Geral

Sindicato dos Médicos atesta redução na ocupação de leitos de Covid na rede privada do RN

“Mesmo em meio ao sofrimento da morte de tantos médicos, nesta luta sem tréguas ao coronavírus, a boa notícia que parece apontar é que a queda inicialmente constatada no atendimento inicial de pronto-socorro parece se encaminhar para os leitos semi-intensivo e de UTI, no setor privado.

A situação no Hospital Rio Grande que era de lotação na visita que o Sinmed realizou no início da semana, apresentou ligeira folga nesta sexta-feira. O quadro hoje é o seguinte: UTI COVID – de 20 vagas, 7 disponíveis, SEMI-INTENSIVO COVID – de 27 vagas, 8 disponíveis.

São os primeiros sinais que devemos acompanhar para ver se é uma tendência a se consolidar. No meio das sombras trazidas pela pandemia pode estar surgindo uma luz que sinaliza declínio da infecção e agora da internação de casos mais graves.

Essa tendência quanto à procura de internamento em UTI ainda não conseguimos detectar na rede pública, em razão de filas de espera. Vamos acompanhar nos próximos dias para ver se observamos no setor público o que começamos a perceber no setor privado”.

Geraldo Ferreira – Presidente do Sinmed/RN

Diversos

Catedral celebra missa em homenagem às mais de mil vítimas da covid-19 no RN

A Paróquia da Catedral Metropolitana de Natal vai celebrar uma missa, neste sábado, 4 de julho, às 11 horas, em homenagem às mais de mil vidas perdidas na batalha contra a covid-19, no estado do Rio Grande do Norte.

A “Missa da Saudade” vai ser celebrada na catedral, com as portas fechadas, e transmitida pelo Facebook, Instagram e Youtube – Paróquia da Catedral de Natal.

Os organizadores da missa sugerem que, durante a celebração, as pessoas vistam roupas brancas e postem, em suas redes sociais, fotos de entes queridos que foram vítimas da pandemia do novo coronavírus.

Economia

Sem vendas de bebidas alcoólicas: Restaurantes, lanchonetes e food-parks com até 300 m2 já podem reabrir no RN

O Governo do Estado confirmou para a próxima quarta-feira, 10 de julho, a retomada gradual das atividades econômicas no comércio no Rio Grande do Norte.

A Governadora Fátima Bezerra anunciou a decisão nessa segunda-feira, 29, em reunião virtual com empresários e entidades do setor produtivo potiguar, quando apresentou a Proposta de Cronograma para Abertura Gradual do comércio.

Nessa primeira fase, que vai até o dia 14, poderão reabrir restaurantes, lanchonetes e food-parks com até 300 m2, seguindo as determinações de permitir apenas 4 pessoas por mesa, com distância de 2m (dois metros) entre as mesas e de 1m (um metro) entre as pessoas. Será proibido o consumo de bebidas alcoólicas nesses estabelecimentos.

A segunda etapa da reabertura para o setor de Alimentação Fora do Lar ocorrerá apenas na Fase 3 do cronograma do Governo do Estado, que vai de 29 de julho a 11 de agosto. Poderão voltar a funcionar bares, restaurantes, lanchonetes e food-parks maiores que 300 m2; todos seguindo as determinações de 4 pessoas por mesa; distância de 2m (dois metros) entre as mesas e de 1m (um metro) entre pessoas. Fica proibido o consumo de bebidas alcoólicas no estabelecimento, assim como não deve haver a realização de shows, festas e afins. Será permitida música ao vivo, desde que executada por apenas uma pessoa (músico + instrumento).

Pensando no retorno, a Abrasel tem elaborado cartilhas educativas e disseminado em suas redes informações fundamentais aos seus associados e ao mercado de uma forma mais ampla. Uma dessas ações é o PROTOCOLO PARA REABERTURA DE BARES E RESTAURANTES, importante documento que consolida ações e medidas alinhadas com as melhores práticas e recomendações da OMS e autoridades em saúde, nacionais e internacionais, a serem implementadas no estado do Rio Grande do Norte para que o setor de alimentação fora do lar possa reabrir de forma segura e gradual à população.

As particularidades de cada cidade, bairro e principalmente, empreendimento deverão ser avaliadas.

Abrasel RN – Protocolo Reabertura – Covid-19 – Sebrae

Geral

Governador do DF decreta estado de calamidade pública por causa da pandemia

Da Agência Brasil

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, decretou hoje (29) estado de calamidade pública, em decorrência da pandemia causada pelo novo coronavírus (covid-19). O decreto, publicado na manhã desta segunda-feira, terá validade enquanto perdurarem os efeitos da pandemia no Brasil.

O estado de calamidade pública é decretado quando ocorrem danos à saúde e aos serviços públicos, que comprometem seriamente a capacidade de resposta à crise. Com a medida, o Distrito Federal poderá receber recursos do governo federal, como a antecipação de benefícios sociais, liberação de seguros e a prorrogação de pagamentos de empréstimos federais, por exemplo.

Dados da pandemia no Distrito Federal, divulgados pela Secretaria de Saúde, mostram que o DF registrou até ontem, 44.905 casos confirmados de covid-19, com 548 óbitos.

Diversos

Fotógrafos do RN fazem ação solidária

Inspirada em ações realizadas pelo mundo, a campanha “Olhar Potiguar – Arte e Solidariedade unidas” consiste numa ação conjunta de mais de 50 (cinquenta) fotógrafos profissionais do Estado do Rio Grande do Norte, os quais doaram 02 (duas) imagens de suas autorias para que sejam comercializadas por um preço fixo de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais).

Os valores arrecadados serão direcionados para 03 (três) entidades carentes que necessitam de auxílio emergencial imediato.

As fotografias, que terão tiragem ilimitada durante o período da campanha, serão impressas em papel fotográfico de formato 30x45cm e serão entregues num prazo de até 01 (um) mês depois do encerramento das vendas.

Veja o site aqui

Geral

Brasil entra em parceria para produzir vacina contra covid-19

Da Agência Brasil

O Brasil fechou acordo para disponibilização no futuro de doses de uma vacina que está sendo testada para o tratamento da covid-19. O medicamento está sendo desenvolvido em uma iniciativa conjunta da Universidade de Oxford e de um laboratório no Reino Unido e já está sendo testado no país.

O acordo prevê a produção de 100 milhões de doses de vacina por meio da aquisição de insumos e transferência de tecnologia para produção no país.

Caso seja comprovada a eficácia deste tratamento, dois lotes, de 15,2 milhões de unidades cada, serão disponibilizados em dezembro de 2020 e janeiro de 2021, totalizando cerca de 30 milhões de doses, ao custo de US$ 127 milhões. Os primeiros lotes serão destinados aos grupos de risco, como idosos e pessoas com comorbidades, além de profissionais de saúde e trabalhadores da segurança pública.

O Brasil poderá ainda contar com mais 70 milhões de doses, por cerca de US$ 160 milhões.

Em entrevista coletiva em Brasília, o secretário executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, justificou a opção por assumir o risco da pesquisa, mesmo sem a comprovação da eficácia do medicamento. “O risco é necessário devido à urgência de busca de solução efetiva para as demandas de saúde pública. Consideramos um avanço para a tecnologia nacional e uma amostra do esforço do governo de encontrar soluções para a população brasileira.”

O secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo de Medeiros, destacou a situação promissora deste tratamento. “A vacina já está na fase 3, em fase clínica. O Brasil é representante do conjunto de nações que estão testando a vacina. A gente tem uma oportunidade de produzirmos e avançarmos com a oferta desta parceria e encomenda tecnológica. É óbvio que toda e qualquer entrega à população será feita com respeito aos critérios farmacológicos e clínicos e da segurança à população”, declarou.

Caso não seja comprovada a eficácia, o secretário de Vigilância em Saúde informou que não haverá aplicação da vacina, mas que permanece a transferência de tecnologia prevista no acordo para continuar avaliando soluções de tratamento.

De acordo com o Ministério da Saúde, há 460 projetos de pesquisa aprovados sobre diferentes aspectos relacionados à covid-19, de tratamentos ao entendimento da doença. Há também 114 ensaios clínicos e 44.262 participantes dessas iniciativas.

Teste
Os testes da vacina ChAdOx1 nCoV-19 no Brasil foram anunciados no início do mês e deverão contar, de acordo com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), com 2 mil voluntários em São Paulo e com 1 mil no Rio de Janeiro, onde serão realizados pela Rede D’Or.

Estado

Ceasa-RN limita entrada de pessoas a partir desta segunda-feira (29)

A Administração da Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) comunica que iniciará nova medida sanitária para enfrentamento da Pandemia provocada pela COVID-19 e passará a controlar a entrada de pessoas nas dependências do órgão.

Desta forma, a partir desta segunda-feira (29), só será permitida a entrada de uma pessoa por família. A equipe de fiscalização estará na portaria monitorando e orientando sobre a nova medida.

A Administração ressalta que todas as medidas tomadas são para segurança e proteção de todos que fazem parte da Ceasa-RN.

Geral

Estados Unidos entregam ventiladores pulmonares ao Brasil para o combate à COVID-19

O governo dos Estados Unidos, por meio da Agência dos EUA para o Desenvolvimento Internacional – USAID, entregou o primeiro carregamento de 200 ventiladores pulmonares, novos e de última geração, hoje, quinta-feira, 25 de junho, para apoiar o Brasil na luta contra a COVID-19. A doação demonstra o compromisso do presidente Trump em entregar esse recurso extremamente necessários para a resposta imediata do Brasil à pandemia.

Os ventiladores, produzidos nos EUA, trazem tecnologia de ponta e sob demanda. São compactos e de fácil manuseio e irão dar ao Brasil a flexibilidade necessária para tratar os indivíduos afetados pelo vírus – um recurso que pode ser vital para pacientes cujos pulmões não estejam funcionando adequadamente apesar de receberem oxigenação adicional.

O embaixador Todd C. Chapman destacou a iniciativa: “Estamos realmente satisfeitos de ver a primeira leva dos 1000 ventiladores prometidos ao Brasil pelo presidente Trump. Estamos trabalhando com o Ministério da Saúde para garantir que os ventiladores sejam rapidamente incorporados ao sistema de saúde do Brasil e possam ajudar os brasileiros que mais necessitam”.

Geral

Ivermectina apresenta riscos para grávidas e bebês

A Ivermectina, medicamento que vem sendo utilizado no tratamento da Covid-19, pode ser tóxica para o fígado de grávidas e dos bebês, já que é uma droga com potencial para atravessar a barreira placentária.

O alerta é do especialista em medicina fetal, Reginaldo Freitas Júnior, segundo reportagem desta TN.

Diversos

Fundo criado pelo Papa ajudará 1800 famílias pobres de Roma

Do Vatican News

Muitas famílias tiveram graves danos econômicos com a crise ligada ao coronavírus. E, agora, o Papa e a Igreja de Roma dão uma mão a tantos trabalhadores que, na capital italiana, não têm mais renda. Nesta sexta-feira, 12, no Vicariato de Roma, foi apresentado o Fundo “Jesus Divino Trabalhador”, criado por iniciativa do Papa para apoiar “aqueles que correm o risco de permanecer excluídos das proteções institucionais e que precisam de um auxílio que os acompanhe para que possam caminhar de novo autonomamente”.

No encontro estavam presentes o cardeal-vigário, Angelo De Donatis; o presidente da região Lazio, Nicola Zingaretti; e a prefeita de Roma, Virginea Raggi. Os três assinaram um protocolo de acordo chamado “Aliança por Roma”. A atribuição é de 1 milhão de euros, pela qual aderiram com 500 mil euros a região do Lazio e o município de Roma. Mas, o objetivo é aumentar os recursos do Fundo com outras participações e com campanhas de solidariedade para dar o suporte àqueles núcleos familiares que, por causa da emergência Covid-19, estão impossibilitados de manter um nível digno e aceitável de vida.

Não é uma forma de assistencialismo, mas apoio e proximidade para um percurso de promoção social para que cada um possa ser protagonista do renascimento da comunidade. Papa Francisco recorda que irá “estimular todas as pessoas de boa vontade a oferecer um gesto concreto de inclusão, sobretudo por aqueles que buscam conforto, esperança e reconhecimento dos próprios direitos”.

O Fundo se propõe de acompanhar 1800 famílias que sofreram uma redução drástica de renda. Famílias em dificuldade econômica e pelas quais as medidas extraordinárias promovidas pelas instituições não foram suficientes.

Natal

Forças Armadas realizam desinfecção na Prefeitura de Natal

Nesta sexta-feira, 12 de junho, o Comando Conjunto Rio Grande do Norte e Paraíba, composto pela Marinha do Brasil (Comando do 3º Distrito Naval), Exército Brasileiro (7ª Brigada de Infantaria Motorizada) e Força Aérea Brasileira (ALA 10), realizou ações de desinfecção na Procuradoria Geral do Município e na Prefeitura de Natal.

Os trabalhos de desinfecção foram realizados em horário reservado, sem a concentração de pessoas no local, facilitando a condução da ação e a aplicação dos produtos químicos de forma segura.

As atividades contaram com militares das Forças Armadas, habilitados para a descontaminação de ambientes, material e pessoal, em Estágios de Capacitação ministrados pela Equipe de Resposta Nuclear, Biológica, Química e Radiológica (NBQR) do Comando do 3º Distrito Naval.

Foto: Marinheiro Ivanilson

Foto: Marinheiro Ivanilson

Natal

UPAs de Natal realizam mais de 800 atendimentos a pacientes de outras cidades em maio

A rede pública de Saúde de Natal registra uma sobrecarga em sua capacidade de atendimento durante o período da pandemia da Covid-19.

As quatro Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) instaladas na cidade refletem com clareza este quadro.

Voltadas originalmente para atender à população de Natal, as unidades atenderam a mais de 800 pessoas de outras cidades do Rio Grande do Norte e até de outros Estados em maio.

A UPA da Cidade da Esperança, na Zona Leste, absorveu a maior parte desses atendimentos no mês passado, com 351 registros. Em seguida, vem a UPA do Pajuçara, na Zona Norte, com 268 atendimentos. As UPAs Sul (158 pacientes), em Cidade Satélite, e Potengi (49), também na Zona Norte, também receberam usuários do SUS provenientes de outras praças.

Por ser a capital e uma estrutura mais organizada na rede pública de Saúde, é visto como natural que Natal absorva pacientes de fora dos seus limites. Um dado que atesta esta situação está diretamente ligado aos usuários do Sistema Único de Saúde. Há mais de 1,4 milhão de cartões do SUS emitidos para usuários da cidade, que, no entanto, possui aproximadamente 850 mil habitantes.

Política

Covid-19: Prefeito de Assu recebe alta hospitalar

Após realizar novos exames, o prefeito de Assu, Dr. Gustavo Soares (PL), recebeu alta do Hospital do Coração nesta terça-feira (09).

Vai continuar o tratamento médico em casa, cumprindo todas as recomendações médicas e o período de isolamento social.

Cidades

Covid-19: Hospital de Guamaré disponibiliza canal virtual que permite contato de paciente com familiares

Pacientes internados com Covid-19 no Hospital Manoel Lucas de Miranda, em Guamaré, estão fazendo contato com familiares por meio de vídeo com auxilio de um aparelho de celular, destinado especificamente para essa finalidade. As chamadas são realizadas pelo aplicativo WhatsApp.

A medida foi implantada como um auxílio no tratamento, já que o distanciamento social tem sido um dos principais fatores para evitar o contágio da doença e, portanto, os pacientes ficam isolados durante todo o período da internação.

“Essa iniciativa foi pensada como forma de humanizar o atendimento, de modo que a gente pudesse ter os familiares vendo seus entes queridos sendo cuidados na nossa unidade, e também os pacientes conversarem com os familiares e verificar que seus eles estão bem e em casa”, destacou o Secretário de Saúde, Fabrício Morais.

Guamaré

Diversos

Pároco da Catedral, Padre Valdir Cândido testa positivo para Covid-19

Pároco da Paróquia da Catedral de Nossa Senhora da Apresentação – Natal, o Padre Valdir Cândido de Morais testou positivo para Covid-19.

Ele fez o comunicado pelo whatsapp aos movimentos pastorais:

COMUNICADO

Caros Paroquianos e Agentes de Pastoral:

Quero partilhar com vocês que acabei de testar positivo para Covid-19.

Sábado começou os sintomas… ontem fiz o exame e recebi agora o resultado testando positivo.

Graças a Deus, todos os sintomas têm sido leves, apenas a dor no corpo um pouco mais intensa.

Já estou completamente isolado e na observância do repouso.

Hoje perdi o paladar e o olfato.

Também estou sendo acompanhado por médicos e já estou devidamente medicado, de acordo com os protocolos que têm sido adotados.

Os médicos consideram que estou evoluindo bem e sem indicativos de gravidade para o momento.

Peço vossas orações
Fraternalmente, Pe. Valdir!