Política

Coronel que já disputou vaga de deputado no RN é preso pela Polícia Federal

Em cumprimento a ordens judiciais expedidas pela 2ª Vara Federal da Seção Judiciária do Rio Grande do Norte, a Polícia Federal deflagrou nesta manhã, 14/01, a Operação NÍQUEL, com objetivo de desarticular uma organização criminosa armada, que se vale da participação de policiais militares para a prática de contrabando de cigarros e outras mercadorias estrangeiras, ação proibida pela lei brasileira.

Após representação policial, a Justiça Federal, com parecer favorável do Ministério Público Federal no RN, deferiu várias ordens judiciais, dentre elas as de prisão preventiva e sequestro de cerca de 16 milhões em bens dos investigados.

Entre os presos na operação está o Tenente-Coronel Fernandes, que foi candidato a deputado estadual nas eleições de 2014, pelo PSD, e 2018, pelo PMB. Em 2016, Coronel Fernandes disputou o cargo de vice-prefeito de Macau pelo PRB.

A operação conta com a participação de 130 policiais federais, para fins de cumprimento de 07 mandados de prisão e 16 mandados de busca e apreensão, nas cidades de Natal/RN, São Paulo/SP e Abaetetuba/PA.

Política

Coronel Fernandes será novamente candidato a deputado e recebe apoio de vereador em Currais Novos

O Coronel Fernandes vai disputar novamente o mandato de deputado estadual. Só não sabe ainda o partido que se filiará, já que por ser militar tem a prerrogativa de se filiar até o dia da convenção.

Em 2014, o Coronel obteve 25 mil votos e já se movimenta para a disputa desse ano.

Recebeu nesta segunda-feira (19) o apoio do vereador de Currais Novos, Ausônio Tales.