Política

“Reforma da Previdência do Governo Fátima prejudica os aposentados e pensionistas”, denuncia Sindicato

O Sindicato dos Servidores da Administração Direta do Estado (SINSP-RN) já se posicionou contra a Reforma da Previdência proposta pelo Governo Fátima.

“Essa Reforma proposta pelo Governo Fátima vai prejudicar os aposentados e pensionistas”, afirma Janeayre Souto, presidente do Sindicato.

Janeayre explica que Aposentados e Pensionistas que recebem até R$ 5.800,00 passarão a pagar alíquota previdenciária de 11%, com exceção de quem ganha até um salário mínimo.

“Nós não vamos aceitar, nem concordar com esse absurdo”, finaliza Janeayre.

Estado

13° Salário: Sindicato diz que proposta do Governo do Estado para servidor fazer empréstimo “era uma operação de risco”

Segundo a presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Direta do Rio Grande do Norte, Janeayre Souto, a proposta feita pelo Governo do Estado aos servidores públicos de fazer um empréstimo junto a um banco para receber o 13° salário, se tratava de “uma operação de risco”.

Na reunião de ontem (08) com líderes sindicais, o Secretário de Administração e Finanças, Cristiano Feitosa, deixou claro que quem contrata o empréstimo é o servidor, e caso o Governo do Estado não venha a cumprir com o compromisso, o servidor será cobrado pela dívida.

“Com a negativa dos sindicatos, esperamos que o Governo não continue com esta proposta e efetue o pagamento do 13º, como é direito do trabalhador. Sobre a conclusão da folha de pagamento do mês de novembro, ainda não há previsão. Isto é, estamos de volta ao ponto zero”, afirma Janeayre.

Política

Sindicato cobra explicações ao Governo sobre cancelamento de contrato com empresa que administrava empréstimos consignados

Há mais de um mês o Governo do Estado cancelou o contrato que tinha com a empresa responsável por por administrar a margem consignada do funcionalismo público sem que outra empresa fosse contratada. Essa ação terminou impedindo que mais de 100 mil servidores ativos e inativos realizassem empréstimos e financiamentos bancários.

Diante da falta de informações e da falta de ação do governo em solucionar o problema, o Sindicato dos Servidores Estaduais da Administração Direta (Sinsp) protocolou essa semana um ofício cobrando sejam apresentadas explicações e uma solução. “Nós queremos apenas uma solução imediata para esse problema que atinge a todos os servidores. É um direito que nos foi tirado. Até quando o Governo vai penalizar os mais de 100 mil servidores e suas famílias?”, indagou Janeayre Souto, presidente do sindicato.

  

Diversos

Servidores do Estado denunciam condições de trabalho insalubres e danos a arquivos históricos‏

Os servidores estaduais da administração direta denunciaram esta semana o descaso do Governo do Estado com o Setor de Arquivo Geral da Secretaria de Educação (Seec), que está colocando provocando danos tanto à saúde dos trabalhadores, quanto aos documentos históricos armazenados.

De acordo com a inspeção feita pelo Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do Estado (Sinsp), foram encontradas várias irregularidades. Entre os pontos críticos das salas estão: deficiência de iluminação e ventilação; condições insalubres de trabalho com a presença de ratos, escorpiões, cobras e insetos; e falta de Equipamento de Proteção Individual (EPI).

“O servidor não tem condições de trabalhar em um ambiente como esses. Aliás, nem estrutura há para se trabalhar. Como que os servidores conseguirão prestar um serviço público de qualidade? E os arquivos amontoados prestes a serem danificados? É lamentável essa situação. Já denunciamos e vamos cobrar soluções porque só quem perde, no final, é o cidadão”, contou Janeayre Souto, presidente do Sinsp.

O Sindicato já protocolou o Ofício 029/15 relatando o caso com fotos e solicitando uma audiência com urgência com o titular da SEEC, o secretário Francisco das Chagas Fernandes, para tratar da rápida resolução do problema.

Foto: Cedida

ARQUIVO SEEC 2324 (2)

Política

Servidores do Estado vão se reunir para cobrar aumento ao governador Robinson Faria

Os servidores da administração direta do Estado se reúnem em assembleia na tarde desta terça-feira (10) para iniciar as discussões em torno dos avanços salariais para o ano de 2015. A Assembleia será às 14h, no auditório do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), na Cidade Alta.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Servidores da Administração Direta (Sinsp), Janeayre Souto, a categoria vai utilizar as palavras do próprio governador Robinson Faria que disse que o aumento não causaria impacto como argumento e que o movimento pode deflagrar greves.

“O reajuste é necessário para suprir a inflação e outros aumentos que consomem o salário do trabalhador. O próprio Robinson disse semana passada na imprensa que o aumento não causaria impacto. Quer dizer, temos um caminho bom para negociar. Agora, se o governador não resolver de forma consensual com a categoria, os servidores podem decidir tornar o movimento mais forte com paralisações e greves”, disse.

Foto: Assessoria

FIL_4193

Janeayre Souto