Política

Programa de Desenvolvimento do Semiárido pode gerar 8 milhões de empregos

Presidente da Frente Parlamentar Mista em Prol do Semiárido, o deputado federal General Girão (PSL-RN) é um defensor do Programa de Desenvolvimento do Semiárido (PDS), que pode culminar na geração de até 8 milhões de empregos.

O parlamentar tem se reunido com Ministros para tratar sobre o tema, que envolve a implantação de mais de 1,6 milhão de hectares irrigados no vale do São Francisco, a viabilização da hidrovia do Rio São Francisco, o aproveitamento de minerais na produção de insumos agrícolas e construção civil, na revitalização dos centros de lapidação e artesanato mineral, e outras medidas ligadas à extração mineral.

Outras medidas são voltadas para o agro, saneamento, educação e meio ambiente: prioridade ao ensino básico e implantação de cursos profissionalizantes; ampliação dos serviços de saúde e saneamento básico; difusão da tecnologia de criação de peixes em canais e reservatórios; estímulo ao desenvolvimento do artesanato local como do turismo; e promoção de projetos de verticalização da produção.

Girão

Política

Prefeito de Caicó agradece emenda de Girão para Saúde

Em entrevista ao radialista Luciano Vale, no programa A Hora do Povo, nesta quinta-feira (02), o prefeito de Caicó, Robson de Araújo (Batata) anunciou que recebeu a informação de que o deputado federal, general Girão destinou para o Município de Caicó, através de emenda parlamentar, os recursos na ordem de 538 mil reais que serão utilizados para a área de saúde e a expectativa é que o dinheiro entre na conta da prefeitura até o próximo sábado.

De acordo com o prefeito Batata, os recursos vão ajudar muito para a compra de insumos, medicamentos e equipamentos para o setor de saúde do Município de Caicó.  “Em nome da população de Caicó agradecemos ao deputado general Girão pela emenda com recursos destinados para a área de saúde nesse momento tão difícil em que vivenciamos a pandemia do novo Coronavírus”, disse o prefeito Batata.

Política

Nota da assessoria do General Girão

NOTA OFICIAL

A Assessoria de Comunicação informa que, por intermédio da imprensa, o Deputado Federal General Girão (PSL/RN) tomou conhecimento que está sendo investigado em inquérito promovido por determinação do Ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. Ainda pela imprensa, soube que está sendo acusado de financiar “manifestações antidemocráticas”, por intermédio de uma empresa de comunicação.
Sobre esse assunto, afirmamos que:

• todas as contratações foram realizadas em absoluto respeito às leis e à ética que sempre marcaram a vida do General Girão;

• a empresa em tela presta serviços relacionados à logomarca “General Girão”, à elaboração e manutenção do site www.generalgirao.com.br e à elaboração de relatórios diários de notícias (clipping analítico);

• todas as informações relativas a essa e outras contratações estão disponíveis para qualquer pessoa, no site da Câmara dos Deputados;

• o Deputado General Girão não financiou nenhuma manifestação, muito menos “antidemocrática”;

• em vídeo amplamente divulgado nas mídias sociais, o empresário contratado pelo Gabinete afirma que tampouco financiou quaisquer manifestações;

• o Deputado General Girão não concorda e nunca se manifestou a favor do fechamento do STF ou de eventual quebra da normalidade democrática;

• o Deputado General Girão participou, sim, de inúmeras manifestações absolutamente democráticas, ordeiras, pacíficas e legais, pedindo que seja respeitada a Constituição Federal, em especial no que se refere à harmonia e à independência entre os Poderes da República.

Esse inquérito e essas insinuações do STF configuram ato de arbitrariedade e totalitarismo — inconcebível e incompatível com o Estado Democrático de Direito — que agride frontalmente o art. 53 da Constituição Federal: “os Deputados e Senadores são invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos”.

O Deputado requereu ao Presidente da Câmara dos Deputados, no dia 17 de junho passado, um posicionamento a respeito dessa agressão ao Poder Legislativo, mas até o momento não obteve resposta.

Há dois dias foi requerido acesso aos autos do citado inquérito contra a “Liberdade de Expressão”, mas ainda não tivemos resposta.

Finalmente, a Deputado reafirma que tem a sua vida pautada pela Lei e pela Ética e que não recuará nenhum passo em defesa da Liberdade de Expressão, da Liberdade de Imprensa e da Democracia.

Brasília, DF, 19 de junho de 2020, às 19:00 horas.

Gabinete do Deputado Federal General Girão.

Política

Nota da assessoria do General Girão

NOTA OFICIAL

A Assessoria de Comunicação informa que, por intermédio da imprensa, o Deputado Federal General Girão (PSL/RN) tomou conhecimento que está sendo investigado em inquérito promovido por determinação do Ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. Ainda pela imprensa, soube que está sendo acusado de financiar “manifestações antidemocráticas”, por intermédio de uma empresa de comunicação.
Sobre esse assunto, afirmamos que:

• todas as contratações foram realizadas em absoluto respeito às leis e à ética que sempre marcaram a vida do General Girão;

• a empresa em tela presta serviços relacionados à logomarca “General Girão”, à elaboração e manutenção do site www.generalgirao.com.br e à elaboração de relatórios diários de notícias (clipping analítico);

• todas as informações relativas a essa e outras contratações estão disponíveis para qualquer pessoa, no site da Câmara dos Deputados;

• o Deputado General Girão não financiou nenhuma manifestação, muito menos “antidemocrática”;

• em vídeo amplamente divulgado nas mídias sociais, o empresário contratado pelo Gabinete afirma que tampouco financiou quaisquer manifestações;

• o Deputado General Girão não concorda e nunca se manifestou a favor do fechamento do STF ou de eventual quebra da normalidade democrática;

• o Deputado General Girão participou, sim, de inúmeras manifestações absolutamente democráticas, ordeiras, pacíficas e legais, pedindo que seja respeitada a Constituição Federal, em especial no que se refere à harmonia e à independência entre os Poderes da República.

Esse inquérito e essas insinuações do STF configuram ato de arbitrariedade e totalitarismo — inconcebível e incompatível com o Estado Democrático de Direito — que agride frontalmente o art. 53 da Constituição Federal: “os Deputados e Senadores são invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos”.

O Deputado requereu ao Presidente da Câmara dos Deputados, no dia 17 de junho passado, um posicionamento a respeito dessa agressão ao Poder Legislativo, mas até o momento não obteve resposta.

Há dois dias foi requerido acesso aos autos do citado inquérito contra a “Liberdade de Expressão”, mas ainda não tivemos resposta.

Finalmente, a Deputado reafirma que tem a sua vida pautada pela Lei e pela Ética e que não recuará nenhum passo em defesa da Liberdade de Expressão, da Liberdade de Imprensa e da Democracia.

Brasília, DF, 19 de junho de 2020, às 19:00 horas.

Gabinete do Deputado Federal General Girão.

Política

Nota da assessoria do General Girão

NOTA OFICIAL

A Assessoria de Comunicação informa que, por intermédio da imprensa, o Deputado Federal General Girão (PSL/RN) tomou conhecimento que está sendo investigado em inquérito promovido por determinação do Ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. Ainda pela imprensa, soube que está sendo acusado de financiar “manifestações antidemocráticas”, por intermédio de uma empresa de comunicação.
Sobre esse assunto, afirmamos que:

• todas as contratações foram realizadas em absoluto respeito às leis e à ética que sempre marcaram a vida do General Girão;

• a empresa em tela presta serviços relacionados à logomarca “General Girão”, à elaboração e manutenção do site www.generalgirao.com.br e à elaboração de relatórios diários de notícias (clipping analítico);

• todas as informações relativas a essa e outras contratações estão disponíveis para qualquer pessoa, no site da Câmara dos Deputados;

• o Deputado General Girão não financiou nenhuma manifestação, muito menos “antidemocrática”;

• em vídeo amplamente divulgado nas mídias sociais, o empresário contratado pelo Gabinete afirma que tampouco financiou quaisquer manifestações;

• o Deputado General Girão não concorda e nunca se manifestou a favor do fechamento do STF ou de eventual quebra da normalidade democrática;

• o Deputado General Girão participou, sim, de inúmeras manifestações absolutamente democráticas, ordeiras, pacíficas e legais, pedindo que seja respeitada a Constituição Federal, em especial no que se refere à harmonia e à independência entre os Poderes da República.

Esse inquérito e essas insinuações do STF configuram ato de arbitrariedade e totalitarismo — inconcebível e incompatível com o Estado Democrático de Direito — que agride frontalmente o art. 53 da Constituição Federal: “os Deputados e Senadores são invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos”.

O Deputado requereu ao Presidente da Câmara dos Deputados, no dia 17 de junho passado, um posicionamento a respeito dessa agressão ao Poder Legislativo, mas até o momento não obteve resposta.

Há dois dias foi requerido acesso aos autos do citado inquérito contra a “Liberdade de Expressão”, mas ainda não tivemos resposta.

Finalmente, a Deputado reafirma que tem a sua vida pautada pela Lei e pela Ética e que não recuará nenhum passo em defesa da Liberdade de Expressão, da Liberdade de Imprensa e da Democracia.

Brasília, DF, 19 de junho de 2020, às 19:00 horas.

Gabinete do Deputado Federal General Girão.

Política

STF quebra sigilo de parlamentares; Deputado do RN diz que sua vida é pautada pela Lei e pela Ética

Segundo a CNN, a pedido da Procuradoria-Geral da República, o Ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a quebra do sigilo de dez deputados federais e um senador, para investigar possível ligação com atos que eles dominam de “antimocráticos”.

São eles os deputados federais Alê Silva (PSL-MG), Aline Sleutjes (PSL-PR), Bia Kicis (PSL-DF), Cabo Junio Amaral (PSL-MG), Caroline de Toni (PSL-SC), Carla Zambelli (PSL-SP), Daniel Silveira (PSL-RJ), General Girão (PSL-RN), Guiga Peixoto (PSL-SP) e Otoni de Paula (PSC-RJ); e o senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ).

Nota do General Girão

Gen Girão

Política

Chuva de Balas e de Cidadania

Artigo do General Girão

Transcorria o ano de 1927 e Mossoró, com mais de 20 mil habitantes, destacava-se como a mais expressiva e dinâmica cidade interiorana do Rio Grande do Norte. O parque salineiro, a agroindústria algodoeira, as peles e a cera de carnaúba impulsionavam a economia e atraíam a instalação de repartições públicas federais e estaduais, agências bancárias, escolas, jornais e lojas comerciais.

Tudo isso despertou a cobiça de Lampião, o grande terror dos sertões, o bandido mais temido de toda a história do Nordeste, que por onde passava deixava um rastro de destruição e terror. Após reunir expressivo contingente de bandidos e fazer refém o Coronel Antônio Gurgel — pessoa de posse e influente na cidade —, lançou um ultimatum ao prefeito Rodolfo Fernandes, exigindo vultuosa soma para livrar a cidade de um iminente e avassalador ataque.

O cangaceiro não contava, contudo, com a bravura e a altivez dos mossoroenses, que tomaram para si a defesa da cidade. Idosos, mulheres e crianças foram retirados, ao tempo em que voluntários de todas a classes sociais recebiam armas, montavam barricadas e ocupavam pontos estratégicos.

Por volta das 16 horas do dia 13 de junho, dia de Santo Antônio, o temível bando de Lampião entrou em Mossoró e foi recebido com uma “chuva de balas”. A luta foi renhida e durou pouco tempo. Ao final, prevaleceu a coragem dos mossoroenses, impondo ao facínora cangaceiro a sua maior derrota.

Hoje, passados 93 anos, são outros os inimigos e os perigos. Não me refiro somente ao coronavírus e sua decorrente pandemia, que ceifa preciosas vidas em todo o mundo. Os potiguares, de modo geral, têm sido assolados por um governo estadual inepto, marcado pelo imobilismo e pela má gestão. Como decorrência, tem sido pífio o apoio da governadora à população de Mossoró, em meio à grave crise da Covid-19

Trata-se de um novo cangaço, o cangaço destrutivo da improficiente administração pública estadual, que mata por omissão os cidadãos doentes e matará muitos mais pela destruição sistemática e proposital da economia, fazendo tudo para transformar nosso Estado em uma pequena Venezuela. Nossa convicção e esperança é que os bravos mossoroenses — descendentes daqueles que venceram o bando de Lampião — sabedores dessa conjuntura, aliem-se a todos os potiguares nessa nova luta.

Em 1927, Lampião e seu bando foram recebidos com uma “chuva de balas”. A partir de agora, o PT e seus aliados bandidos serão recebidos, nas próximas manifestações pela democracia e pelo Estado de Direito, com uma torrencial “chuva de cidadania consciente”, de modo a serem, para sempre, alijados da vida pública.

Política

Álvaro, Nina e Girão: unidos em prol do San Vale e Parque das Colinas

Uma das bandeiras de luta do mandato da vereadora Nina (PDT), os loteamentos San Vale e Parque das Colinas receberam uma boa notícia nesta sexta-feira (22).

A parlamentar e o deputado federal General Girão (Sem Partido) estiveram reunidos com o prefeito de Natal, Álvaro Dias.

Na ocasião, o secretário de Obras Públicas e Infra-Estrutura de Natal, Tomaz Neto, apresentou o Projeto de Drenagem, Manejo de Águas e Pavimentação da Bacia dos Loteamentos.

Segundo levantamento da SEMOV, os recursos necessários para a execução giram no patamar de 126 milhões de reais e incluem, além de drenagem e pavimentação, construção de 07 lagoas de captação.

Esse é um pleito antigo pelo qual a vereadora batalha desde os seus primeiros dias de atividades na Câmara Municipal de Natal. “A população espera por essas melhorias há quase 30 anos. E agora, sendo uma prioridade do prefeito Álvaro Dias, seguiremos em busca de recursos federais para execução. Será um grande divisor de águas para Natal. Além de possibilitar uma melhor estrutura para os moradores, a obra também garantirá a valorização comercial dos imóveis”, enfatizou a parlamentar.

O deputado federal General Girão informou que levará o projeto para Brasília e buscará aporte junto aos ministérios, para promover a execução da obra. Inclusive, apontou a possibilidade do mesmo ser inserido no Plano Brasil, uma iniciativa do Governo Federal que tem como objetivo alavancar a economia do país e gerar emprego. “Como deputado federal, temos condições de mobilizar recursos e ações junto aos Ministérios, para que obras desse tipo possam ser realizadas em Natal. Esse projeto tem tudo para ser inserido no Plano Brasil”, apontou.

Política

“Salvemos as pessoas – do coronavírus e da recessão”, por General Girão

Artigo do deputado federal General Girão: 

Em tempos de pandemia, nos sentimos como uma criança que acabou de aprender a falar e andar, mas não pode sair de casa, nem fazer as suas vontades. Os governos, quase todos, falam que estamos em guerra contra um inimigo invisível. Sim, é uma guerra, mas certamente muito longe do que passaram aquelas nações que, no século passado, vivenciaram duas Guerras Mundiais em seus territórios.

Entendemos que as necessidades e as prioridades mudam com o tempo. Assim, estamos admitindo que os impedimentos em relação ao COVID 19 — tais como sairmos de casa, viajarmos e estarmos aglomerados em ambientes abertos ou fechados — soam parecido com o estampido de tiros, morteiros ou granadas em nossos ouvidos.

Estamos aprendendo coisas novas todos os dias, em relação ao coronavírus, seja em âmbito nacional, seja entendendo o que se passa em outros países, cuja disseminação está cronologicamente mais avançada do que no Brasil. Já sabemos que é altamente contagioso; que é transmitido por contato direto; que é muito pouco letal em crianças, adolescentes e pessoas até 60 anos; que a letalidade aumenta conforme a idade e entre pessoas contaminadas que têm morbidades específicas, especialmente as relacionadas com o sistema respiratório.

Nesse quadro a opção de diversos estados e municípios tem sido pelo mais rigoroso isolamento horizontal, isto é, para todas as pessoas, paralisando praticamente todas as atividades econômicas e impedindo a livre circulação de bens e pessoas, inclusive contrariando o inciso XV do art. 5o de nossa Carta Magna, o qual indica que “é livre a locomoção no território nacional em tempo de paz”. Concordamos perfeitamente com as precauções voltadas para as vidas que poderão ser perdidas, mas você já se perguntou sobre as consequências? Donos de estabelecimentos pequenos, médios ou grandes poderão sobreviver por quanto tempo, se permanecerem fechados? Como os empregos serão mantidos? E aqueles locais e empreendimentos que sobrevivem do turismo, como irão se manter? E as fábricas de todos os portes, responsáveis por inúmeros empregos e produção de bens que serão utilizados por todos?

Todos procuram as melhores soluções, mas há claras divergências e muitas dúvidas sobre o que é melhor para a Nação, como um todo. O que fazer, então? Deus nos deu o conhecimento e a capacidade de interagir e argumentar para que, juntos, possamos encontrar saídas. Juntos, sim, porque nessa hora não adianta cor de partido político ou opção ideológica: o vírus é invisível e não tem os cinco sentidos.

Neste momento de crise, entendemos que é preciso que as maiores autoridades do Executivo e do Legislativo, valendo-se de especialistas nas diversas áreas relacionadas, reúnam-se para a tomada das mais difíceis decisões, abrangendo toda a Nação. A conjuntura clama por união e responsabilidade. Para tanto, a Constituição Federal dispõe de um instrumento, o Conselho da República, órgão superior de consulta do Presidente da República, integrado pelo Vice-Presidente da República, pelo Presidente da Câmara dos Deputados, pelo Presidente do Senado Federal, pelos líderes da maioria e da minoria na Câmara dos Deputados, pelos líderes da maioria e da minoria no Senado Federal, pelo Ministro da Justiça e por seis cidadãos brasileiros natos, com mais de trinta e cinco anos de idade, sendo dois nomeados pelo Presidente da República, dois eleitos pelo Senado Federal e dois eleitos pela Câmara dos Deputados. Além disso, outros Ministros de Estado poderão participar.

Compete ao Conselho da República pronunciar-se sobre “as questões relevantes para a estabilidade das instituições democráticas”, plenamente compatíveis com o momento que o País atravessa. Ou nos unimos na busca de soluções, ou vamos ficar nos agredindo e morreremos abraçados à nossa incapacidade de pensar e agir corretamente, na busca do melhor para a população brasileira.

Política

Coronavírus: General Girão recebe alta hospitalar e segue em isolamento domiciliar

COMUNICADO OFICIAL

A assessoria de imprensa informa que, na manhã de hoje, o Deputado Federal General Girão teve alta do Hospital Santa Lúcia, em Brasília, onde estava internado com um quadro resultante de coronavírus.

O General está clinicamente bem, não apresenta sintomas relevantes e, seguindo as recomendações médicas, permanece em casa, em regime de isolamento.

Brasília, DF, 24 de março de 2020.

Gabinete do Deputado Federal General Girão

Política

Coronavírus: General Girão é internado na UTI

A assessoria do deputado federal General Girão informa que o parlamentar está internado na UTI desde o domingo (22).

“Esclareço, ainda, que o deputado está bem e sem febre. É mais uma questão de zelo dos médicos pelo fato de ele ter sido submetido à cirurgia cardíaca no ano passado. Ele não tem nenhum problema de ordem respiratória”, ressalta a assessoria do deputado.

Segue o boletim hospitalar:

Política

General Girão está com Coronavírus

O deputado federal General Girão contraiu o Coronavírus, segundo informou a assessoria de imprensa do parlamentar.

O parlamentar apresenta somente um leve quadro febril e está seguindo rigorosamente as recomendações médicas, em isolamento domiciliar.

Na nota, a assessoria recomenda que todas as pessoas que tiveram contato com o General fiquem atentas aos sintomas e procurem orientação médica.

“E à toda a população, que adote os procedimentos de prevenção e proteção”, diz.

Política

Morre a mãe do General Girão

Faleceu em Fortaleza (CE) nessa quinta-feira (06), Dona Elita de Sousa Girão, 85 anos, mãe do deputado federal General Girão (PSL-RN).

O sepultamento ocorrerá na capital cearense nesta sexta-feira (07).

Política

Girão tem agenda no Seridó

O deputado federal General Girão cumpriu uma extensa agenda nessa quarta-feira (15) pela Região do Seridó.

Iniciou em Caicó acompanhando a visita de empresários chineses ao Alambique da Cachaça Samanaú, de propriedade de Dadá Costa. O prefeito Batata Araújo foi ao local receber a comitiva.

Ainda em Caicó, Girão se reuniu com empresários locais e apoiadores da criação do novo partido do presidente Jair Bolsonaro, o Aliança pelo Brasil.

E ainda foi a Timbaúba dos Batistas, se reunindo com prefeitos, vereadores e lideranças de vários municípios seridoenses,

Política

Prefeito Álvaro Dias e General Girão visitam escola municipal que será Cívico-Militar em 2020

O prefeito Álvaro Dias visitou, nesta sexta-feira (06), a Escola Municipal Professor Veríssimo de Melo, no bairro de Felipe Camarão, na zona Oeste de Natal. Acompanhado do deputado federal General Girão (PSL), de secretários municipais e representantes da Secretaria Municipal de Educação, o gestor da capital percorreu todo o estabelecimento de ensino, que se transformará, em 2020, na primeira escola Cívico-Militar do Rio Grande do Norte.

“Essa escola receberá um grande investimento e queremos que ela se torne modelo, não apenas para nosso estado, mas para o País”, enfatizou Álvaro Dias. O prefeito de Natal agradeceu o esforço do general Girão na obtenção dos recursos necessários para a implantação do projeto. “É importante que ele tenha ido junto, porque está ajudando muito na obtenção desses recursos”, comentou.

Álvaro Dias falou com funcionários, professores e alunos. Na sala do 9° ano, o prefeito fez questão de parabenizar aos professores e estudantes da escola que teve seis aprovados no exame de seleção do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN.

O prefeito de Natal agradeceu o esforço do general Girão na obtenção dos recursos necessários para a implantação do projeto. “É importante que ele tenha ido junto, porque está ajudando muito na obtenção desses recursos”, comentou.

Política

Audiência Pública discute atuação de hackers e a segurança das urnas eletrônicas

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado discute, hoje (26), às 16h30, em audiência pública, a atuação de hackers e a segurança das urnas eletrônicas nos pleitos eleitorais brasileiros. A audiência, requerida pelo Deputado Federal General Girão (PSL/RN), ocorrerá no Plenário VI da Câmara dos Deputados.

Conforme noticiado pelo TSE, pretende-se adquirir 180 mil urnas eletrônicas, com estimativa de R$ 700.000.000,00 (setecentos milhões de reais), para uso nas eleições dos pleitos municipais de 2020. Diante da atuação de criminosos travestidos de hackers, e a proximidade das eleições de 2020, com expectativa de que o TSE compre novas urnas, há extrema necessidade de se garantir meios para tornar mais segura as eleições.