Segundo o boletim divulgado pelo Programa Estadual de Controle da Dengue da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) com a situação da dengue no Rio Grande do Norte, com informações referentes ao período de 1º de janeiro a 11 de outubro de 2014, o Estado apresenta 50 municípios com incidência alta da doença e 33 com incidência média.

O número de casos notificados da doença é de 11.910, sendo 3.783 confirmados, com 17 óbitos por dengue. No ano de 2013 foram notificados 23.052 casos, sendo 10.195 confirmados e 26 óbitos por dengue. Os números mostram uma queda de 48,33% em relação aos casos notificados e uma queda de 53% no número de óbitos por dengue, em comparação com o ano passado.

A ausência da investigação dos sinais de alarme (dor abdominal intensa, vômito persistente e sangramentos importantes), a hidratação inadequada (que deve ser feita desde o primeiro atendimento) e a liberação dos pacientes sem atender aos critérios de alta médica recomendados pelo Ministério da Saúde são indícios apontados, pelo próprio Ministério, como fatores para o aumento das taxas de óbitos por dengue.