pode ser candidato de si mesmo. Temos que representar o pensamento e propostas de um grupo expressivo da sociedade. Ao longo dos últimos meses, nós recebemos uma série de apoios e, por isso, amadurecemos a nossa decisão. Não apenas do presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Ezequiel, que é nosso amigo desde o tempo de colégio, mas de vários outros deputados, prefeitos, vereadores e lideranças políticas de Natal, de Parnamirim, de Caicó e de dezenas de outras cidades.Do presidente da FEMURN, o “Babá”,empresários, estudantes, representantes dos setores agropecuário e pesqueiro,da indústria,do comércio, profissionais liberais. Esses apoios têm sido crescentes nos últimos meses. Entendemos que não podemos fugir dessa responsabilidade e vamos tentar construir essa pré-candidatura ao longo dos próximos meses.”

Leia aqui a entrevista completa do Ministro.