Deu na coluna de Alex Medeiros, no Jornal de Hoje:

“Na campanha local, a superioridade de Rosalba Ciarlini não é apenas nas pesquisas ou na receptividade das ruas. Ela adquiriu três coisas básicas que todo grande candidato precisa: um símbolo, uma cor, uma canção. E Iberê não tem nenhum até agora”.