As especulações, algumas já confirmadas, envolvendo deputados que iriam se filiar ao novo partido, o PSD, fez o deputado estadual José Dias, ex-PMDB, levar o caso ao plenário da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

“Não é do meu costume vir ao plenário desta Casa tratar de assuntos políticos. Sempre faço uso da palavra para discutir projetos ou problemas de interesse do Rio Grande do Norte. Hoje, abro uma exceção, para dizer que sou um homem de palavra e personalidade forte. O homem como ser humano, como criatura humana, deve fazer um esforço para ser reconhecido pela honra. Isso eu sempre fiz. Espero, que não seja necessário amanhã ou depois eu falar aqui sobre algum colega que quebrou a palavra ou um compromisso assumido previamente. Com  25 anos de vida pública, ninguém pode me julgar por ter quebrado um compromisso”, desabafou José Dias.