Natal

Presidente da ABIH-RN defende que bancada mantenha emenda para Natal

O trade turístico entrou na briga em defesa da emenda que foi cortada pela bancada federal para a revitalização da Praia da Redinha.

José Odécio, presidente da Associação Brasileira da Indústria dos Hotéis (ABIH-RN), definiu como “um equívoco” da bancada “não enxergar no Turismo uma alternativa para gerar emprego e renda de forma mais rápida”. “Retirar os recursos da emenda para a Redinha prejudica o Estado e Município porque gerar emprego e renda é a forma de gerar recursos também para a manutenção das políticas públicas nas áreas de Educação, Saúde e Segurança”, acrescentou o dirigente empresarial ao Jornal Tribuna do Norte.

Para José Odécio, o projeto do Terminal Turístico apresentado pela Prefeitura de Natal ajudaria a impulsionar não apenas o lado econômico, mas também o social da área. “Natal precisa de novos projetos turísticos e o projto da Prefeitura de urbanizar a Redinha e seu mercado, com a tradição da ginga com tapioca, implica num produto turístico importante e também num atrativo para os moradores da cidade”, aponta o presidente da ABIH-RN, que disse ainda esperar que os deputados e senadores potiguares revejam o corte da emenda.

Natal

Deputados e vereadores engrossam tom das críticas pela retirada de emenda para Natal

Aumenta o quórum de representantes políticos locais que criticam a bancada federal pela retirada da emenda que possibilitaria a Prefeitura de Natal revitalizar a Praia da Redinha.

Depois do vereador Luiz Almir, que iniciou pelo microfone da 96 FM, as críticas partiram dos deputados Eudiane Macedo e Ubaldo Fernandes. E também dos vereadores Nina Souza e Kleber Fernandes.

“Por que eles escolheram logo retirar a zona Norte sempre tão esquecida pelo poder público? Por que a Redinha não pode ter esse direito?”, questionou Eudiane ao blog de Thaisa Galvão, lembrando que a emenda de 24 milhões foi garantida pela bancada ao prefeito de Natal, Álvaro Dias.

“A bancada não foi correta com a capital. A Redinha amanheceu triste hoje. A população da Redinha está decepcionada com sua bancada que eliminou a emenda que eles mesmos haviam garantido”, disse Ubaldo.

Nina Souza fez um pronunciamento e foi direta: “É inaceitável o que fizeram com Natal e com a Redinha”.

“O povo natalense foi apunhalado pelas costas por nossa bancada federal. O que estes parlamentares mostraram foi uma imensa falta de compromisso e uma total irresponsabilidade com a nossa capital, que tem no turismo sua principal atividade econômica. Lamentavelmente com essa atitude de alguns deputados e senadores, Natal não terá a condição de implementar e efetivar a construção do novo Terminal Turístico da Redinha que, não tenho dúvidas teria condições de operar grandes e importantes transformações econômicas e sociais naquela parte da cidade”, desabafou Kleber.