Política

Verão une adversários políticos no RN

O Verão é a estação dos encontros, reencontros, calor, mar azul, vibração…é muita alegria.

Em meio aos encontros de Verão, no mundo político, tem também entre adversários.

No último sábado (11), o aniversário de Denise Gaspar, em Jacumã, reuniu na mesma mesa o ex-governador Robinson Faria e o ex-ministro Henrique Alves.

Foto: Território Livre – Edinólia Melo, Henrique Alves, Geraldo Melo, Renata, Sessé Gaspar e Robinson Faria

Já no domingo (12), em almoço oferecido pelo deputado Gustavo Carvalho, lá estavam juntos Robinson e o ex-prefeito Carlos Eduardo.

Ministro Marcelo Navarro, Geraldo Melo, Chef Júlio, Ezequiel, Gustavo Carvalho, Zé Dias, Robinson, Tomba, Fernando Bezerra, Galeno Torquato e Carlos Eduardo

Política

Carlos Eduardo elogia gestão de Álvaro Dias

Em entrevista ao Repórter 98 dessa segunda-feira (30), o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT) fez elogios à gestão do prefeito Álvaro Dias (MDB).

Elogiou a continuidade de obras.

E ainda das ações importantes para a cultura, turismo e economia da cidade, como o Carnaval e o Natal em Natal.

– “Tenho um bom diálogo com Álvaro e nossa conversa sobre sucessão vai começar por ele”, afirmou Carlos Eduardo.

Política

Carlos Eduardo considera 2019 um ano perdido para o RN por falta de ações do Governo

Artigo do ex-prefeito Carlos Eduardo publicado no jornal Tribuna do Norte.

PERDEMOS O ANO!
O governo do Estado fecha o ano sem enfrentar seu crucial problema: a aguda crise fiscal. Sem rumo e sem prumo, continuamos com os salários dos servidores atrasados e um completo caos na saúde pública, na segurança, sem melhorias na educação e sem perspectiva para a nossa infraestrutura e demais políticas públicas. Sem nenhum constrangimento, o governo empurrou goela abaixo dos pobres municípios o Proedi. Vale dizer que o Proedi é fundamental para o desenvolvimento econômico e geração de empregos, mas não pode ser levado a efeito tungando os parcos recursos dos nossos pobres municípios, quando todos sabem que 93% deles não tem sequer uma única indústria. Feio. Na realidade, este governo, desde o início, nada fez para reestruturar administrativamente o RN.

Mesmo devendo três folhas salariais, concedeu aumento de 16,38% aos detentores dos melhores salários, preterindo o sofrido servidor público já mal remunerado. Feio. Muito feio. Eu, que resgatei Natal do caos absoluto em 2013, sei bem que não é fácil governar. Mas é mais difícil ainda quando se governa com privilégios e sem metas, pois isso é incompatível com qualquer gestão. Talvez por isso mesmo esse governo continue no improviso, sem nenhuma consistência.

Até agora o RN não encontrou saída para seus graves problemas. Mas no nosso Nordeste os demais Estados estão em dia com suas obrigações e, mais que isso, pagando o custeio de suas máquinas administrativas e investindo para fazer crescer suas economias e oportunidades de emprego.

O Plano Mansueto do governo federal, por exemplo, destinaria cerca de R$ 1 bilhão e 300 milhões ao RN, desde que aqui se fizesse o dever de casa, o que não é o nosso caso, infelizmente. Não temos recursos para normalizar a folha de pessoal, para o custeio da máquina e, principalmente, para investir em saúde, educação, segurança, cultura e tantas outras áreas.

Na verdade, temos um Estado paquidérmico, inchado e incapaz para enfrentar as nossas carências. Ao contrário de propostas para uma reestruturação do Estado, o que temos é uma obstinada política paliativa de expectativa de receitas extras, seja com a antecipação dos royalties do petróleo, seja com a nebulosa amtecipação da folha de pessoal ou a cessão onerosa do pré-sal.

E eu pergunto: quando esses recursos acabarem, como ficarão as contas quando não houver mais patrimônio para ser vendido? À espera de um milagre? O governo despreza um princípio basilar. A despesa não pode ser maior que a receita.

Sou social-democrata, talvez fora de moda nesses dias de radicalismo à esquerda e à direita. Mas como sou um homem de convicções e não sigo modismos, acredito no Estado regulador e também em seu papel social para combater abissais desigualdades e perversas exclusões sociais tão contundentes no nosso país.

Não acredito em governos sem recursos para resolver os problemas das pessoas. Nesse nosso chão temos mais de 100 mil funcionários penalizados por inoperência e cerca de 3 milhões e 500 mil habitantes sem o justo retorno dos impostos que pagam. Insisto.

É preciso reestruturar o Estado através de uma ampla reforma administrativa e um programa de privatizações e concessões. Sem enfrentar a aguda crise fiscal não teremos saúde, educação, segurança, infraestrutura, inclusão social e demais políticas públicas.

Na realidade, este governo desde o início era para ter reestruturado o Estado.

Como não fez, perdemos o ano!

Política

Álvaro Dias e Carlos Eduardo juntos no Halleluya

O anfiteatro da UFRN foi palco no fim de semana do Festival de Música Cristã Halleluya.

E na noite desse domingo (15), o prefeito Álvaro Dias e o ex-prefeito Carlos Eduardo assistiram juntos a missa de encerramento.

Além de shows, o Halleluya contou com programação de espiritualidade, como confissões, aconselhamento espiritual e adoração ao Santíssimo Sacramento.

Álvaro Dias discursou e foi aplaudido na Missa.

Política

Álvaro Dias e Carlos Eduardo afinados

Depois do almoço no início dessa semana, o prefeito Álvaro Dias e o ex-prefeito Carlos Eduardo apareceram afinados em público durante a procissão de encerramento da Festa de Nossa Senhora da Apresentação.

Ambos se encontraram, posaram para fotografias e mostraram sorriso largo.

De testemunhas, a vereadora Nina Souza e a Secretária Andréa Dias.

Foto: Matheus Peres

Política

Carlos Eduardo e Felipe Maia em almoço com Dr. Kleber Morais

Ex-presidente da Ebserh, Dr. Kleber Morais começou a semana reunindo alguns amigos em um almoço, que ocorreu no Restaurante Cardume, em Petrópolis.

Entre os presentes, o ex-prefeito Carlos Eduardo e o ex-deputado Felipe Maia, além dos ex-deputados Múcio Sá e Elias Fernandes e do empresário Lulu Flor.

Dr. Kleber

Política

Carlos Eduardo: “Não participo da gestão de Taveira”

O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo, presidente Estadual do PDT, soltou nota neste domingo (11), afirmando que não participa da gestão do prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira (PRB), eleito em 2016 com seu apoio.

Em Parnamirim, o PDT deverá ter candidatura própria e entre os nomes comentados nos bastidores está o de Andréa Ramalho, esposa de Carlos Eduardo.

Política

Carlos Eduardo e Álvaro Dias em nova conversa

A queda que sofreu em Areia Preta enquanto fazia sua atividade física diária não impediu o ex-prefeito Carlos Eduardo de fazer política.

Na última quarta-feira (07), Carlos Eduardo recebeu o prefeito Álvaro Dias na sede do PDT.

Ambos estão tendo conversas quase semanais.

E a relação política entre os dois amigos está voltando ao trilho pela continuidade da parceria.

Política

Carlos Eduardo e Jácome articulam nominata para a Câmara de Natal

O ex-prefeito Carlos Eduardo (PDT) e o ex-deputado Antônio Jácome (Podemos) conversam sobre a formação de uma nominata de candidatos a vereador de Natal.

A meta é conquistar o maior número possível de cadeiras na Câmara Municipal de Natal.

O grupo político do deputado Albert Dickson (PROS) e da vereadora Carla Dickson (PROS) também poderá integrar o projeto.

Detalhe: todos terão que estar juntos em um só partido, tendo em vista que não ocorrerá mais coligação para proporcional entre partidos diferentes.

Política

Carlos Eduardo em bom diálogo com Taveira

Um apoio de peso em Parnamirim, ainda fruto do trabalho de Agnelo Alves, o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo teve uma boa conversa ontem com o prefeito de Parnamirim, Taveira.

Aliás, o fiel escudeiro de Carlos Eduardo, Homero Grec, deverá ser nomeado nos próximos dias como Secretário em Parnamirim.

Política

Legado de Agnelo continua forte em Parnamirim

Por falar em Parnamirim, continua forte no município a força do trabalho do saudoso Agnelo Alves.

Prova é a votação de Carlos Eduardo para governador no município em 2018.

Aliás, Carlos Eduardo poderá ter o peso de decidir a eleição de 2020 lá.

Política

Carlos Eduardo critica os 100 dias do Governo Fátima

O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), analisou nesta segunda-feira (08) os 100 dias do Governo de Fátima Bezerra (PT).

“Lamentar que, nos 100 dias do atual Governo do Estado, tudo esteja parado e sem perspectivas. Nenhuma medida de ajuste fiscal, de corte efetivo de cargos, quatro folhas salariais atrasadas, atestam marasmo da gestão e a ineficiência de serviços essenciais.

A atual governadora não tomou qualquer atitude para tirar o RN da crise e a prova são os sofríveis indicadores econômicos e sociais. Hoje, vivemos como se estivéssemos no ano passado, nada foi feito, nenhuma ação para se conseguir apoio federal, que não virá sem tomada de medidas saneadoras.

Sem reforma do Estado e da Previdência, venda de ativos e economia no funcionamento da máquina administrativa, a tendência é de que nosso Estado piore na segurança, na saúde e no turismo, pois não existe infraestrutura para custeio ou investimento.

O atual governo é fechado, sectário e está mais preocupado com a guerrilha ideológica contra o Governo Federal, deixando a sociedade de lado. Infelizmente, não dá para ser otimista diante do quadro de incompetência e falta de planejamento.”