Natal

Prefeitura do Natal concede promoção horizontal para 1.484 professores ativos e aposentados

A Prefeitura do Natal publicou no Diário Oficial do Município a portaria que concede promoção horizontal para 1.257 professores ativos da Rede Municipal de Ensino, conforme estabelece os artigos 16 e 17, da Lei Complementar nº. 058, de 13 de setembro de 2004 e Decreto nº 8.961 de dezembro de 2009. A promoção horizontal garante um acréscimo de 5% (cinco por cento) no salário base de cada profissional do magistério beneficiado com esta portaria, totalizando um impacto financeiro mensal na folha de pagamento da Secretaria Municipal de Educação de Natal, de R$ 270 mil. A portaria foi publicada na edição do DOM desta quarta-feira (20).

A implantação do benefício vai ocorrer no pagamento referente ao mês de junho de 2018, com efeito retroativo a data de 1º de maio deste ano. Desta maneira, o impacto relativo com implantação da promoção horizontal retroativa ao mês de maio é de R$ 540 mil.

A promoção horizontal autorizada pelo prefeito Álvaro da Costa Dias, também beneficia 227 professores aposentados que recebem seus vencimentos por meio da folha de pagamento do Instituto de Previdência Social dos Servidores do Município de Natal (NatalPrev). O impacto mensal do benefício é de R$ 39 mil. Porém, com a implantação em junho retroagindo ao pagamento de maio, o impacto financeiro é de R$ 78 mil na folha da NatalPrev. A portaria beneficiando os aposentados foi publicada na edição do DOM desta quinta-feira (21).

Piso Salarial

Também vai ser implementado na folha de pagamento do mês de junho, o reajuste de 6,81% do Piso Nacional dos Professores, conforme a Lei Federal nº. 11.738 de julho de 2008, destacando que a Lei Municipal nº 6.425 de 2013, também estabelece a data base da categoria com reajuste igual ao valor do piso em âmbito nacional. Com o reajuste em vigor, o impacto mensal na folha de pagamento da Secretaria Municipal de Educação de Natal é de R$ 1.500 milhão.

Diversos

MEC suspende criação de cursos de medicina e anuncia redefinição da formação médica

O Ministério da Educação suspendeu a publicação de novos editais para criação de cursos de medicina durante cinco anos e o pedido de aumento de vagas em cursos já existentes. A portaria que determina a suspensão, que não afetará editais em andamento nem universidades federais pactuadas com a Secretaria de Educação Superior (Sesu) do MEC, foi assinada pelo ministro Mendonça Filho nesta quinta-feira, 5, durante uma reunião com o presidente da República, Michel Temer, no Palácio do Planalto, em Brasília.

A medida, segundo o ministro, visa à sustentabilidade da política de formação médica no Brasil, preservando a qualidade do ensino. “Temos a visão de que a formação médica tem que zelar pela qualidade”, destacou. “Isso é fundamental, tendo em vista, inclusive, a tradição da boa formação médica que o Brasil conquistou nos últimos anos e que precisa ser preservada. Nós teremos uma parada e, respeitando aquilo que vai ser planejado e deliberado por um grupo de trabalho, enxergaremos um horizonte para que a formação médica no Brasil passe por uma avaliação completa e uma adequação, tendo em vista a necessidade da população brasileira de um lado e o zelo pela formação médica do outro.”

Para a decisão, o MEC levou em conta os dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e do monitoramento 2016-2019 do Plano Plurianual (PPA) do Governo Federal, que indicam que o Brasil atingiu a meta estipulada de criação de 11 mil vagas/alunos em cursos de graduação em medicina por ano. “Isso se faz necessário até porque as metas traçadas com relação a ampliação da oferta de médicos no Brasil já foram atingidas”, afirmou Mendonça Filho. “Nós mais do que dobramos o número total de faculdades de medicina nos últimos anos, o que significa dizer que há uma presença em termos de formação médica em todas as regiões do Brasil, inclusive nas que tinham uma menor taxa de atendimento.”

A portaria também institui um grupo de trabalho para reorientar a formação médica. Durante o período de suspensão, o MEC promoverá um amplo e profundo estudo sobre a formação médica no Brasil, que contará com a cooperação do Conselho Federal de Medicina (CFM) e de associações médicas nacionais.

Fonte: Ministério da Educação

Cidades

Educação avança no município de Caicó

Um momento histórico para a educação do Município de Caicó. Essa foi a definição da secretária de Educação, Lúcia Gregório, para a transferência da Escola Municipal Professor Mateus Viana para o prédio onde funcionou a antiga Escola Estadual Professora Iracema Trindade. As duas unidades são localizadas no bairro João XXIII, zona norte de Caicó.

“Quando estávamos na direção da Dired, tivemos que desativar a Escola Iracema Trindade por insuficiência de alunos. Após quatro, já na secretaria municipal de Educação, conseguimos concluir a reforma do seu antigo prédio e efetivamos a mudança da Escola Mateus Viana, que funcionou por mais de 50 anos num espaço pequeno”, lembrou a secretária.

Nesta segunda-feira (12), ao som da Banda de Música Recreio Caicoense, a comunidade escolar caminhou simbolicamente pelo bairro para fazer a mudança até as novas instalações. “Alunos e pais estavam eufóricos com o espaço amplo e adequado, pensado para uma melhor aprendizagem”, disse Lúcia Gregório.

mateus1

Cidades

Prefeitura de Caicó faz reforma e equipa sete escolas do município

A Prefeitura de Caicó e a Secretaria Municipal de Educação estão trabalhando para mudar a realidade das estruturas físicas nas nossas escolas municipais. As ações já se multiplicam, incluindo desde as reformas até a aquisição de materiais e equipamentos.

Foram iniciadas as reformas nas escolas municipais Mateus Viana, no João XXIII; Bernadete Ginane, no Recreio; Paulino Barcelos, na Paraíba; Ivanor Pereira, na Soledade; Olivia Pereira, no Paulo VI; Maria Fernandes, no João Paulo II; Severina Brito, no Samanaú; além da Biblioteca Municipal Olegário Vale.

Também estão equipando as escolas com freezers, bebedouro, aparelhos de ar-condicionado, ventiladores e outros utensílios. As ações não param e chegarão a outras unidades da zona urbana e rural.

Política

No Ministério da Educação, Garibaldi e Walter Alves pleiteiam recursos para municípios potiguares

O senador Garibaldi Alves Filho e o deputado federal Walter Alves, ambos do MDB-RN, intermediaram, na tarde de hoje (21), uma audiência com o ministro da Educação, Mendonça Filho, e cinco prefeitos do Rio Grande do Norte. Os parlamentares solicitaram recursos e projetos para os municípios potiguares.

Walter Alves explica que uma das solicitações foi a construção de creches e escolas, além de reformas ou ampliações de unidades já existentes nos municípios. “A audiência com o ministro Mendonça foi proveitosa. Reforçamos a necessidade de liberação de recursos para as prefeituras e houve compromisso de analisar as solicitações”, disse o deputado federal.

Além dos parlamentares e ministro, participaram da audiência o deputado estadual Hermano Morais e os seguintes prefeitos: Thales Fernandes, de Major Sales; Mariana Fernandes, de Luís Gomes; Gilson Dantas, de Carnaúba dos Dantas; Cássio Cavalcante, de Ielmo Marinho; e Alexandre Petronilo, de Parelhas. O ex-prefeito de Luís Gomes, Pio X Fernandes também participou do encontro.

Cidades

Secretaria de Educação promove encontro de abertura do ano letivo em Caicó

A Prefeitura Municipal de Caicó, através da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes realizou a abertura do ano letivo de 2018, nos dias 06 e 07 de fevereiro, com o tema: “Escola Cidadã, tecendo saberes, significados e valores em uma comunidade aprendente”. O objetivo foi suscitar a reflexão crítica sobre o processo de construção de uma educação de qualidade para o município.

A secretária de Educação do Município, Lucinha Gregório, fez o acolhimento aos participantes, seguido de um breve relato sobre as ações realizadas pela pasta. Sobre formação disse que “durante o ano letivo serão realizadas jornadas pedagógicas com temáticas que atendam às diferentes etapas e modalidades”.

Nesse período, foram realizados estudos, através do Programa Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC), e palestra com o juiz Jarbas Antônio da Silva Bezerra, titular da 10ª Vara Criminal da Comarca de Natal, doutorando em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

“Esses momentos são oportunos para propiciarem reflexões e planejamentos acerca da prática pedagógica, a partir da formação continuada, numa perspectiva de construção de uma escola cidadã”, disse Lucinha Gregório.

educa1

Educa

Educa 2

Cidades

Equipe do IFRN realiza visita técnica ao município de Jucurutu

Na manhã de ontem (31), o reitor do IFRN, professor Wyllys Abel Farkatt Tabosa, reuniu-se com o prefeito de Jucurutu, Valdir Medeiros e seus secretários de Obras, Compras e Educação – Fylippe Mello, Aécio Nogueira e Lucia Moura, respectivamente, para tratar sobre a implantação de um novo campus do Instituto no município.

A cidade já estava apontada como uma possível área para instalação de unidade do IFRN. Foi o que apontou o último estudo realizado pela Instituição em 2012. A pesquisa considerou os parâmetros estabelecidos pelo MEC, à época, para a expansão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica.

A partir de solicitação do MEC, nesta quinta-feira (1), uma equipe do Instituto, formada pelo diretor de Engenharia, Carlos Guedes, o pró-reitor de Pesquisa e Inovação, Márcio Azevedo, o professor José Eurico de Queiros, da área de Construção Civil, e o engenheiro Haroldo Andrade, junto do arquiteto Fernando Jaber, enviado pelo Ministério da Educação, realizam uma visita técnica a alguns terrenos no município de Jucurutu, com o intuito de verificar sua extensão.

Na reunião do Gabinete da Reitoria, a equipe gestora da Instituição apresentou aos representantes do município a estrutura de três campi e o processo para implantação de um campus. Foram esclarecidas as diferenças entre campus e campus avançado e os direcionamentos para a fixação de novas unidades, que iniciam como campus avançado, com a oferta apenas de cursos técnicos subsequentes e de Formação Inicial Continuada (FIC).

Jucurutu

Estado

Com apoio da bancada federal, UFRN recebe R$ 4,5 milhões do Governo Federal e Ufersa outros R$ 7,5 milhões

Nesta quinta-feira (14), o Governo Federal liberou mais de R$ 4,5 milhões para a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O recurso financeiro foi destinado pela bancada federal potiguar por meio das emendas ao Orçamento da União de 2017. Segundo o coordenador da bancada do RN, deputado federal Felipe Maia (DEM), a liberação vai permitir o pagamento de despesas já liquidadas de fornecedores de equipamentos e serviços de construção.

Também foram liberados outros R$ 7,5 milhões para a Universidade Federal do Semiárido (Ufersa) do Rio Grande do Norte.

Cidades

Aluno da rede municipal de ensino de Caicó é aprovado para a Escola SESC de Ensino Médio no Rio de Janeiro

O estudante do 9º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Presidente Kennedy, André Breno Fernandes Martins, foi aprovado para estudar na Escola SESC de Ensino Médio (ESEM), no Rio de Janeiro.

Breno disse em entrevista à imprensa que a Escola Kennedy tem professores excelentes e um ensino de qualidade. Ele destacou que pretende se especializar em áreas como a Medicina, Psicologia e Biologia.

Para ingressar na ESEM, André Breno participou no Sesc Seridó de um processo de seleção composto por prova objetiva e dinâmica de grupo. Os aprovados passaram então pela entrevista, etapa considerada fundamental, pois é por meio dela que se verifica se toda a família está realmente preparada para participar do projeto da Escola.

O diretor da Escola Municipal Presidente Kennedy, Marciano Soares, enfatizou que a aprovação de Breno foi um presente para a Escola, sendo fruto de uma equipe que se dedica muito para proporcionar um ensino de qualidade aos alunos. A secretaria municipal de Educação, Cultura e Esportes parabenizou o aluno André Breno pela aprovação.

“A aprovação de André Breno nos enche de esperança e alegria. É a verdadeira demonstração de comprometimento dos profissionais da Rede Municipal de Ensino para com seus alunos. O êxito do mesmo é uma prova da determinação, dedicação e esforço dos alunos, da equipe gestora, como também, dos valorosos educadores e da família. Desejamos perseverança nesta nova caminhada e sucesso na próxima jornada de estudos. Parabéns a todos os envolvidos nessa conquista, pois servirá de incentivo aos demais alunos, mostrando que o ensino público de qualidade é possível. Parabéns a comunidade escolar da Escola Municipal Presidente Kennedy pelo belíssimo trabalho com vistas ao desenvolvimento do processo ensino aprendizagem de forma significativa”, disse a secretária municipal de Educação, Cultura e Esportes, Lucinha Gregório.

A Esem é uma escola de referência no país, com turmas de no máximo 15 alunos que recebem todo o suporte acadêmico, com sólida formação em inglês, espanhol e tecnologia, atividades artísticas, culturais e esportivas, além de intercâmbio com escolas norte-americanas.

andre

Política

Substitutivo de Rafael Motta que cria o Fundo Nacional Pró-Leitura é aprovado pela Comissão de Educação

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei que cria o Fundo Nacional Pró-Leitura (FNPL), confirmando o texto substitutivo apresentado pelo deputado federal Rafael Motta (PSB) em seu parecer como relator.

O PL 1321/11 foi apresentado originariamente no Senado Federal e é destinado à captação de recursos para atendimento aos objetivos da Lei nº 10.753, de 30 de outubro de 2003, que institui a Política Nacional do Livro. Em linhas gerais, o Fundo reunirá recursos para promover ações de fomento à leitura em todo o Brasil.

Rafael Motta destacou que há importantes políticas públicas que objetivam alcançar os fatores necessários para consolidar uma sociedade leitora. “Temos o Plano Nacional do Livro e Leitura, mas é necessário o desenvolvimento de medidas que viabilizem recursos para implantação dos programas e das políticas públicas. Com a aprovação na Comissão, demos um importante passo para sermos um país de leitores”.

O trâmite do PL agora é seguir para a Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados. A elaboração do substitutivo foi objeto de audiência pública promovida pelo deputado Rafael Motta na Câmara dos Deputados e fez do parlamentar palestrante por duas vezes da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip).

Rafael Motta comissão

Diversos

MEC Libera 100 % de recursos de custeios para instituições federais do Brasil

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta quarta-feira (29), a liberação de 100% de recursos de custeio para instituições de ensino superior e técnico vinculadas ao MEC. O Rio Grande do Norte recebeu neste ano mais de R$ 270 milhões que foram distribuídos entre a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) e o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN)

De acordo com o deputado federal Felipe Maia, o Ministro da Educação, Mendonça Filho, demonstrou compromisso com a questão: “Garantir 100% do custeio para as instituições de ensino ligadas a rede federal é reafirmar o seu empenho à frente da pasta, pois há alguns anos os estados não recebiam esse repasse em sua totalidade e este é o segundo ano consecutivo que os recursos são liberados”, comentou.

Do montante anunciado para o estado em 2017, a UFRN recebeu quase R$ 155 milhões, já o IFRN garantiu mais de R$ 72 milhões e a Ufersa obteve cerca de R$ 44 milhões. Estes recursos permitiram o pagamento de despesas que garantiram a manutenção das instituições.

Apesar do corte de R$ 6,4 bilhões no orçamento de 2016 do MEC foram recuperados pela atual gestão R$ 4,7 bilhões, recursos que asseguraram a continuidade de programas e recuperação de obras da pasta. “Notícia importante para o RN e todo o Brasil, a medida indica o verdadeiro incentivo para melhorias nas instituições federais”, comentou Felipe Maia.

Estado

Aplicativo permite que pais acompanhem o desenvolvimento escolar de seus filhos

Desde a última sexta-feira (10), os pais de alunos da Rede Estadual de Educação podem acompanhar o desenvolvimento escolar dos estudantes através de aplicativo. O SIGEduc Familiar, desenvolvido pela equipe do Grupo de Processamento de Dados da Secretaria Estadual de Educação e Cultura do RN, disponibiliza para os pais dados como notas, frequências e disciplinas ministradas em sala de aula durante o ano letivo nas escolas.

O SIGEduc é uma ferramenta de acesso dos alunos, e agora, dos pais. Cada estudante, assim como os pais, receberam um usuário e senha para acessar o canal de informação. Todos os estudantes da rede já possuem acesso ao programa, implantado no ano de 2014, por meio do Sistema Integrado de Gestão da Educação, da Secretaria Estadual de Educação e Cultura.

O aplicativo permite a informatização cada vez mais avançada do sistema de educação e pretende expandir o benefício da ferramenta nos próximos anos. “Essa é uma iniciativa de grande importância para os pais, alunos e também para a secretaria. Antes essa tecnologia só era presente em escolas particulares, hoje, os nossos estudantes e seus familiares também podem contar com esse serviço”, destacou Ana Paula Oliveira, coordenadora do Grupo de Processamento de Dados, da SEEC.

O aplicativo encontra-se disponível na Google Play e pode ser baixado por todos os pais de alunos da Rede Pública. Para instalar, basta conectar o celular à internet e baixar o aplicativo. A partir daí o usuário já terá acesso as informações disponibilizadas pela ferramenta.

SigEduc Familiar 2

Política

Felipe Maia celebra liberação de recursos do MEC para as Universidades Federais

O coordenador da bancada do Rio Grande do Norte, deputado federal Felipe Maia (DEM-RN) comemorou a liberação de mais de R$ 1,2 bi para universidades e institutos federais em todo o país, anunciada, hoje (5), pelo Ministério da Educação. De acordo com o parlamentar, a liberação chegará em boa hora.

“Vejo como prioridade a educação para os brasileiros. A liberação de recursos é uma luta diária da bancada potiguar, nas últimas semanas cobramos ao Ministro da Educação a autorização urgente do pagamento e o compromisso com as instituições foi cumprido. Essa liberação chegou em um momento em que as instituições de ensino superior federais estão com obras paralisadas e com dificuldades em ajustar as folhas de pagamento”, explicou.

Felipe Maia destacou que o Rio Grande do Norte terá uma liberação, para todas as instituições federais, de mais de R$ 29,2 milhões para custeio, assistência estudantil e investimento. “São recursos que, quando empenhados, vão contribuir para que o nosso estado continue na busca da excelência em educação”, enfatizou o parlamentar.

Além desses recursos de autorização de empenho, o MEC liberou também recursos de limite de autorização para despesa pública (autorização de pagamento) que totalizam mais R$ 20 milhões. Esses recursos serão direcionados para o campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN); do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) e da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), que receberão respectivamente: R$ 10,5 milhões, R$ 6 milhões e R$ 3,4 milhões.

Reitor da Ufersa, José de Arimateia de Matos, deputado Felipe Maia, reitora da UFRN, Ângela Paiva e o reitor do IFRN, Wyllys Abel Tabosa

Reitor da Ufersa, José de Arimateia de Matos, deputado Felipe Maia, reitora da UFRN, Ângela Paiva e o reitor do IFRN, Wyllys Abel Tabosa

Política

Senadores e entidades educacionais defendem permanência do Fundeb

Entidades ligadas à educação destacaram, nesta terça-feira, a importância do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para o país. O debate ocorreu durante a primeira audiência pública do ciclo de debates sobre a importância do FUNDEB no desenvolvimento regional, realizado pela Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo, presidida pela senadora Fátima Bezerra.

Para o ex-ministro da educação Fernando Haddad, o Fundeb garantiu o aumento da participação financeira da União nos estados na área de educação. “O Fundeb corrigiu vários problemas e ampliou o atendimento escolar no país. No Fundef, nós tínhamos uma garantia de apenas 1% da participação da União. Já o Fundeb ampliou para, no mínimo, 10%”, disse

A presidente da CDR, senadora Fátima Bezerra, afirmou que tornar o Fundeb permanente, tirando sua previsão das disposições transitórias e colocando-a no corpo da Constituição, significa um passo fundamental para consolidar o fundo como uma política de Estado, que não ficará mais refém de um ou outro governo e nem das oscilações econômicas do país.

WhatsApp Image 2017-09-12 at 12.54.55

Estado

Ministério da Educação elege curso de odontologia da UERN em Caicó como 12º melhor do Brasil

A Revista QB fez uma lista com as 50 melhores faculdades de Odontologia do Brasil, segundo o Ministério da Educação (MEC), ficando o curso da UERN de Caicó em 12ª posição.

Para fazer uma lista com dados confiáveis, foram consultados um dos indicadores de qualidade do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão do governo responsável por fazer a avaliação do desempenho de corpo docente, infraestrutura, estudantes e recursos didáticos-pedagógicos das faculdades e universidades do Brasil.

Com isso, selecionaram os melhores Conceitos Preliminares de Cursos (CPCs), no qual as faculdades recebem uma nota que varia de 0 a 5, sendo que quão mais perto do 5 melhor.

Veja aqui a lista

Natal

Prefeitura entrega reforma e ampliação da escola Lourdes Godeiro na Zona Norte de Natal

O Prefeito Carlos Eduardo entregou na tarde desta terça-feira, 20, a oitava unidade de ensino Municipal ampliada e reformada em sua gestão, a escola Professora Lourdes Godeiro, no conjunto Gramorezinho, bairro Lagoa Azul, Zona Norte. A obra foi orçada em R$ 188 mil.

Participaram da solenidade de entrega a secretária Municipal de Educação, Justina Iva; o secretário de Governo, Homero Grec; a secretária adjunta, Judineide Domingos; a diretora pedagógica da escola, professora Ana Lúcia; a diretora financeira, professora Marizete; o padre Francisco Cibin, da Paróquia Dom Bosco, entre representantes da administração municipal e da comunidade.

Esta escola Municipal alcançou o segundo maior Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) dos anos iniciais do Ensino Fundamental, para o ano de 2015, com nota de 5,8, quando a meta era de 4,9. Este índice, de acordo com a programação de metas, estava previsto para ser alcançado em 2021.

A Escola Lourdes Godeiro atende a 153 alunos do 1° ao 5° ano do Ensino Fundamental, e passou por reforma e ampliação, proporcionando várias melhorias em suas instalações. A unidade foi criada em 1980, pelo decreto número 2.380.

Foto: João Maria Alves

Foto: João Maria Alves

Cidades

Prefeito anuncia melhorias para Escola Profissional de Caicó

O prefeito de Caicó, Batata Araújo, o vice Marcos do Manhoso, a secretária municipal de Educação, Lúcia Gregório, vereadores e representantes da sociedade civil participaram nesta quarta-feira (26) da solenidade de comemoração dos 45 anos de atividades da Escola Profissional Júlia Medeiros, localizada no bairro Paraíba.

A unidade educacional oferece atualmente os cursos de corte e costura em tecido e malha, bordado clássico, bordado industrial, pintura em tecido, pintura em tela, informática, digitação, culinária regional, culinária contemporânea, rebordado com pedrarias, ponto cruz e crochê.

Funcionando nos turnos matutino, vespertino e noturno, com cursos gratuitos, a Escola Júlia Medeiros tem aproximadamente 500 alunos. Para o semestre 2017.2, as inscrições serão iniciadas no dia 20 de junho e no ato da inscrição, o aluno deve apresentar apenas a carteira de identidade.

Batata confirmou que a sua gestão vai olhar com um carinho muito grande para a Escola Júlia Medeiros. Batata anunciou que o Município recebeu uma verba de 300 mil reais destinada pelo deputado federal Beto Rosado. Parte dessa verba será utilizada para a pavimentação da rua onde fica localizada a escola, no bairro Paraíba.

profissional1

profissional4

Política

Projeto de Fátima Bezerra que cria Política Nacional de Leitura e Escrita é aprovado em Comissão no Senado

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte aprovou por unanimidade, nesta terça-feira (25), o Projeto de Lei 212/16, de autoria da senadora Fátima Bezerra, que cria a Política Nacional de Leitura e Escrita (PNLE). A proposta foi uma iniciativa do conselho diretivo do Plano Nacional do Livro e Leitura – PNLL, presidido na época por José Castilho Marques Neto. A aprovação da matéria acontece dois dias após o dia Mundial do Livro e do Direito do Autor.

Segundo a autora, a proposta tem como estratégia permanente a universalização do direito ao acesso ao livro, à leitura, à escrita, à literatura e às bibliotecas no Brasil, além de fomentar a formação de mediadores de leitura e incentivar a criação e implantação de planos estaduais e municipais do livro e da leitura.

“Queremos dar ao livro, à leitura, à escrita e às bibliotecas o status de política pública de Estado. Nos últimos 13 anos, nos governos do presidente Lula e da presidenta Dilma, tivemos investimentos fundamentais no setor, mas precisamos avançar”, explicou a senadora. “O legislativo precisa aprovar ações e políticas públicas como esta que garantam à população o acesso aos livros, a leitura, a escrita e a bibliotecas. Isso possibilitará tornar o Brasil um país de leitores. Uma nação desenvolvida se faz, fundamentalmente, com investimentos em educação e cultura”, completou.

Estado

Governo do RN convoca 797 novos professores 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação e da Cultura, convocou 797 professores para compor o quadro efetivo da Rede Estadual de Educação.

A lista dos convocados está publicada no Diário Oficial deste sábado (8).

Os professores, que serão encaminhados para as escolas espalhadas por todo o RN, atuarão em várias áreas do conhecimento, como linguagem, matemática, ciências da natureza e humanas, na educação especial, e terão 30 dias para se apresentar, contando a partir da data de nomeação.

Política

Governador Robinson Faria promete construir 10 novas escolas no RN

O Rio Grande do Norte poderá ganhar 10 novas escolas e mais de 50 unidades reformadas.

As promessas foram feitas pelo governador Robinson Faria, nesta quinta-feira (6), durante o lançamento de três projetos voltados para a melhoria dos indicadores da educação pública.

A solenidade ocorreu na Escola de Governo, no Centro Administrativo. 

Foto: Ivanízio Ramos