O Ministério Público Federal denunciou o secretário estadual de turismo, o ex-deputado federal Múcio Sá, de ter desviado R$ 1 milhão de recursos provenientes do Ministério da Saúde.

Também foram denunciados pelo MPF, o procurador Fernando Rocha de Andrade, que assina a ação, Aldanisa Ramalho de Sá, esposa do secretário, e José Nilson de Sá, pai de Múcio Sá.

Todos os acusados integram a fundação Aproniano Sá.

Múcio Sá