Por enquanto não há ainda uma perspectiva concreta de que a revisão do Plano Diretor de Parnamirim entre na agenda dos poderes executivo e legislativo do município, mas algumas correntes e lideranças já defendem que esse debate seja aberto o quanto antes.

O Tabelião do Segundo Ofício de Notas da Comarca da cidade, Airene Paiva, é um dos que mais batem nessa tecla e chamam a atenção para a urgência da questão.

“Lá atrás, nós tivemos um período importante de crescimento, uns 10 a 15 anos de ascensão, com foco no desenvolvimento econômico, na expansão imobiliária urbana e industrial. Todos precisamos pensar em como fazer pra nossa cidade retomar o caminho do desenvolvimento e não há como fugir da pauta da revisão do Plano Diretor”, destaca Airene.

Para ele outro ponto que reforça essa necessidade é que a cidade ainda guarda o alinhamento para verticalização da construção civil áreas no entorno do aeroporto como se ele continuasse em franca atividade. O tabelião reforça que o equipamento trazia diversos benefícios, mas em contrapartida mantinha algumas travas com as limitações de altura para prédios em bairros como Centro, Liberdade, Primavera, Jardim Planalto, Cajupiranga e Emaús. Todos com potencial, mas travados.

Comentários do Facebook

Os comentários estão fechados.