Política

CPI da Arena das Dunas cobra informações sobre pagamentos e convoca Control

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o contrato entre o Governo do Estado e a Arena das Dunas decidiu, em reunião nesta segunda-feira (8), convocar o Controlador Geral do Estado, Pedro Lopes, para ser ouvido pelos deputados estaduais que compõem a comissão. Além disso, os parlamentares deliberaram sobre o assessoramento técnico da CPI da Arena das Dunas e o encaminhamento de questionamento direto à governadora Fátima Bezerra.

A comissão é formada pelos deputados Coronel Azevedo (PSC), Sandro Pimentel (PSOL), Isolda Dantas (PT), Allyson Bezerra (Solidariedade) e Tomba Farias (PSDB).

Sandro Pimentel indicou os nomes do advogado Kennedy Diógenes e do contador Edvan Ferreira Borges para integrarem o grupo junto a outros seis membros do corpo técnico da Assembleia, sendo cinco da área de Direito e uma da área administrativa.

Pimentel também requereu o encaminhamento de questionamento direto à governadora Fátima Bezerra sobre os pagamentos dos repasses fixos do estado à Arena das Dunas. O deputado quer saber se o Governo cumpriu a recomendação da Controladoria Geral do Estado, que apontou pagamento de R$ 109 milhões a mais do que deveria ser repassado pelo Executivo e sugeriu a suspensão dos pagamentos até o encontro de contas.

Política

Coronel Azevedo vai presidir a CPI da Arena das Dunas; Tomba é o vice e Sandro Pimentel o relator

Ocorreu nesta sexta-feira (29) a primeira reunião da CPI da Arena das Dunas.

A Comissão visa investigar o contrato do Governo do Estado com o Consórcio Arena das Dunas Concessão e Eventos S/A.

O presidente é o deputado Coronel Azevedo (PSC), tendo como vice o deputado Tomba Farias (PSDB).

E a relatoria ficou com o deputado Sandro Pimentel (PSOL), autor do pedido de instalação da CPI.

Estado

Assembleia Legislativa define membros da CPI da Arena das Dunas

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte definiu os nomes dos cinco deputados que vão fazer parte da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) formada para investigar o contrato entre o Governo do Estado e a Arena das Dunas.

Os deputados Sandro Pimentel (PSOL), Isolda Dantas (PT), Allyson Bezerra (Solidariedade), Coronel Azevedo (PSC) e Tomba Farias (PSDB) foram os membros confirmados nesta quinta-feira (21).

Poder

CPI da Arena das Dunas

O Governo de Robinson Faria já articula nos bastidores junto a deputados da base aliada, para a possível instalação de uma CPI na Assembleia Legislativa com o objetivo de culminar com o fim do contrato entre Governo do Estado e Arena das Dunas.

A CPI se embasaria na investigação em curso contra o senador José Agripino Maia (DEM), para apurar se o parlamentar recebeu dinheiro ilegal da OAS, empresa responsável pela construção da Arena das Dunas.

Na realidade, segundo fonte do blog, o Governo do Estado deseja mesmo é deter o controle dos Fundos Garantidores que foram entregues pelo Estado, ainda na gestão de Rosalba, para servir de garantias na construção do estádio que sediou jogos da Copa do Mundo de 2014.