Na noite desta quarta-feira (8), a classe cultural de Natal promoveu um debate na Casa da Ribeira, onde os três principais candidatos ao Governo do Estado (Rosalba, Iberê e Carlos Eduardo) iriam debater os projetos de cada um para o setor, mas o governador-candidato Iberê, levou falta.

Rosalba Ciarlini (DEM) se comprometeu com a classe em implantar o Fundo Estadual de Cultura onde repassará 1% do ICMS por ano. “Hoje esse valor seria em torno de 30 milhões. Esse Fundo Estadual de Cultura não serão para pagar funcionários, será exclusivamente para fomentar projetos nas mais distintas expressões de arte. Este Fundo de Cultura não inviabilizará a Lei Câmara Cascudo de incentivo a cultura, que continuará a existir”, disse.

Já o candidato Carlos Eduardo Alves (PDT) comprometeu-se em criar a Secretaria de Cultura, elaborar o Plano Estadual de Cultura com a participação popular e regulamentar o Fundo Estadual de Cultura.

O debate foi uma iniciativa da Revista Catorze e do Núcleo de Jovens artistas.

Foto: Elisa Elsie

Rosalba Ciarlini

Foto: Alex Régis

Carlos Eduardo Alves

Comentários do Facebook

Comentários do Site

  1. carlos (GALILEU)

    Heitor, as denuncias de Carlos Eduardo sobre fechamento dos hospitais de Mossoró, não sei se são verdadeiras ou falsas, porém sei de hospital maternidade que com toda certeza fechou, é a MATERNIDADE MÃE QUININHA em nossa terra CAICÓ, que não foi por Rosalba, mas pelo candidato a vice de Carlos, dep. Alvaro Dias.

  2. carlos (GALILEU)

    Heitor, as denuncias de Carlos Eduardo sobre fechamento dos hospitais de Mossoró, não sei se são verdadeiras ou falsas, porém sei de hospital maternidade que com toda certeza fechou, é a MATERNIDADE MÃE QUININHA em nossa terra CAICÓ, que não foi por Rosalba, mas pelo candidato a vice de Carlos, dep. Alvaro Dias.