Estado

Vale do Açu e Seridó voltam a registrar queda de contaminação pela Covid-19

As regiões do Vale do Açu e do Seridó Potiguar voltaram a registrar tendência de queda no registro de contaminação pelo novo coronavírus. As duas regiões do Rio Grande do Norte eram as únicas que estavam fora da curva descendente do estado em novos casos de    óbitos causados pela Covid-19.

Os dados foram detalhados em coletiva de imprensa realizada pelo Governo do Estado e pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) nesta terça-feira (25). Segundo a subcoordenadora de vigilância epidemiológica da Sesap, Alessandra Lucchesi, a situação no Seridó e no Vale do Açu segue sendo acompanhada de perto.

“Permanecemos observando a situação não só nessas regiões, mas em todo o estado. As semanas recentes apontam uma tendência de queda, que só poderá ser confirmada nos próximos 15 dias. De toda forma, ainda é preciso manter a vigilância em todo o estado”, explicou Lucchesi.

Estado

COSERN doa 20 respiradores ao Estado

O grupo COSERN/Neoenergia fez a doação de 20 respiradores ao Estado do Rio Grande do Norte.

O ato foi consolidado por videoconferência, nesta terça-feira (25).

Os equipamentos serão distribuídos para três unidades hospitalares que atuam no combate à Covid-19 no Rio Grande do Norte.

Duas unidades de saúde foram contempladas com os aparelhos em Natal (hospitais Giselda Trigueiro – UTI/ Enfermarias – 10 unidades; João Machado UTI/Enfermarias – 05 unidades). Em Mossoró, o Hospital Regional Tarcísio Maia receberá cinco equipamentos. A previsão é que os equipamentos cheguem aos hospitais até a primeira quinzena de setembro.

Cidades

Sem pacientes, Hospital Tarcício Maia fecha UTI para Covid

“Dia 22 de agosto, o Hospital Regional Tarcísio Maia termina o processo de desinfecção da UTI utilizada para receber os pacientes de Covid-19. A UTI com vinte leitos foi aberta no dia 08 de abril de 2020 e hoje nós fechamos este ciclo. Gostaria de fazer um agradecimento a todos que colaboraram para que o SUS pudesse dar esse salto qualitativo na nossa região de Mossoró”.

A fala emocionada de diretora do Hospital Regional Tarcísio Maia, Herbênia Ferreira, traz a memória dos 136 dias de uma batalha vencida desde o início da pandemia até hoje, quando o Estado começa a estabilização e diminuição dos atendimentos de pacientes com Covid.

Hoje, o Tarcísio Maia conta com vinte leitos de UTI para outras patologias e 9 leitos para COVID, além de 7 leitos específicos de isolamento também para Covid. “É um fato que precisamos comemorar e agradecer e precisamos usar como uma força para continuar enfrentando os desafios que o SUS nos coloca e vamos vencendo um a um e superando todos os obstáculos. Agradecer a todos os funcionários que deram as mãos e enfrentaram com muita coragem e determinação e fez com que chegássemos até aqui”, disse a diretora.

Estado

Decreto: frota de ônibus deve retomar o fluxo regular no dia 21 de agosto

O Governo do RN emitiu o Decreto Estadual Nº 29.927, publicado neste sábado (15) no Diário Oficial, que se refere ao Sistema de Transporte Coletivo Intermunicipal de Passageiros do Rio Grande do Norte (STIP).

Através do documento, a governadora Fátima Bezerra decreta a retomada do fluxo regular da frota de ônibus intermunicipais, reduzida em função da pandemia.

As linhas que circulam na região Metropolitana de Natal devem voltar ao horário normal a partir do dia 21 de agosto.

Política

Governadora prorroga suspensão de aulas no RN por mais 30 dias

A governadora Fátima Bezerra (PT) comunicou pelas redes sociais a prorrogação da suspensão de aulas no RN por mais 30 dias.

“Nossos especialistas apontaram que apesar da melhoria no quadro da pandemia no estado ainda não há, neste momento, condições sanitárias favoráveis para o retorno às aulas. Eles solicitaram mais um prazo para avaliação”, disse Fátima.

Estado

Unimed Natal encerra atividades do Centro de Referência da Covid-19

Com a redução no número de pacientes com sintomas suspeitos do novo Coronavírus no Estado e especialmente no Centro de Referência COVID-19, a Unimed Natal realiza, esta semana, o processo de desmobilização do serviço.

Na unidade já chegaram a ser feitos mais de 150 atendimentos no dia 8 de junho, auge da pandemia. A partir do início de julho, no entanto, os números vem decrescendo significativamente.

Na sexta-feira (14) serão encerradas, dessa forma, as atividades do Centro de Referência COVID-19, localizado no estacionamento do shopping Via Direta. Os atendimentos de casos suspeitos passarão a ser direcionados aos pronto atendimentos da rede credenciada da Unimed Natal.

Estado

Covid-19: Regiões Seridó e Oeste registram aumento de casos

O cenário da Covid-19 no Rio Grande do Norte ainda apresenta aumento de casos em municípios das regiões Seridó e Oeste.

Nesta segunda-feira, 10, a taxa de ocupação de leitos é de 55%. Há 400 pacientes internados em hospitais das redes pública, privada e filantrópica – 196 em leitos críticos e 204 em leitos clínicos. A fila de regulação tem 3 pacientes para leitos críticos, 6 para leitos clínicos e 14 aguardando transporte sanitário.

Por região, a ocupação de leitos é: Oeste – 68%, Metropolitana de Natal – 50%, Pau dos Ferros – 45%, Mato Grande – 40%, Agreste – 40% e Seridó 66%. Os casos confirmados são 55.420, os suspeitos somam 18.016, descartados 90.563, óbitos 1.977 (03 nas últimas 24 horas) e há 194 óbitos em investigação.

Diversos

SAS Brasil realiza cerca de 700 teleconsultas em comunidades carentes do Rio Grande do Norte no primeiro mês de atuação

Em apenas um mês, cerca de 700 atendimentos por telemedicina foram realizados em comunidades carentes de Natal e região metropolitana. O resultado é uma iniciativa da associação sem fins lucrativos SAS Brasil, em parceria com a distribuidora de combustíveis ALE, que mantém sede na capital potiguar e doou R$ 390 mil para o projeto. Até então, esse tipo de consulta médica não estava disponível no Nordeste, mas, com o recurso doado pela companhia, foi possível implantar a primeira base do SAS Brasil na região para a realização das teleconsultas.

Em Natal, grande parte do atendimento está concentrado na região Norte, na comunidade Mãe Luiza e no bairro Cidade Nova, local onde fica a matriz da ALE. Segundo Sávio Mourão, diretor do SAS Brasil, além dos 700 teleatendimentos, a instituição estima um impacto social positivo em cerca de 1.300 pessoas.

“O número de atendimentos significa a quantidade de pessoas que estavam em frente à tela do celular para a realização da teleconsulta e receberam as orientações de um médico. Já o impacto é mensurado em relação a todas as pessoas que moram na mesma casa. Isso porque elas são diretamente impactadas, pois o familiar doente não terá que se expor e ir a um pronto socorro, por exemplo. As famílias também aprendem bastante com os médicos do SAS Brasil, que passam recomendações para todos na casa”, explica.

Foto: Hector Santos

Foto: Hector Santos

Estado

Índice de Isolamento do RN foi o menor do Nordeste no fim de semana

Em entrevista concedida nesta segunda-feira, 3, ao Bom Dia RN, da Interv Cabugi, o secretário de Estado da Saúde, Cipriano Maia, pediu a colaboração da população para se evitar aglomerações.

 “A pandemia não acabou. Enquanto tivermos doentes e infectados, o risco pode ocorrer. Ainda temos um número de casos e óbitos muito alto, em torno de 7 a 10 mortes por dia por uma mesma doença, não é algo natural”, disse.

O índice de isolamento do RN foi o menor do Nordeste no fim de semana.

“O risco de uma segunda onda da doença está ocorrendo em outros estados e países. A taxa de transmissibilidade está oscilando. Precisamos que a população colabore com atitudes de responsabilidade e em defesa da vida”, destacou.

Estado

Governadora diz que vai prorrogar suspensão de aulas no RN

A governadora Fátima Bezerra (PT) participou da coletiva à imprensa do Governo do Estado na manhã desta quarta-feira (29) para falar sobre o Coronavírus.

E disse que o retorno das aulas estaduais será adiado.

Pois já existe uma sinalização por parte do Comitê Científico Estadual indicando essa direção.

Economia

Governo do RN libera venda de bebida alcoólica em bares e restaurantes a partir do dia 5 de agosto, diz Fecomércio

A partir do dia 5 de agosto bares e restaurantes poderão funcionar em todo o estado, inclusive com a venda de bebida alcóolica.

A autorização está na Portaria Conjunta nº 15/2020, publicada no dia 27 de julho, pelo Gabinete Civil e Secretarias Estaduais de Desenvolvimento Econômico e de Saúde, e se refere aos segmentos do grupo Alimentação II, especificados na Fração 1 da Fase 3 do Plano de Retomada Gradual da Economia do Estado.

Os estabelecimentos contemplados neste momento são os restaurantes, lanchonetes e food parks, com área acima de 300m², além dos bares e barracas de praia.

Os estabelecimentos devem seguir todos os protocolos (gerais e específicos) já divulgados pelo Executivo estadual para os setores que compõem o grupo Alimentação II e Bares, que podem ser acessados na plataforma criada pela Fecomércio RN, através do endereço fecomerciorn.com.br/cuidandodorn.

Estado

83%: Seridó tem maior taxa de ocupação de leitos de Covid-19

A Secretaria Estadual de Saúde fez nesta segunda-feira (27) a atualização dos casos para Covid-19 no Rio Grande do Norte.

O Seridó hoje tem a maior taxa de ocupação de leitos para Covid-19: 83,33%;

O Oeste está com 75,71% de ocupação;

E a Região Metropolitana de Natal tem o menor índice de ocupação de leitos: 67,89%.

Estado

Aglomeração: a vez de Pipa

Semana passada foi a Praia de Ponta Negra.

Essa semana a aglomeração foi na nossa paradisíaca Praia de Pipa.

As ruas de Pipa estavam lotadas ontem à noite (25).

Vídeos circulam nas redes sociais.

Algumas pessoas pelo menos usavam máscara.

Estado

Um dia após questionamento do blog, SESAP anuncia ampliação de testes para Covid-19 no RN

Na quinta, este blog postou um questionamento feito por um leitor do blog, sobre a necessidade de testes para verificar o nível de imunidade coletiva.

Segundo alguns especialistas, a pandemia do Coronavírus vai prosseguir até atingirmos 70% de imunizados.

Daí a necessidade de saber os já infectados, tendo em vista que muitos serão assintomáticos, ou nem sabem que tiveram Covid-19.

Nessa sexta-feira (24), a Secretaria Estadual de Saúde comunicou que passou a ampliar a testagem do tipo RT-PCR para pessoas que apresentem sintomas compatíveis com a Covid-19.

“Deixamos de ter grupos prioritários para testagem, e a partir de agora todo paciente sintomático que procure atendimento e se enquadre nas definições para coleta do exame RT-PCR, conhecido como isolamento viral, poderá realizar o exame”, explica a subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Alessandra Luchesi.

Vale ressaltar que o Governo Federal tem enviado testes para os Estados, inclusive o Rio Grande do Norte, dentro do programa Diagnosticar para Cuidar.

Estado

Ocupação geral de leitos críticos no RN cai para 74%; Em Natal é ainda menor com 40%

Os dados epidemiológicos registrados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) no RN continuam mostrando um cenário de queda na contaminação e casos de internamento por Covid-19. A informação pode ser confirmada pela taxa geral de ocupação de leitos nesta sexta-feira, 24, que é de 74%, percentual registrado pela última vez no mês de maio passado e que se manteve sempre acima deste nível desde então.

Natal

O Boletim de taxa de ocupação de leitos da Rede de Urgência e Emergência da Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS-Natal) desta sexta-feira (24), às 10h, mostra uma ocupação média de 40% dos leitos destinados aos pacientes com a Covid-19 na capital do Estado do Rio Grande do Norte.

Do total de 45 leitos de UTI no Hospital Municipal de Natal (HMN) e no Hospital de Campanha de Natal (HCN), 23 leitos estão ocupados (51%), 20 estão livres (45%) e dois leitos estão bloqueados (4%).

Com relação aos leitos de enfermarias desses hospitais, a taxa de ocupação é de 42%, representando 62 leitos. Do total dos 150 leitos de enfermaria, 88 leitos estão livres (58%).

Já nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) de Natal, a taxa de ocupação é de 15%, sendo cinco leitos. Dos 35 leitos de enfermaria das UPAs, 30 estão livres para pacientes com a Covid-19, (85%).

Estado

Mais da metade dos trabalhadores da saúde com Covid-19 estão recuperados

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio do Centro Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), divulgou nesta quinta-feira (23), o Boletim Epidemiológico da Saúde do Trabalhador. O objetivo é apresentar um panorama sobre dados analisados relacionados aos casos confirmados de Covid-19 em profissionais de saúde do Rio Grande do Norte, desde o início da pandemia até o momento.

A análise tomou por base o banco de dados do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde Estadual (CIEVS). No RN, foram confirmados 4.778 casos de Covid-19 em profissionais de saúde, 12.620 foram descartados e 3.650 seguem como suspeitos.

A maioria dos profissionais afetados são técnicos em enfermagem (36,08%), enfermeiros (11,8%) e médicos (8,5%). Cerca de 69% dos trabalhadores e trabalhadoras da saúde consultados na pesquisa desenvolveram apenas sintomas leves ou moderados e 55% já estão recuperados. Com relação à faixa etária, 64% se encontram na faixa etária de 30 a 49 anos, o que pode ser um indicador no que se refere à maior incidência de casos leves e moderados.

Estado

Com limitações, atividades presenciais religiosas serão retomadas no RN dia 29

Em reunião, por videoconferência, na tarde desta quarta-feira (22), com representantes de instituições religiosas e da Assembleia Legislativa, a Governadora Fátima Bezerra anunciou a retomada das atividades presenciais religiosa para o dia 29 de julho.

Até esta data, o Governo do RN vai publicar uma portaria, no Diário Oficial do RN, tratando da regulamentação da realização de cultos presenciais em locais abertos, sem uso de ar condicionado, para um público de até 100 pessoas, ampliando a portaria nº 004/2020-GAC/SESAP que regulamentou em 23 de maio, o funcionamento de igrejas, templos, espaços religiosos e estabelecimentos similares conforme recomendações sanitárias de que trata o § 1º do art. 7º do Decreto Estadual nº 29.583, de 1º de abril de 2020.

Sobre a realização de ações com público superior a 100 pessoas, o secretário chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves, enfatizou que em uma segunda fase é que será possível pensar em um público superior a 100 pessoas, mas limitado a 1 pessoa a cada 5m².

Estado

Folha de São Paulo mostra situação da Covid-19 em Natal melhor do que no interior do RN

O quadro da pandemia da Covid-19 em Natal está em redução.

E melhor do que o interior que ainda é “Estável”.

Prova mais uma vez a eficaz política de combate ao Coronavírus estabelecido pela Prefeitura de Natal, com protocolos de medicamentos, instalação de Hospital de Campanha e Centros de Combate ao Covid-19.

As informações são da Folha de São Paulo.

Estado

RN é o segundo estado do Brasil com maior redução de óbitos por Covid

O Rio Grande do Norte tem uma redução expressiva no número de mortes por Covid-19, obtendo o segundo lugar em todo o país com 45% de redução, como apontam os dados divulgados pelo consórcio de veículos de imprensa, que reúnem informações das secretarias estaduais de Saúde.

“Mesmo com a retomada das atividades econômicas observamos que a taxa de isolamento se mantém e isso pode ter contribuído para a menor ocorrência de casos. Mas ainda não é momento para relaxar nas medidas sanitárias e de proteção”, afirmou Ricardo Valentim, coordenador do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde LAIS/UFRN.

Valentim disse no entanto que é possível ocorrer uma segunda onda de contaminação como aconteceu em outros estados e países.

A governadora Fátima Bezerra participou da coletiva e comemorou a notícia.

Estado

Ocupação de leitos segue abaixo dos 80%

Em entrevista à InterTV Cabugi na manhã desta quinta-feira, 16, o secretário de estado da saúde pública, Cipriano Maia, explicou que apesar de atualmente o Rio Grande do Norte se encontrar numa situação estável de ocupação de leitos – com percentual de 77,74% dos 292 leitos críticos, de acordo com o portal Regula RN – ainda não é o momento de relaxar as medidas de prevenção e distanciamento social.

“Não é uma corrida por leitos e sim em defesa da vida, principalmente quando se amplia essa retomada para que não venhamos a ter um repique. Estamos dentro dos níveis considerados seguros, numa situação estável, mas não podemos relaxar. A população deve ter bom senso e responsabilidade para que nós possamos continuar administrando e consolidando a rede de saúde nas próximas semanas, deixando todos estes leitos como um legado para o SUS no RN. Evitar a contaminação nos dá essa segurança”, disse Cipriano Maia.

Para o secretário, é possível evitar um “efeito rebote” se mantivermos um processo de reabertura das atividades de forma regulada.