Entre as 34 pessoas incluídas como testemunhas pelo Ministério Público Estadual, para falar sobre a Operação Sinal Fechado, está o ex-deputado Carlos Augusto Rosado e o vice-governador Robinson Faria.

Carlos e Robinson foram citados em interceptações telefônicas.