Com a cassação do prefeito de Ceará-Mirim, Marconi Barreto (MDB), pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), assume interinamente o cargo, o presidente da Câmara, Ronaldo Venâncio (PV).

Em 90 dias, Ceará-Mirim terá novas eleições.