O Governo do RN publicou um decreto no último dia 21 de dezembro, abrindo crédito extraordinário no valor de R$ 250 milhões, para três órgãos: Instituto da Previdência (IPERN), Secretaria de Planejamento (SEPLAN) e Secretaria de Saúde (SESAP).

Os recursos seriam para regularizar o pagamento dos servidores da saúde.

Mas entre os servidores estaduais da saúde, o que se diz é que os recursos foram utilizados para pagar aos fornecedores.

E a conta dos servidores continua vazia.

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.