Política

Fotos: TRE-RN realiza diplomação de candidatos eleitos nas Eleições 2018

Em sessão solene realizada nesta quarta-feira (19), o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) fez a entrega dos diplomas aos 39 candidatos eleitos no Rio Grande do Norte nas Eleições Gerais de 2018. Realizada no Teatro Riachuelo, no Shopping Midway Mall, a cerimônia de diplomação confirma que os escolhidos pelos eleitores cumpriram todas as formalidades previstas na legislação eleitoral e estão aptos a tomar posse nos mandatos para os quais foram eleitos. O evento reuniu 1.300 convidados para prestigiar o ato solene de diplomação.

Os diplomas foram assinados pelo presidente do TRE-RN, Desembargador Glauber Rêgo, e entregues a Maria de Fátima Bezerra, no cargo de Governadora, Antenor Roberto Soares de Medeiros, no cargo de vice-Governador, os senadores eleitos Zenaide Maia Calado Pereira dos Santos e Eann Styverson Valetim Mendes e os suplentes Alisson Taveira Rocha Leal, Margarida Brandão Fernandes de Araújo, Manoel Júnior Souto de Souza e Manoel Roberto Silva Rego. Também receberam os diplomas os 08 deputados federais e os 23 deputados estaduais eleitos em outubro deste ano. O 24ª diploma de deputado estadual que seria entregue era para Sandro Pimentel (PSOL), mas foi suspenso por decisão judicial.

O presidente do TRE-RN proferiu o seu discurso e ressaltou a alegria em concluir todas as etapas das Eleições 2018. “A culminância do processo eleitoral dá ao TRE-RN a certeza do dever cumprido num pleito que se apresentou como um dos mais importantes da contemporaneidade política. Cumprimos a nossa missão”, afirmou. O presidente do TRE-RN também parabenizou a sociedade pela participação no pleito. “Parabenizo o eleitor norte-riograndense pela postura no processo eleitoral, destacando a forma pacífica e ordeira no exercício da cidadania, tendo sido o RN um dos estados mais tranquilos destas eleições gerais”. Por fim, Glauber Rêgo saudou os candidatos eleitos, desejando pleno sucesso em sua missão. “Busquem respeitar a vontade do povo por meio de uma atuação condizente com os ditames constitucionais e norteada por valores éticos e morais, na defesa da democracia e dos valores da República”, concluiu.

Momento Cultural

Durante a solenidade de diplomação, o Grupo de Dança da Companhia Soraya Lima, formado por 12 bailarinos com Síndrome de Down abrilhantaram o evento com apresentação de três clássicos do cinema. O artista plástico Vagner Autuori, que já realizou exposições em diversos países, pintou uma tela enquanto ocorria a sessão. Inspirado pelo estilo impressionista com uso de espátula e óleo sobre tela, o quadro pintado pelo artista será doado para o acervo da nova sede do TRE-RN. Além disso, ocorreu a execução do hino nacional por membros da Polícia Militar.

A mesa oficial da solenidade foi composta pelo presidente do TRE-RN, Desembargador Glauber Rêgo, pelo Corregedor Regional Eleitoral, Desembargador Cornélio Alves, pelos membros da corte eleitoral, pela Procuradora Regional Eleitoral, Cibele Benevides, e pela Diretora Geral do TRE-RN, Simone Mello. Além disso, também contou com a presença do atual vice-governador do estado, Fábio Dantas (PSB), representando o Poder Executivo; do atual presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira, representando o Poder Legislativo; e do presidente do Tribunal de Justiça do RN, Expedito Ferreira, representando o Poder Judiciário.

O prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), também participou da solenidade, bem como o suplente de senador, Jean-Paul Prates (PT).

A posse de todos os candidatos eleitos acontece em janeiro e fevereiro de 2019.

Fotos: Elias Medeiros

Política

Referência ao Militarismo

Três militares foram diplomados entre os eleitos no RN nesta quarta-feira (19).

O General Girão (PSL) eleito deputado federal.

E Coronel Azevedo (PSL) eleito deputados estaduais.

E o Capitão Styvenson (REDE) eleito senador.

Dois deles prestaram continência com diploma em mãos: General Girão e Coronel Azevedo.

Fotos: Elias Medeiros

Política

Diplomação entre vaias e aplausos

Pela primeira vez se viu no RN uma diplomação entre vaias e aplausos causada pelo novo momento político e pela rivalidade nacional entre os que são a favor do PT e contra o PT.

Reeleito deputado federal após decisão jurídica na última semana que recontou o quociente eleitoral, Beto Rosado (PP) recebeu o diploma sobre vaias e aplausos. Vaias dos eleitores do PT que estavam na plateia e se chatearam com a saída de Fernando Mineiro (PT) da lista de eleitos. Aplausos dos anti-PT.

A deputada federal eleita Natália Bonavides (PT) foi aplaudida e vaiada quando mostrou uma camisa em defesa do ex-presidente Lula.

Outro que entrou na linha vaias e aplausos foi o deputado federal Fábio Faria (PSD).

Política

Diplomação dos Eleitos será no Teatro Riachuelo dia 19 de dezembro

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN), Desembargador Glauber Rêgo, confirmou a data da diplomação dos eleitos no pleito de 2018 no Rio Grande do Norte. Será dia 19 de dezembro, a partir das 16h, no Teatro Riachuelo, localizado no 3º piso do Shopping Midway Mall, em Natal.

A sessão de diplomação marca a última fase do processo eleitoral. Serão diplomados quarenta candidatos eleitos nas eleições de 2018 para os cargos de governador, vice-governador, senadores, suplentes, deputados federais e estaduais.

A Direção Geral do TRE-RN em breve informará os procedimentos de acesso ao local do evento.

Política

Prazo para prestação de contas do segundo turno se encerra amanhã (17)

Os candidatos que concorreram ao segundo turno das Eleições 2018, seus partidos ou partidos coligados, e aqueles candidatos e partidos que realizaram doações ou gastos no período entre o fim do primeiro e início do segundo turno têm até amanhã (17) para prestar contas. No dia 06 de novembro, prazo final da prestação de contas do primeiro turno, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) registrou o recebimento de 400 prestações. A partir disso, a Comissão de Prestação de Contas da Justiça Eleitoral iniciou o trabalho de análise dessas contas.

A Comissão é composta por 33 servidores de diversos setores do TRE-RN, atuando de domingo a domingo, durante 10 horas diárias, numa força tarefa de verificação das contas recebidas. As atividades são divididas em três fases: diligência, parecer técnico, análise do Ministério Público e análise do relator para julgamento. Nesse primeiro momento, apenas as contas dos 35 candidatos eleitos e suplentes serão analisadas, em virtude do prazo para o encerramento desses julgamentos, que é 15 de dezembro de 2018, para que a diplomação dos eleitos ocorra no dia 19 de dezembro.

As demais contas podem ser julgadas até novembro de 2019, de modo que os candidatos e partidos que não venceram a disputa e que ainda estão inadimplentes podem realizar a prestação nesse período para evitar o impedimento de obter a certidão de quitação eleitoral (para candidatos) e a proibição de receber o fundo partidário, além da suspensão do registro (anotação) partidária (para partidos). De acordo com a última atualização da Secretaria Judiciária, até o momento há um quantitativo de 109 inadimplentes em relação ao primeiro turno: 2 governadores, 3 senadores, 28 deputadores federais, 62 deputados estaduais e 14 partidos não prestaram contas à Justiça Eleitoral.

Política

Nomes da equipe de transição de Bolsonaro são publicados no Diário Oficial da União

Da Agência Brasil

Parte da equipe de transição do governo já está nomeada. A lista com os 27 nomes já escolhidos pelo presidente eleito Jair Bolsonaro foi publicada hoje (5) em edição extra do Diário Oficial da União(DOU). Inicialmente, foram definidos 22 assessores, depois incluídos mais cinco que vão atuar sem remuneração. Até o fim desta semana, outros nomes deverão ser agregados.

Bolsonaro pode indicar até 50 pessoas para sua equipe de transição. Na lista, estão alguns nomes já confirmados como futuros ministros, como o economista Paulo Guedes, que vai comandar o superministério da Economia  – que une Fazenda, Planejamento e Indústria, Desenvolvimento e Comércio Exterior.

Também compõem a equipe de transição o general da reserva Augusto Heleno Ribeiro Pereira, que assumirá a Defesa; além do astronauta Marcos Pontes, que irá para Ciência e Tecnologia. O advogado Gustavo Bebianno, que estava interinamente como presidente do PSL e um dos principaiscoordenadores de campanha de Bolsonaro, é outro nome que aparece na lista de nomeados.

Lista

Confira os outros integrantes da equipe de transição:

Marcos Aurélio Carvalho, Paulo Roberto, Luciano Irineu Carvalho, Paulo Antônio Spencer Uebel, Arthur Bragança de Vasconcellos Weintraub, Gulliem Charles Bezerra Lemos, Eduardo Chaves Vieira, Roberto da Cunha Castello Branco, Luiz Tadeu Vilela Blumm e Carlos Von Doellinger.

Também foram nomeados hoje Bruno Eustáquio Ferreira Castro de Carvalho, Sérgio Augusto de Queiroz, Antônio Flavio Testa, Carlos Alexandre Jorge da Costa, Paulo Roberto Nunes Guedes, Waldemar Gonçalves Ortunho Júnior, Abraham Bragança de Vasconcellos Weitraub, Jonathas Assunção Salvador Nery de Castro e Ismael Nobre.

De acordo com o Diário Oficial da União, os seguintes assessores não terão remuneração Alexandre Xavier Ywata de Carvalho, Pablo Antônio Fernando Tatim dos Santos, Waldery Rodrigues Júnior, Adolfo Sachsida e Marcos Cintra Cavalcanti de Albuquerque.

Transição

A equipe de transição será coordenada pelo ministro extraordinário Onyx Lorenzoni, já confirmado para a Casa Civil no governo eleito. Segundo ele, além dos 22 nomeados e cinco assessores, até o final desta semana, a equipe deverá sem ampliada com a indicação de novos integrantes, além da cessão de técnicos e servidores de outras áreas, bem como a designação de mais pessoas para compor a transição de forma voluntária.

Todos os nomeados serão automaticamente exonerados dez dias após a posse de Bolsonaro. Os integrantes da equipe de transição poderão dispor de um telefone celular com acesso ao sistema que servirá como base para o governo eleito.

A plataforma, chamada Governa, já é utilizada para troca de informações entre os ministérios. A equipe de transição terá acesso irrestrito às informações das pastas, como dados sobre o governo atual e o que se planeja para 2019 com base no Orçamento previsto para o ano que vem.

Política

Alckmin errou ao evitar PT e focar em Bolsonaro, diz marqueteiro de Doria

Por Estadão Conteúdo

Marqueteiro da campanha de João Doria (PSDB) ao governo em 2018 e de Geraldo Alckmin (PSDB) em 2014, o publicitário Nelson Biondi afirmou que os tucanos erraram em não ter focado os ataques no PT desde o início da campanha presidencial.

Veterano do marketing político, Biondi afirmou que, ao abandonar a polarização, Alckmin abriu espaço para que o então candidato do PSL, Jair Bolsonaro, assumisse o posto ocupado pelo PSDB nas últimas seis eleições presidenciais.

“Eu achava que com aquele tempo todo de TV a eleição seria do Geraldo, mas isso não aconteceu. A situação talvez tivesse sido diferente se o Geraldo tivesse olhado para o PT, e não para o Bolsonaro”, disse.

“O eleitor não queria pacificar o País, queria um basta e uma mudança geral”, complementou o publicitário André Gomes, sócio de Biondi que também atuou na campanha de Doria.

Sem esconder o alívio de vencer sua última campanha – ele disse que vai se aposentar e jogar golfe -, Biondi classificou o atual governador, Márcio França (PSB), como um adversário “dificílimo” e um “excelente comunicador”. “Graças à Deus a eleição presidencial foi para o segundo turno. Isso ajudou a nacionalizar a campanha em São Paulo. A eleição foi ideologia pura.”

Os marqueteiros avaliam que foram bem sucedidos na estratégia de “carimbar” França como um político de esquerda, mas que “erraram na mosca” ao mostrar imagens antigas de França antes do tratamento de saúde que o fez perder peso. Biondi disse ainda que, se Paulo Skaf (MDB) tivesse ido para o segundo turno, a disputa não seria ideológica. “Dentre as muitas campanhas das quais participei, está foi a que menos me senti o marqueteiro”, disse ele, que também atuou com Jânio Quadros e Paulo Maluf.

Política

“Desafiamos a força que gravita em torno do lulismo no Nordeste”, avalia Kadu Ciarlini, vice de Carlos Eduardo na disputa pelo Governo

Candidato a vice de Carlos Eduardo (PDT), o publicitário Kadu Ciarlini (PP) se pronunciou em suas redes sociais sobre o resultado do segundo turno: 

“Muito obrigado Rio Grande do Norte!

Agradeço o gesto de confiança de mais de 750.000 pessoas, eleitores que tiveram o gesto de confiança e votaram em mim e em Carlos Eduardo, esse grande gestor que merece o aplauso pela determinação e luta, também foi um gigante.

Desafiamos a força que gravita em torno do lulismo no Nordeste. Fomos o único Estado desta região a disputar de forma acirrada contra uma candidatura petista ou de algum correligionário.

Me sinto orgulhoso de ter encampado essa luta e de termos chegado aonde chegamos.

Por isso meu mais profundo agradecimento a você que está lendo esta mensagem e aos mais de 750.000 pessoas que acreditaram em nós. Sigo adiante com a convicção e a alegria de ter buscado contribuir com o meu estado, minha região e meu país.

Desejo a Senadora Fátima sucesso e que consiga cumprir suas promessas de campanha.

Aos meus amigos e seguidores, um forte abraço!

Há muito RN, Mossoró e Oeste pela frente!

Seguirei empunhando a bandeira e a luta pela inovação na gestão pública pois este é o caminho para o futuro que traz soluções e benefícios nas áreas mais essenciais para a população!

Vamos seguir em frente! #novasideias #muitoObrigadoRN #753.015vezesobrigado”

Política

Resultado oficial do 2º turno no RN

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) encerrou a apuração dos votos às 20h46min, mas às 18h40 o presidente Glauber Rêgo já havia confirmado a eleição da candidata Fátima Bezerra.

Ela foi eleita com com 57,60% dos votos (1.022.910 votos), enquanto Carlos Eduardo obteve 42,40% dos votos, que representou 753.035 votos.

Para presidente no RN, Fernando Haddad (PT) obteve 1.131.027 votos. Já Bolsonaro (PSL) ficou com 652.562 votos.

No Rio Grande do Norte, votaram 1.942.196 eleitores dos 2,3 milhões de eleitores que estavam aptos a votar, o que corresponde a 81,86% do eleitorado do RN. A abstenção foi de 18,14%, o que corresponde a 430.383 de eleitores. Houve o quantitativo de 34.072 (1,75%) votos brancos e 132.179 (6,81%) votos nulos.

Confira os resultados para os maiores colégios eleitorais do RN:
– Natal: 39,24% para Fátima Bezerra contra 60,76% para Carlos Eduardo
– Mossoró: 54,17% para Fátima Bezerra contra 45,83% para Carlos Eduardo
– Parnamirim: 38,86% para Fátima Bezerra contra 61,14% para Carlos Eduardo
– Caicó: 64,11% para Fátima Bezerra contra 35,89% para Carlos Eduardo
– São Gonçalo do Amarante: 53,25% para Fátima Bezerra contra 46, 75% para Carlos Eduardo

De acordo com informações da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), das 7.389 urnas eletrônicas instaladas para votação no estado, apenas 49 precisaram ser substituídas, sem prejuízos para o processo. Esse dado corresponde a 0,61% das urnas totais do estado, deixando o RN abaixo da média de urnas substituídas no Brasil, que foi de 0,92%.

Embora tenham sido registradas 11 ocorrências ao longo do processo eleitoral no território potiguar, o presidente do TRE-RN, Desembargador Glauber Rêgo, avaliou o pleito como tranquilo e dentro da normalidade, considerando que as ocorrências apontadas foram, em maioria, infrações de menor grau. Segundo informações da Corregedoria Regional Eleitoral, setor do TRE-RN responsável pelo monitoramento das ocorrências, dos 11 casos citados, 07 foram registrados nas zonas eleitorais e 04 foram registrados pela polícia. Os casos aconteceram nos seguintes municípios: Passagem, Parnamirim, Mossoró, Serrinha, Lagoa D’Anta, Natal e Várzea.

Política

Com eleição de Fátima, RN passa a ter três novos senadores

Com a senadora Fátima Bezerra (PT) eleita governadora, o Rio Grande do Norte passa a ter três novos senadores.

Além do Capitão Styvenson (REDE) e de Zenaide Maia (PHS), o primeiro suplente de Fátima assumirá por quatro anos a cadeira no Senado: Jean-Paul Prates (PT).

Jean-Paul Prates

Nasceu no Rio de Janeiro. É advogado, economista e mora no Rio Grande do Norte desde 2005.

Foi Secretário de Estado de Energia do Rio Grande do Norte durante o Governo Wilma de Faria. Atualmente, dirige duas empresas de consultoria: uma na área de petróleo/gás (RJ), outra nas áreas de energia renovável e meio ambiente (RN).

Política

Em nota, Carlos Eduardo agradece aos aliados, familiares e deseja êxito a Fátima Bezerra

NOTA

Quero expressar profunda gratidão aos norte-rio-grandenses que confiaram em nossas propostas, nossas ideias, na nossa capacidade administrativa e deram o seu voto ao 12, na confiança de que, das urnas, nasceria um Rio Grande do Norte pautado pela ética, a gestão eficiente e a tolerância zero com a corrupção.

Fizemos uma campanha limpa e propositiva. Baseada na coragem e no sentimento de mudança, na nossa história que transformou Natal numa capital capaz de orgulhar seus filhos e seus visitantes. Foram quatro gestões fixadas no coração e na alma de sua gente.

Abri mão de meus quase três anos de mandato como prefeito por saber que, ao homem público verdadeiro, não é permitida a omissão da luta.

O Rio Grande do Norte chegou ao fundo do poço nos últimos quatro anos.

Me propus mudá-lo, percorrendo no calor, nas noites e madrugadas, o itinerário da esperança numa gestão voltada a todos, sem lados ou preconceitos ideológicos.

Agradeço à toda a equipe que esteve conosco, ao meu partido, o PDT e aliados, o PP, o DEM, o MDB, o Podemos e, no segundo turno, a relevante presença do PSL.

Agradeço a toda minha família, em especial à minha mulher Andréa, uma demonstração guerreira de amor em cada instante da jornada.  Agradeço aos meus filhos pelos dias em que não pude estar com eles, trabalhando para que cada filho do Rio Grande do Norte compreendesse nossa mensagem.

Cabe-me exercer a missão delegada pelo povo do meu Estado.

Irei cumpri-la.

À minha adversária, sinceros votos de êxito.

Na minha vida pública, aprendi a ganhar e a perder.

Desistir, nunca! Jamais!

Que Deus nos proteja e a todo o Rio Grande do Norte.

Carlos Eduardo

Política

Boca de urna: Bolsonaro tem 56% dos votos; Haddad, 44%

Informações da Agência Brasil

A pesquisa boca de urna Ibope aponta a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno das eleições presidenciais. Segundo os números divulgados há pouco, Bolsonaro teve 56% dos votos válidos, contra 44% de Fernando Haddad (PT).

Política

Em sua primeira disputa, Witzel é eleito governador do Rio de Janeiro

Informações da Agência Brasil

O ex-juiz federal Wilson Witzel (PSC) foi eleito hoje (28) governador do Rio de Janeiro. Com 87,24% das urnas apuradas, Witzel está eleito com 60,68% dos votos válidos. Eduardo Paes (DEM) ficou em segundo lugar, com 39,32%.

Em sua primeira eleição para um cargo público, Witzel passou boa parte do primeiro turno com menos de 5% das intenções de voto nas pesquisas eleitorais.  Apenas na última semana antes das eleições as pesquisas registraram a disparada de Witzel, que terminou o primeiro turno na primeira colocação, com 3,15 milhões de votos. No segundo turno, liderou toda a corrida eleitoral, apesar de Eduardo Paes (DEM) ter se aproximado dele no final.

Política

Governador conquista reeleição em Sergipe

Informações da Agência Brasil

Belivaldo Silva (PSD), que concorre à reeleição, acaba de garantir, matematicamente, a vitória para o governo de Sergipe. O candidato lidera a apuração com 64,48% dos votos válidos e não pode ser mais alcançado pelo seu adversário, Valadares Filho (PSB), que contabiliza 35,52% dos votos válidos.

Foram apuradas, até agora, 88,75% das urnas do estado. Silva tem como companheira de chapa a viúva do governador Marcelo Déda (morto em 2013) Eliane Aquino (PT), vice-prefeita de Aracaju. Chagas assumiu o governo de Sergipe no início deste ano, quando Jackson Barreto renunciou ao cargo para concorrer a senador.

Política

Estreante na política, Romeu Zema é eleito governador de Minas Gerais

Informações da Agência Brasil

O estreante na política Romeu Zema venceu o segundo turno para o governo de Minas Gerais, com 71,4% dos votos válidos. Com 77,14% das urnas apuradas, o ex-governador e senador Antonio Anastasia (PSDB) ficou em segundo lugar, com 28,6 dos votos válidos.

A vitória de Zema sobre um adversário bem mais conhecido confirma a surpresa do primeiro turno das eleições. De perfil liberal, ele despontou em primeiro lugar na disputa, com 13 pontos percentuais de diferença, após aparecer em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto. Com o resultado, o atual governador, Fernando Pimentel (PT), não foi para o segundo turno.

Política

Governador do Amapá é reeleito

Informações da Agência Brasil

Atual governador do Amapá, Waldez Góes (PDT) acaba de conquistar, matematicamente, a reeleição. Ele tem 52,32% dos votos válidos, contra 47,68% de João Capiberibe (PSB), com 96,81% das urnas apuradas. Góes já governou o estado duas vezes.

Em 2010, logo depois de deixar o cargo para concorrer ao Senado, Góes foi preso pela Polícia Federal, acusado de desviar recursos públicos. No ano passado, foi inocentado pelo Superior Tribunal de Justiça, que entendeu não haver provas suficientes contra ele. Natural de Gurupá, tem 57 anos.

Política

Helder Barbalho é eleito governador no Pará

Informações da Agência Brasil

Com 90.54% das urnas apuradas, o candidato Helder Barbalho (MDB) foi eleito governador do Pará, com 55,24% dos votos válidos. Seu adversário, Marcio Miranda (DEM), está com 44,76%.

Os votos brancos somam 1,97% e os nulos, 9,68%. Até o momento, a abstenção registrada é 23,21%.

Política

TRE-RN informa que resultado será divulgado até 20h; seis pessoas já foram presas no RN

TRE-RN INFORMA: BOLETIM DAS 16h00

Fonte: Ascom TRE-RN

Encerramento da votação
O presidente do TRE-RN, Glauber Rêgo, acompanhado dos membros da corte eleitoral e da Procuradora Regional Eleitoral, Cibele Benevides, encerra às 17h00 a sessão que esteve aberta ao longo do dia neste segundo turno. Não foi preciso realizar nenhuma deliberação para tomada de decisões. A sessão ocorre no Plenário da sede, localizado na Av. Rui Barbosa, nº 215, Tirol. Em seguida, começará o processo de apuração dos votos.

Apuração
O juiz eleitoral e membro da corte, André Pereira, é o presidente da Comissão Apuradora do TRE-RN e irá acompanhar o processo de apuração direto do Plenário da Justiça Eleitoral. A previsão é que todos os resultados sejam divulgados até às 20h00.

Tudo pronto!
A Secretaria de Tecnologia da Informação preparou para o segundo turno do pleito 204 pontos de transmissão descentralizados para agilizar o processo de apuração. O Plenário da sede está equipado com telas de divulgação para que os resultados sejam lançados à imprensa à medida que os votos sejam contabilizados.

Acompanhe a apuração
A Justiça Eleitoral disponibiliza o aplicativo Resultados para que o eleitor possa acompanhar a apuração dos votos. Além disso, os resultados também pode ser checados no site do TER-RN: www.tre-rn.jus.br

Ocorrências policiais
De acordo com a última atualização (16h00) da Corregedoria Regional Eleitoral, foram registradas oficialmente 07 ocorrências ao longo deste segundo turno, com um total de 06 pessoas presas. Os casos aconteceram nos seguintes municípios: Lagoa D’Anta, Mossoró, Parnamirim, Passagem, Serrinha e Várzea. Os motivos variaram entre boca de urna, transporte ilegal de eleitores e outros motivos (desordem).

Urnas substituídas
Até o momento (16h00), faltando uma hora para o encerramento da votação, a Justiça Eleitoral contabilizou 88 ocorrências relacionadas às urnas, das quais apenas 46 precisaram de substituição das máquinas.

Energia restabelecida
O caso de falta de energia no município de Monte das Gameleiras já foi solucionado às 15h00, sem maiores transtornos para a continuidade da votação.

Política

Carlos Eduardo vota ao lado da mulher e filhos

O candidato do PDT ao Governo do RN, Carlos Eduardo (PDT), votou às 16h no Colégio Atheneu.

Carlos Eduardo estava acompanhado da mulher Andréa Ramalho e dos filhos Cadu e Sofia.

Em declaração à imprensa, o candidato disse que “vencendo a eleição estou preparado para Governar o RN”.

Política

Dois mesários sofrem infarto e morrem no Rio de Janeiro

Da Agência Brasil

Um segundo mesário sofreu um infarto e morreu durante o 2º turno das eleições para governador e presidente no estado do Rio de Janeiro. Pouco antes das 15h de hoje (28), a diretora-geral do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), Adriana Brandão, confirmou a informação. Pela manhã, um mesário também morreu no estado.

A segunda morte foi no Tijuca Tênis Clube, na zona norte do Rio, onde Andreia Cristina Duarte Gouveia passou mal e foi socorrida pela unidade de pronto atendimento do bairro. Ela era mesária da Seção 140, tinha 51 anos e sofreu um infarto.

Mais cedo, o TRE havia informado que o mesário João Carlos Félix, de 50 anos, também morreu vítima de um ataque cardíaco. Ele trabalhava na 156ª zona eleitoral, localizada no Centro Federal de Educação Tecnológica de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.