Estado

Ministro dos Transportes assina ordem de serviço para a duplicação da Reta Tabajara

Foi assinada, nesta quinta (21/1), a ordem de serviço para a duplicação da BR-304, Rio Grande do Norte. Com previsão de início das obras para o primeiro trimestre de 2016, o empreendimento, que faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), além de duplicar a estrada também contemplará a construção de viadutos e pontes no trecho conhecido por Reta Tabajara, em Macaíba, a abertura de marginais situadas entre o Viaduto Trampolim da Vitória, em Parnamirim, e o entroncamento com a BR-226.

O contrato firmado na sede do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), entre o Governo Federal e a empreiteira Ivaí Engenharia de Obras S.A, prevê o investimento de R$ 237,5 milhões para a duplicação de 26,7 quilômetros da rodovia.

Com a conclusão das obras na região, a expectativa é de crescimento da economia local, em virtude das melhorias de acesso ao pólo industrial na cidade de Macaíba, além da redução no número de acidentes, diminuição do tempo de viagem e a criação de um novo posto policial da PRF (Polícia Rodoviária Federal).

Política

Senadores Fátima Bezerra e Garibaldi Filho recebem garantias de que a Duplicação da Reta Tabajara será retomada em Maio

Em meados de maio, o Ministério dos Transportes deverá retomar as obras de duplicação da BR-304, no trecho conhecido como Reta Tabajara, em Macaíba (RN). A informação foi dada pelo ministro Antonio Carlos Rodrigues, durante audiência pública realizada pela Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal. Já as obras complementares da BR-101 – cujo projeto foi iniciado – aguardam a definição do orçamento do Ministério para terem início.

As obras da BR-101 envolvem a construção de uma passagem inferior  para acesso a Avenida Maria Lacerda Montenegro, de seis viadutos e a ampliação das marginais que vão do acesso de Pium, em Parnamirim, até o Viaduto de Ponta Negra. Os senadores Fátima Bezerra (PT) e Garibaldi Filho (PMDB) questionaram o ministro a respeito das demandas da bancada do Rio Grande do Norte. Antonio Carlos Rodrigues, que assumiu a Pasta há quatro meses, ainda não sabe o volume de recursos que o Ministério terá para investir em 2015.

Sem categoria

DNIT acelera projetos para construção de obras estruturantes no RN

Sócio da InterTV Cabugi, afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Norte, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, foi o entrevistado desta terça-feira (07), no Jornal do Dia, da TV Ponta Negra, afiliada da SBT.

O presidente aproveitou a oportunidade para anunciar que o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) está com um cronograma pronto para iniciar importantes obras asseguradas pela presidenta Dilma Rousseff ao Rio Grande do Norte, entre elas, a duplicação da Reta Tabajara (luta antiga do deputado federal João Maia), as melhorias na BR 101 no trecho de acesso às avenidas Maria Lacerda Montenegro e Abel Cabral, a construção de viadutos no Gancho de Igapó e o projeto para duplicação da BR 304.

Segundo Henrique, os investimentos chegarão a R$ 2 bilhões.

Detalhe:  O diretor geral do Dnit, Jorge Ernesto Pinto Fraxe, está em Natal para definir alguns aspectos da execução dos projetos.

Sem categoria

João Maia encampa luta para duplicação da Reta Tabajara

Em uma reunião da Bancada Federal Potiguar, na tarde desta terça-feira (22), para definir as emendas coletivas ao Orçamento Geral da União de 2012, o deputado federal João Maia resolveu destinar sua cota para duplicação da Reta Tabajara e adequação da BR 304.

A emenda será vinculada ao orçamento no valor de R$ 40 milhões. De acordo com o deputado João Maia, tudo foi feito de comum acordo com a governadora Rosalba Ciarlini. “A duplicação da Reta Tabajara é uma preocupação antiga minha, desde o meu primeiro mandato. Através da emenda vamos duplicar a Reta Tabajara, de Macaíba até o entroncamento das BRs 226 e 304. Tudo de comum acordo com a governadora”, garantiu João Maia.

Cada um dos 11 parlamentares (deputados e senadores) pode sugerir uma emenda acatada pelos demais membros da bancada federal do Rio Grande do Norte.