A Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 está sendo amplamente discutida na 13ª edição do Seminário “Os Motores do Desenvolvimento do Rio Grande do Norte”, promovido pelo jornal Tribuna do Norte, Sistema FIERN, Sistema Fecomercio/RN, UFRN e Governo do Estado.

O evento reúne políticos, empresários, profissionais das mais diversas áreas, e convidados especiais da FIFA e do Ministério do Esporte, que irão debater e mostrar principalmente o legado que o maior evento esportivo do planeta irá deixar para Natal e para todo o estado do Rio Grande do Norte.

“Se nós olharmos para o legado que nosso estado haverá de herdar, após a realização da Copa, veremos que nossa realidade econômica será outra depois de 2014”, disse a Governadora Rosalba Ciarlini na abertura dos trabalhos.

Rosalba lembrou as dificuldades enfrentadas ao assumir o Governo. “Todos se lembram, a Copa era dada como perdida. Realizamos uma verdadeira blitz, em várias frentes, e conseguimos manter acesa a chama da Copa”.

A Governadora destacou as inúmeras obras de infraestrutura e de mobilidade urbana que serão executadas em função do evento de porte mundial. “Preciso lembrar que a construção civil está entre os setores da economia que respondem com maior rapidez aos impulsos de crescimento, gerando empregos em alta escala. A construção da nova Arena das Dunas, as intervenções no cenário urbano, as obras do aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante e a ampliação do porto de Natal, entre outras, serão fatores de intensa geração de renda”, disse.

Além de discursar na abertura do evento, a Governadora será uma das palestrantes e fala sobre “A Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 no RN e as Ações do Governo”.

O seminário conta também com a presença do ministro da Previdência Social, Garilbadi Alves Filho; do presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta; da prefeita de Natal, Micarla de Sousa; do deputado federal Henrique Eduardo Alves; deputados estaduais; da reitora da UFRN, Ângela Paiva Cruz; do presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz; do presidente da FIERN, Amaro Sales, do secretário extraordinário para Assuntos Relativos à Copa do Mundo, Demétrio Torres; e outras autoridades.