Política

PSB poderá lançar Araken Farias candidato ao Governo do RN

O Partido Socialista Brasileiro (PSB), presidido no Estado pelo deputado federal Rafael Motta, começa a se articular nos bastidores para as eleições de 2018 no RN. 

E poderá lançar o advogado Araken Farias como candidato ao Governo do Estado. 

O atual vereador de Natal, Franklin Capistrano, também vem sendo estimulado pela cúpula Estadual a disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa. 

Política

Fernando Bezerra elogia Rogério Marinho e aposta em cinco nomes para renovação política do RN

Em entrevista à edição impressa desta Tribuna do Norte, o ex-senador Fernando Bezerra criticou a bancada federal do RN, com exceção apenas do deputado federal Rogério Marinho (PSDB), a quem rendeu elogios.

Sobre a perspectiva de renovação na política potiguar, Bezerra, que foi líder no Congresso nos Governos de Fernando Henrique Cardoso e Lula, citou nomes como o desembargador Cláudio Santos e os empresários Marcelo Alecrim, Antônio Gentil, Tião Couto, e Flávio Rocha.

Política

Tião Couto cumpre agenda de pré-candidato a governador em Natal

O empresário mossoroense Tião Couto (PSDB) passou a semana em Natal, mantendo conversas políticas e se reunindo com a classe empresarial, já se comportando como pré-candidato ao Governo em 2018. 

Tião esteve com o deputado federal Rogério Marinho (PSDB); o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB); o presidente estadual do PR, João Maia; o desembargador Cláudio Santos; o presidente da FIERN, Amaro Sales; o presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz; o empresário Toinho da Ster Bom e ainda visitou a sede desta Tribuna do Norte. 

Política

Fátima Bezerra poderá disputar o Governo tendo Zenaide e Fábio Dantas como candidatos ao Senado 

Nos bastidores da política potiguar já é dada como certa a chapa formada pela senadora Fátima Bezerra (PT), disputando o Governo, e a deputada federal Zenaide Maia (PR), disputando o Senado. 

Um grupo articula para o outro senador ser o atual vice-governador Fábio Dantas (PCdoB). 

Os defensores dessa chapa acreditam que a afinidade nacional entre PT e PCdoB é determinante para a aliança local. 

Resta saber o partido que se filiará a deputada Zenaide, que estava de mala prontas para o PMB, mas poderá desembarcar em uma legenda maior juntamente com o marido Jaime Calado.  

Política

Presidente do PSDB de Natal defende que partido tenha candidatura ao Governo do Estado

Reeleito, em maio passado, presidente do diretório do PSDB de Natal, o vereador Dickson Nasser Júnior defende candidatura própria do partido ao Governo do Estado nas eleições do próximo ano. A posição foi externada na manhã desta terça-feira, 04, em entrevista ao Jornal 96 da 96 FM de Natal.

“O PSDB tem que ter candidato majoritário”, declarou. O líder tucano municipal ressaltou a existência de bons nomes nos quadros da legenda, como do deputado federal Rogério Marinho, que, segundo ele, foi fundamental no crescimento da legenda no estado, ou do novo dirigente estadual, o presidente da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Ezequiel Ferreira, ou ainda do empresário mossoroense Tião, que se destacou nas eleições municipais passadas.

“Acho que é o momento do PSDB contribuir. Não podemos participar do processo apenas indicando vice ou suplente de senador”, observou, destacando que todas as legendas deveriam apresentar candidaturas majoritárias para tornar o processo eleitoral mais democrático.

Sobre o plano nacional, o dirigente municipal defende a renúncia de Aécio Neves da presidência, deixando a legenda livre pra atuar melhor.

Para a eleição presidencial, Dickson defende nomes como do prefeito de São Paulo, João Doria, e do governador paulista, Geraldo Alckmin.

z

Política

Walter Alves diz acreditar na inocência de Henrique e afirma que reeleição de Garibaldi é prioridade do PMDB em 2018

Em entrevista à Rádio Rural de Caicó, o deputado federal Walter Alves, presidente estadual do PMDB, disse acreditar na inocência do ex-ministro Henrique Eduardo Alves. 

Declarou ainda que a prioridade do PMDB para 2018 no RN é a reeleição do senador Garibaldi Filho, que em 2010 foi eleito com mais de um milhão de votos. 

Política

PSOL terá candidaturas majoritárias e proporcionais em 2018

O PSOL no Rio Grande do Norte articula o lançamento de candidaturas majoritárias e proporcionais nas eleições de 2018. A agremiação trabalha para ter candidaturas próprias ao Governo do Estado, Senado, Câmara Federal e Assembleia Legislativa.

A agremiação socialista deverá lançar um manifesto sobre as próximas eleições até meados de setembro a outubro desse ano. Para o governo, o nome que desponta nas discussões é o do médico Salomão Gurgel, prefeito de Janduís por três mandatos, ex-deputado federal e ex-secretário de saúde de Natal.

Política

Rede anuncia que terá candidatos ao Governo e Senado no RN

A Rede Sustentabilidade no Rio Grande do Norte articula e prepara sua militância para disputa eleitoral do ano que vem. De acordo com Freitas Júnior, Porta-Voz, existe a possibilidade de lançar candidaturas para Assembleia Legislativa, para a Câmara dos Deputados, Governo e Senado. “Aqui no RN queremos construir um campo com partidos, candidatos e forças da sociedade que represente uma alternativa aos modelos políticos atrasados, mas ao mesmo tempo que seja uma alternativa independente e que possua compromisso com a ética, traga nomes com a ficha limpa e com a sustentabilidade”, afirmou Freitas.

Entre os possíveis nomes que podem entrar na disputa ao Senado aparece, João Napoleão, ex-candidato a vereador em 2016. Entre as mulheres existe a possibilidade de Francisca Oliveira Filha, Porta-Voz do partido em Parnamirim com intenção de candidatura para Assembleia Legislativa. Outros nomes devem surgir das possíveis alianças na Capital e no interior do Estado.

A Rede vai realizar seminários temáticos que vão ajudar na elaboração de um programa de desenvolvimento para o RN.

rederederede

Política

Quatro governadoráveis já no RN

Ninguém se iluda e nem se engane que o povo não está ligado em política e discutindo o tabuleiro das eleições de 2018. 

Pelo interior já se comenta em quatro nomes que poderão disputar o Governo do Estado: o Prefeito Carlos Eduardo (PDT), o desembargador Cláudio Santos, a senadora Fátima Bezerra (PT) e o empresário Tião Couto (PSDB). 

Resta saber ainda se o Governador Robinson Faria (PSD) disputará a reeleição ou renunciará ao cargo entregando ao vice Fábio Dantas (PCdoB), para ser candidato à Câmara dos Deputados ou Assembleia Legislativa e ter a garantia de um foro provilegiado, já que foi citado em duas delações premiadas (Odebrecht e JBS) da Operação Lava Jato e será investigado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), por determinação do Ministro Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). 

Política

Agripino bem recebido no interior

O senador José Agripino Maia (DEM), que disputará a reeleição em 2018, colocou o pé na estrada a partir do último fim de semana. 

Esteve nos festejos juninos de Assu e Monte Alegre, onde foi bem recebido e cumprimentado. 

Política

Bibi Costa: “Cláudio Santos é um nome com condições de tirar o RN da calamidade que chegou”

O nome do desembargador Cláudio Santos para Governador em 2018, começa a ganhar simpatia pelo interior do Rio Grande do Norte.

Ex-prefeito de Caicó, Bibi Costa defendeu em conversa com o Blog de Marcos Dantas, o nome de Cláudio Santos para a disputa.

“É hoje, sem dúvida nenhuma, um dos nomes com condições de tirar o nosso Estado da situação de calamidade que chegou. Dr. Cláudio já provou que tem competência e firmeza para estar à frente de uma responsabilidade como é a de governar um Estado como o nosso”, disse Bibi.

z

Política

Pré-candidata ao Senado, Zenaide Maia intensifica agenda no interior

A deputada federal Zenaide Maia (ainda no PR) passou o fim de semana cumprindo uma intensa agenda política. Começou visitando o município de Touros, onde se reuniu com lideranças políticas, participou ainda do 32º Congresso Estadual dos Petroleiros e Petroleiras do RN.

Ainda participou de arraiás em São Gonçalo do Amarante, festa de aniversário e foi ao município de Monte Alegre, no Agreste, para Missa de Pentecostes celebrada na Igreja de Nossa Senhora da Penha.

Zenaide não será candidata à reeleição e vai para a disputa de uma cadeira no Senado Federal. Em seu lugar, seu candidato o irmão João Maia, presidente estadual do PR.

z

Política

João Maia afirma que disputará mandato de deputado federal em 2018

Presidente Estadual do PR, o economista João Maia afirmou em entrevista à Rádio Rural de Parelhas que em 2018 será candidato a deputado federal. 

João já exerceu por dois mandatos consecutivos o mandato e em 2014 apoiou a irmã Zenaide para a sua cadeira. 

Em 2018, João retornará a disputa da Câmara e Zenaide já adiantou que não disputará com o irmão, podendo ser candidata a outro cargo. 

Política

Lula quer Doria e Bolsonaro como adversários em 2018

O ataque feito pelo ex-presidente Lula ao prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB) e ao deputado Bolsonaro (PSC-RJ) foi estratégico. 

Ao mesmo tempo em que fortalece Doria internamente no PSDB, lhe escolhe como adversário. 

Já Bolsonaro é pré-candidato natural à Presidência. E Lula não enxerga como adversário à altura de lhe causar medo. 

Nos próximos meses, o ex-presidente vai visitar Estados do Nordeste, região do Brasil onde sua força é maior. 

Política

Ao atacar Doria, Lula lhe fortalece para 2018

Em discurso no Congresso Nacional do PT, o ex-presidente Lula fez críticas à imprensa e ainda ao prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB) e ao deputado Bolsonaro (PSC-RJ), deus prováveis adversários em 2018. 

Enfaticamente contra Doria: “Um coxinha ganhou as eleições em São Paulo se fazendo passar por ‘João Trabalhador’. Se alguém encontrar com ele pergunte se já teve uma carteira assinada na vida”.

Por meio de suas redes sociais, o prefeito de São Paulo exibiu a sua carteira de trabalho e chamou Lula de mentiroso, covarde e desinformado.

O ex-presidente está fortalecendo Doria para 2018. Lhe criticando, o prefeito de São Paulo ganha força dentro do próprio PSDB, onde o Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, também deseja a disputa presidencial. 

Política

Pesquisa Vox Popoli aponta que Lula seria eleito Presidente em 2018 no 1º turno

Se as eleições presidenciais fossem hoje, o ex-presidente Lula seria eleito em primeiro turno em todos os cenários pesquisados, mostra pesquisa CUT/Vox Populi, realizada entre os dias 6 e 10 de abril.

Lula tem de 44% a 45% dos votos válidos contra 32% a 35% da soma dos adversários nos três cenários da pesquisa estimulada. São os votos válidos, excluídos os nulos, em branco e abstenções, que valem para definir o resultado das eleições.

Na comparação com Aécio (13% em dezembro e 9% em abril), Lula subiu de 37% em dezembro para 44% em abril. Jair Bolsonaro (PSC-RJ) subiu de 7% para 11% das intenções de voto. Marina se manteve com 10% e Ciro Gomes (PDT-CE) os mesmos 4%. A soma dos adversários é de 34% dos votos válidos, os únicos contabilizados pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Na comparação com Alckmin (10% em dezembro e 6% em abril), Lula sobe para 45% contra 38% em dezembro. Bolsonaro subiu de 7% para 12%. Marina caiu de 12% para 11% e Ciro de 5% para 4%. A soma dos adversários é de 33% das intenções de votos.

Na comparação com Doria, Lula tem 45% das intenções de voto; Marina e Bolsonaro empatam com 11%; Ciro e Doria empatam com 5%; ninguém/ bancos/nulos têm 16%; não sabem/não responderam têm 7%. A soma dos adversários é de 32%.

Lula também vence no segundo turno

Nas simulações de segundo turno, Lula também vence todos os candidatos. Se as eleições fossem hoje, Lula venceria Aécio Neves (PSDB-MG) por 50% a 17% das intenções de voto; Geraldo Alckmin (PSDB-SP) por 51% a 17%; Marina Silva (Rede-AC) por 49% a 19%; e João Doria (PSDB-SP) por 53% a 16%.

Política

Sandro Pimentel defende Salomão Gurgel como nome do PSOL para disputar Governo do Estado

O vereador Sandro Pimentel afirmou que irá defender, internamente, o nome do médico e ex-prefeito de Janduís, Salomão Gurgel, como o candidato do PSOL ao governo do Rio Grande do Norte. “É um nome conhecido e respeitado no estado e é o meu candidato”, sinalizou.

O parlamentar destaca que o partido toma suas decisões baseadas no processo democrático e que essas discussões serão feitas no tempo apropriado, mas destaca que, enquanto representante do partido, como qualquer outro filiado, tem o direito de defender o nome que ele entenda ser o melhor atualmente para cumprir essa tarefa. “E o nome de Salomão é o que melhor pode representar o partido nesse momento”, finalizou.

Salomão já foi candidato a governador em 1990. Em 1994 concorreu ao mandato de senador pelo PSB, ficando em 5° lugar. Assumiu uma cadeira como suplente na Câmara Federal em 2001.

Salomão Gurgel

                                                                                         Salomão Gurgel

Política

Zenaide afirma que não disputará a reeleição se João Maia for candidato a Federal 

A deputada federal Zenaide Maia, que está prestes a deixar o PR, afirmou nesta segunda-feira (03), ao Jornal da Rádio Rural, apresentado por Marcos Dantas, que não disputará a reeleição se o irmão João Maia se candidatar novamente ao cargo. 

Decisão correta e sensata da deputada, que foi a candidata do irmão quando decidiu disputar a vaga de vice-governador. 

Zenaide considera a possibilidade de disputar o Senado Federal. 

Zenaide e João Maia

Política

Lula afirma a aliados que vai se candidatar em 2018

Da Revista Veja

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva avalia que a Lava Jato causará impacto em “todos os partidos” e diz agora que o que chama de “exageros” da operação, somados ao desemprego e à crise econômica, tendem a produzir um movimento “queremista” por sua volta ao poder.

Pela primeira vez desde que virou réu na Lava Jato, Lula começou a chamar aliados para detalhar seus planos e admitir a intenção de disputar o Palácio do Planalto, tendo o comando do PT como ponto de apoio para ganhar mais visibilidade.

“Para vocês posso dizer: eu serei candidato à Presidência da República”, afirmou ele à deputada Luciana Santos (PE), que comanda o PCdoB, e também a Orlando Silva (SP). A conversa ocorreu na segunda-feira passada, em São Paulo.

Foto: Divulgação