O Senhor Asclepíades Jales de Macedo, 80 anos, natural da cidade de São Rafael, faleceu na última quarta-feira (20) por falta de um leito de UTI.

O paciente apresentava sintomas de Coronavírus.

A Prefeitura de Mossoró esclarece que a Central de Regulação de Leitos de Mossoró recebeu a solicitação por vaga de UTI no horário das 00h, do dia 19. Às 00h03 do mesmo dia foi respondida a solicitação, no entanto, não havia leito de UTI disponível e foi repassada a informação de que tão logo houvesse disponibilidade de vaga o paciente seria encaminhado. Segundo a central, naquele momento haviam 6 pacientes na fila. A responsabilidade da Prefeitura de Mossoró é regular, mas é preciso ter leitos disponíveis.

No horário de 11h38 da manhã a Secretaria do Estado de Saúde Pública, SESAP, pediu informações sobre os leitos, citando o paciente. Isso porque a Secretaria Estadual tem acesso por meio do sistema, que é integrado, e posteriormente informou que Sr. Asclepíades seria direcionado a Caicó, onde teria leito de UTI disponível.

Portanto, é inverídica a informação de que não houve conhecimento da SESAP. A Prefeitura reitera que todos os dados são acessados por meio do sistema e houve fluxo de informação do caso citado.

Pelo twitter, a secretária de Comunicação do Estado, Guia Dantas, fez postagens sobre o caso:

Guia