Política

Secretário de Saúde presta esclarecimentos na Assembleia sobre compra de respiradores e termina em ‘imprensado’

O Secretário Estadual de Saúde, Cipriano Maia, foi a Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (02), prestar esclarecimentos aos deputados sobre a compra de respiradores através do Consórcio Nordeste, por R$ 4,9 milhões, onde os aparelhos nunca foram entregues e o dinheiro até aqui não foi devolvido.

Repetiu que o Consórcio Nordeste procurou os órgãos competentes em busca de providências sobre o prejuízo que levou da empresa HempShare.

E terminou sendo ‘imprensado’ pelo deputado estadual Tomba Farias (PSDB), ao ter que responder sobre declaração dada pela governadora Fátima Bezerra (PT) que o Estado teria implantado leitos de UTI no município de Santa Cruz.

“O que não aceito são mentiras. A governadora Fátima Bezerra ocupou a Intertv Cabugi para dizer que abriu cinco leitos de UTI´s na cidade de Santa Cruz. Não é verdade. O que chegou lá foram cinco respiradores do governo federal,” revelou o parlamentar.

Cipriano disse que Tomba queria politizar o assunto.

E Tomba rebateu: “Faço oposição séria, mas o que não aceito são mentiras”.

AL

Estado

Secretário Estadual de Saúde prestará esclarecimentos sobre compra de respiradores à ALRN nessa quinta-feira (02)

O Secretário de Saúde do RN, Cipriano Maia, participará de Sessão Especial nessa quinta-feira (02) para prestar esclarecimentos aos deputados estaduais sobre a compra de respiradores em conjunto com o Consórcio Nordeste. O requerimento para convocação do Secretário foi apresentado pelo deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) e aprovado em sessão ordinária do dia 18 de junho.

De acordo com relatório de fiscalização do Tribunal de Contas do RN, nosso estado participou de compra de 30 respiradores pulmonares mecânicos junto ao Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste, que custou R$ 4.947.535,80 aos cofres públicos. Mas esses equipamentos nunca foram disponibilizados pela empresa contratada, que também não procedeu o ressarcimento do valor pago com antecedência pela compra.

Política

Líder do Governo em 2019, George Soares faz críticas à atuação do Secretário Estadual de Saúde

A atuação do Secretário Estadual de Saúde, Cipriano Maia, passa a ser alvo de críticas não só pela oposição ao Governo Fátima.

Parte agora de aliados.

Ontem (25) foi o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Emídio (PROS).

E nesta terça-feira (26), durante sessão virtual da Assembleia Legislativa, o deputado estadual, George Soares (PL), fez cobranças ao secretário.

“O Vale do Açu e a Região Central não constam no mapa do secretário Cipriano Maia”, criticou George, que foi o líder do Governo Fátima em 2019 na Assembleia.

George cobrou a implantação de uma UTI no Hospital Regional de Assu.

Política

Atuação do Secretário de Saúde na pandemia gera rumores de insatisfação no Governo do RN

Nos bastidores circulam rumores de que está existindo uma insatisfação em setores do Governo do RN com a atuação do Secretário Estadual de Saúde, Cipriano Maia, na pandemia do Coronavírus.

Aliados da própria governadora Fátima Bezerra não deixam de dizer que sentem falta de medidas enérgicas por parte da Saúde do Estado.

São muitos decretos e poucas ações.

Resta saber se a governadora também está insatisfeita com o seu Secretário.

Fato é que Cipriano não participou da coletiva à imprensa nesta sexta-feira (10).

Política

Fátima anuncia o médico Cipriano Maia para a Secretaria de Saúde

A governadora eleita do Rio Grande do Norte, senadora Fátima Bezerra (PT), anunciou na manhã deste sábado (24) o nome do próximo secretário de Saúde do Estado do Rio Grande do Norte.

Cipriano Maia de Vasconcelos é o terceiro secretário a ser anunciado esta semana pela governadora. Nesta sexta, foram divulgados os nomes para a Segurança Pública: o do secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Coronel Francisco Canindé de Araújo Silva; o secretário de Administração Penitenciária, Luís Mauro Albuquerque Araújo; o comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Alarico José Pessoa Azevedo Júnior; e a Delegada Geral de Polícia Civil, Ana Cláudia Saraiva Gomes.

Cipriano Maia de Vasconcelos
Formado em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em 1980, é mestre em Ciências Sociais pela UFRN e doutor em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). É professor associado do Departamento de Saúde Coletiva da UFRN e tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Planejamento e Gestão em Saúde. Tem experiência em Políticas de Saúde, Gestão em Saúde, Sistema Único de Saúde (SUS), Gestão Municipal de Saúde e Hospitais Universitários, já tendo exercido cargos de direção no Ministério da Saúde (2003-2004) e de secretário municipal de Saúde de Natal (2013 a 2015). Foi pró-reitor de Extensão da UFRN e hoje é coordenador do Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva.

Sem categoria

Vereadores de Natal sabatinam titular da Saúde sobre situação dos funcionários‏

Nesta quarta-feira (6), a Câmara Municipal de Natal recebeu o secretário Municipal de Saúde, Cipriano Maia, além de representantes de entidades sindicais, para uma sabatina realizada pelos vereadores acerca do Projeto de Lei Complementar que dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos servidores municipais da saúde. O objetivo da discussão é decidir sobre a votação em regime de urgência da matéria.

De acordo com o titular da SMS, trata-se de concretizar reivindicações postas na mesa de negociações permanente no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). “O projeto, entre outras coisas, vai aumentar o valor das gratificações por adicional de plantão para funcionários de todos os níveis, garantir a remuneração integral por licença premium e gerar oferta de profissionais”, disse Cipriano Maia.

“Se um servidor tiver sua licença premium publicada hoje, perderá 70% dos seus vencimentos. As gratificações estão com seus valores congelados. Ou seja, os trabalhadores estão sendo duramente penalizados. Este projeto não é o ideal, claro. Todavia, corrigi essas distorções”, avaliou Soraya Godeiro, diretora do Sinsenat (Sindicato dos Servidores Públicos de Natal), que completou: “Existe o compromisso da Prefeitura de realizar concurso público até o fim deste ano. Se isto não acontecer, o sindicato entrará com ação na justiça”.

Cipriano Maia disse que não há contradição entre a aprovação da matéria e a realização do concurso para a saúde. “Estamos, inclusive, fazendo o levantamento das carências em recursos humanos para que a seleção seja realizada com eficiência. Os servidores também não serão obrigados a realizar plantões eventuais”, garantiu, lembrando que se o projeto não for aprovado, os serviços de saúde da rede municipal correm o risco de parar.

Por fim, governo e oposição concordaram em ouvir outras entidades de classe e segmentos da sociedade civil, ficando para a próxima semana a decisão sobre o regime de urgência da proposta. O regime de urgência é utilizado para apressar a tramitação e a votação das matérias legislativas.

Foto: Marcelo Barroso

z