O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, anunciou, nesta segunda-feira (11), durante a entrega da 1ª etapa do Complexo Viário do Gancho do Igapó, em Natal (RN), obra realizada pelo Ministério da Infraestrutura, a liberação de mais recursos para obras no Estado.

São R$ 22 milhões garantidos para a construção da Barragem de Oiticica, localizada próximo a Jucurutu, e R$ 7,8 milhões para a recuperação da Barragem Passagem das Traíras, em Jardim do Seridó.

A obra de Oiticica já tinha recebido, em dezembro, a liberação de R$ 40 milhões do MDR. Toda a obra está orçada em R$ 657,2 milhões, sendo R$ 638,2 milhões com recursos da Pasta. Desse total, R$ 523 milhões já foram repassados pela União. O Governo do Rio Grande do Norte, também responsável pela execução do empreendimento, arca com R$ 19 milhões em contrapartidas. A obra já tem mais de 86% de execução.

“Estamos empenhados para que essa obra possa ser terminada até o fim de 2021, porque ela é essencial para a qualidade de vida das pessoas da região, além de regular o regime de cheias do Rio Piranhas-Açu e recepcionar essas águas do Rio São Francisco”, destaca o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. “Finalizar obras estruturantes é um compromisso do Governo Federal”, completa.

Fábio Faria

Trabalhadores do canteiro de obras da duplicação da rodovia BR-304, em Macaíba (RN), trecho conhecido como Reta Tabajara, serão os novos beneficiados com a instalação de um ponto de internet de alta velocidade. O ministro das Comunicações, Fábio Faria, inaugurou o ponto nesta segunda-feira (11).

“Nessa região, nós temos uma grande dificuldade de conexão à rede móvel de dados e mesmo de sinal de telefonia. Esse ponto do programa Wi-Fi Brasil, que estamos instalando, vai resolver o problema de comunicação e beneficiar os trabalhadores da obra”, destaca o ministro Fábio Faria.

A área é conhecida pela conexão de dados precária e baixo sinal de telefonia móvel. Para sanar o problema de conectividade, o Ministério das Comunicações (MCom) instalou uma antena do programa Wi-Fi Brasil, que irá oferecer banda larga via satélite para os operários e engenheiros da obra, que é executada pelo Ministério da Infraestrutura, bem como para população do entorno.

O Wi-Fi Brasil é um programa do Governo Federal.

No Rio Grande do Norte, o programa atende a 100 municípios, com 292 pontos do Wi-Fi Brasil. Destes, 233 são escolas públicas rurais.