Os servidores em greve da Saúde e da UERN do Estado ocuparam agora há pouco a anti-sala da Presidência da Assembleia Legislativa.

Em novembro, eles estiveram ocupando a Secretaria Estadual de Planejamento.

A reivindicação é pela regularização do pagamento do salário.