Do Blog Robson Pires

O governo do Estado renovou em 18 de junho de 2011 o contrato do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) com a Planet Business, a empresa apontada pelo Ministério Público na Operação Sinal Fechado como integrante do esquema de corrupção da inspeção veicular.

A informação consta do Diário Oficial do Estado, que traz o extrato de contrato celebrado pela Secretaria de Estado da Infraestrutura, através do DETRAN, e a Planet Business.

O objeto do contrato seria o mesmo que, segundo o Ministério Público, desviou mais de R$ 10 milhões dos cofres públicos do Estado, através da abusiva cobrança de taxas para o registro de veículos adquiridos por financiamento.

Sob o título de “Sistema de Registro Eletrônico de contratos de veículos com cláusula de alienação judiciária”, o governo atual autorizou a cobrança de um valor fixo de R$ 112,00 ao cidadão por veículo registrado a ser pago por instituições financeiras na ocasião do registro do contrato.