A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte presta homenagem pelos 100 anos de fundação da Escola Doméstica, na próxima sexta-feira (29), às 10h. A sessão solene em comemoração ao centenário da instituição foi proposta pelo deputado estadual Agnelo Alves (PDT), em reconhecimento a contribuição do complexo educacional aos cidadãos potiguares.

A Escola Doméstica -ED- faz parte de um complexo de ensino, como sua primeira instituição escolar. Hoje o grupo conta também com o Colégio Henrique Castriciano e Centro Universitário do Rio Grande do Norte – UNI-RN. Todo o Complexo de ensino, entidade sem fins lucrativos, é mantido pela Liga de Ensino do Rio Grande do Norte, fundada em 1911.

O fundador da Escola Doméstica foi o poeta Henrique Castriciano, em 1º de setembro de 1914. Para ele, as mulheres tinham importante papel na sociedade. Como na época predominavam as escolas religiosas, o poeta inovou, adotando o modelo da educação doméstica que conheceu na Suíça. As primeiras professoras da ED foram européias, sendo depois substituídas pelas brasileiras. O modelo permanece até hoje, com as transformações exigidas pela evolução social.

Foto: João Gilberto

z