Poder

PF faz operação contra exploração sexual de crianças no RN

A Polícia Federal participa hoje 04/9, da 5ª fase da Operação Luz na Infância, deflagrada sob a coordenação do Ministério da Justiça e Segurança Pública – MJSP, com o objetivo de identificar autores de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet.

Cerca de 80 policiais federais dão cumprimento a 17 mandados de busca e apreensão nos estados do Paraná, Santa Catarina, Amazonas, Amapá, Maranhão, Alagoas, Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro.

No total da Operação, 656 policiais, em 11 estados brasileiros e, ainda, nos Estados Unidos, Panamá, Paraguai, Chile, Equador e El Salvador atuam nas buscas decretadas contra 105 alvos, cumprindo mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual praticados contra crianças e adolescentes.

A operação está sendo coordenada a partir do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional – CICCN, em Brasília/DF.

Será concedida entrevista coletiva pelos órgãos envolvidos na ação, às 10:30 h., na Sala de Imprensa T10 do Ministério da Justiça.

ALVOS POR ESTADO (mandados cumpridos pela PF):

Paraná: 03 (Curitiba 01, Apucarana 01 e Londrina 01);
Santa Catarina: 01 (Tijucas);
Amazonas: 01 (Manaus);
Amapá: 01 (Macapá);
Maranhão: 05 (São Luis);
Alagoas: 03 (Maceió);
Rio Grande do Norte: 02 (Natal)
Rio de Janeiro: 01 (Rio de Janeiro)

Sem categoria

Campanha internacional “Não Desvie o Olhar” contra a exploração sexual infanto-juvenil será lançada em Natal

Destinada à sensibilização e mobilização contra a exploração sexual infanto-juvenil durante a Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014, a campanha internacional “Não Desvie o Olhar” terá seu lançamento oficial em Natal no próximo dia 12 de maio, às 8 horas, no auditório do Ministério Público do Trabalho, com a presença do prefeito Carlos Eduardo.

A campanha atua em 17 países e, no Brasil, será realizada nas 12 cidades-sede da Copa, com o envolvimento de atores públicos, privados e da sociedade civil que trabalham na temática, tendo a coordenação da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e do Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (SESI).