O Governo do RN está descontando do salário dos trabalhadores as prestações dos consignados e não está repassando para as instituições bancárias, segundo o Sindocato dos Servidores da Administração Direta (SINSP-RN).

De acordo com o sindicato, baseado em denúncias dos servidores, os bancos estão cobrando o pagamento dos empréstimos, mesmo com a parcela já debitada no contracheque.