Política

Sem permitir imprensa, PT realiza convenção online restrita a filiados e define chapa puro-sangue em Natal

O Partido dos Trabalhadores do município de Natal oficializou o nome do senador Jean Paul Prates como candidato a Prefeito de Natal em convenção realizada nesta quarta-feira (16).

Jean Paul vai compor a chapa com a assistente social Elizabeth Lima, também do PT, militante do movimento de mulheres negras. Na ocasião também foram homologados o nome de 21 candidatos a vereadores e vereadoras.

O evento aconteceu online, sendo restrita a participação apenas aos filiados do partido, sem a nem da imprensa acompanhar.

Uma atitude nada democrática.

O encontro virtual reuniu na sala de um aplicativo de videochamada nomes que compõem o cenário local e nacional do Partido dos Trabalhadores, como a governadora Fátima Bezerra, os ex-presidentes Lula e Dilma, a presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, o ex-ministro Fernando Haddad, além dos senadores Humberto Costa  Jaques Wagner, Paulo Paim, Paulo Rocha e Rogério Carvalho.

Elizabeth e Jean

Política

Natália Bonavides vai coordenar campanha de Jean Paul à Prefeitura de Natal

A deputada federal Natália Bonavides anunciou, neste domingo, que aceitou o convite do senador Jean Paul Prates e vai assumir a coordenação política de sua campanha para a Prefeitura de Natal pelo PT.

Natália e Jean Paul já tiveram uma reunião para acertar os detalhes da pré-campanha e discutiram pontos importantes do plano de governo que está sendo elaborado.

Política

Senador Jean-Paul Prates é escolhido pelo PT como pré-candidato a Prefeito de Natal

Em reunião virtual, o Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de Natal deliberou na manhã deste sábado (01), indicar o nome do senador Jean Paul Prates como pré-candidato à Prefeitura de Natal.

Por 28 votos a 10, Prates disputou a indicação com o médico infectologista Alexandre Motta.

Prates afirmou que vai conciliar os trabalhos no senado com a campanha. Para ele, “os debates no plano nacional não podem ser deixados de lado. Tenho a mais absoluta certeza de que a nossa candidatura vai empolgar o eleitor de Natal logo de início. Vamos trazer propostas concretas de transformação da cidade em um espaço que possa ser apropriado por todos, com ferramentas modernas de gestão e um olhar para a cidade de um milhão de habitantes em que devemos nos transformar em breve.”

O Diretório também validou a nominata de pré-candidatos à. Câmara Municipal de Natal pelo PT.

Política

Proposta que prorroga dividas de pequenos proprietários rurais é aprovada no Senado

O Senado aprovou, nesta terça-feira, 25, o Projeto de Lei n° 1543/2020, que autoriza a prorrogação de dívidas rurais em decorrência da pandemia. A medida prorroga, por período mínimo de 12 meses, operações de crédito rural nas modalidades de comercialização, custeio e investimento formalizadas por contrato, individual, grupal ou coletivo.

Durante a votação, os parlamentares aceitaram uma emenda, sugerida pelo senador Jean Paul Prates (PT-RN), que acrescentou que todas as operações de créditos, no âmbito da Agricultura Familiar e da Reforma Agraria devem ser atendidas, independente da forma.

Para o senador Jean Paul, a prorrogação se faz necessária como uma das medidas a serem adotadas para reduzir os impactos sociais e econômicos ocasionados pela pandemia provocada pelo novo Coronavírus (Covid-19).

Política

Senador lança ferramentas para atender população pela internet durante a pandemia

O Senador Jean Paul Prates (PT) inaugura uma nova forma de relacionamento com a população. Nos últimos 40 dias, os debates e as votações têm acontecido pela internet em virtude das medidas de distanciamento social impostas pela pandemia de coronavírus.

Sua equipe criou um conjunto de plataformas tecnológicas já batizado de “Gabinete Virtual”. Essa estrutura representa a migração do escritório físico para um ambiente virtual. O atendimento pessoal ou a reunião presencial vão passar a acontecer virtualmente.

As portas de entrada para o Gabinete Virtual são: o site jeanpaulprates.com.br, o app RN.net, disponível nas lojas Android e IOS e o email virtual@senadorjpprates.com.br. Utilizando qualquer um desses canais de relacionamento, as pessoas podem encaminhar demandas , esclarecer dúvidas ou até mesmo marcar uma audiência pela internet com a equipe do Gabinete ou com o próprio Senador Jean Paul Prates.

Política

Senado aumenta número de beneficiários da Renda Mínima Emergencial

O Senado aprovou, nesta quarta-feira, a ampliação da renda mínima emergencial (PL 873/2020) para o enfrentamento da crise do coronavírus. Entre os avanços, a garantia de um teto de até R$ 1.200, para famílias monoparentais – onde um homem ou uma mulher sejam os únicos responsáveis pelo sustento da família.

Os senadores também ampliaram o universo de pessoas beneficiadas, com base no projeto, já aprovado pelo Congresso, estabelecendo o pagamento de um auxílio emergencial no valor de R$ 600, por três meses, a pessoas de baixa renda.

Ampliação do prazo

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) apresentou uma emenda ao projeto para garantir que o auxílio emergencial fosse pago durante toda a vigência do estado de calamidade pública reconhecido pelo Congresso em função da pandemia de coronavírus.

A emenda de Jean Paul, porém, não foi incorporada pelo relator do projeto apreciado na tarde desta quarta-feira, o senador Esperidião Amim (PP-SC).

Política

Jean-Paul Prates preside Grupo Parlamentar Brasil-Países Árabes

Nesta quinta-feira (5), o Grupo Parlamentar Brasil-Países Árabes elegeu o senador Jean Paul Prates (PT-RN) presidente e a deputada Angela Amin (PP-SC) vice-presidente da comissão executiva. O primeiro-secretário será o senador Weverton Rocha (PDT-MA). Já o conselho consultivo será formado pelo deputado Arnaldo Jardim (Cidadania-SP), como presidente, e o senador Paulo Rocha (PT-PA), como vice-presidente.

Também participaram da primeira reunião do grupo o presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), senador Nelsinho Trad (PSD-MS) e o decano do Conselho de Embaixadores de Países Árabes, embaixador Ibrahim Alzeben.

Nelsinho informou que, até o momento, 31 senadores e nove deputados já aderiram ao grupo parlamentar. Segundo ele, os termos de adesão continuarão disponíveis na secretaria da CRE e no site do Senado para os parlamentares que desejarem aderir.

Cooperação

Na ocasião, Ibrahim Alzeben destacou que o trabalho do grupo é muito importante, pois abre as portas necessárias para os canais de entendimento e de cooperação entre o Brasil e os países árabes.

— Em nome do Conselho de Embaixadores dos Países Árabes, expressamos o nosso compromisso com o grupo parlamentar para pavimentar todos os caminhos necessários para maior cooperação e maior entendimento. O que une o Brasil com o mundo árabe é uma história, uma comunidade e interesses mútuos, pelos quais vamos seguir trabalhando por um futuro promissor entre as duas nações — expressou o embaixador.

Fonte: Agência Senado

Da esq. para a dir.: embaixador Ibrahim Alzeben, do conselho de países árabes; presidente da CRE, Nelsinho Trad; presidente do grupo, Jean Paul Prates; e vice-presidente, Angela Amin - Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Da esq. para a dir.: embaixador Ibrahim Alzeben, do conselho de países árabes; presidente da CRE, Nelsinho Trad; presidente do grupo, Jean Paul Prates; e vice-presidente, Angela Amin – Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Política

Jean-Paul sobre Política X Técnica

A pior consequência do tão deplorado ambiente de “polarização política” dos tempos atuais não é a apropriação simbólica da bandeira nacional ou da camisa da seleção brasileira de futebol por supostos justiceiros que, cedo ou tarde, terminam sendo desmascarados. Tampouco as famosas discussões acaloradas nos grupos das famílias nos aplicativos de bate-papo representam o fim da civilização.

A pior coisa que surge como subproduto desse ambiente radicalizado criado nas redes sociais é o fenômeno da aversão à política. Inversamente, para governos, grupos ou movimentos que apostam na estratégia da despolitização, esse é o melhor cenário para fazer sua mensagem chegar à opinião pública sem contestação.

Essa negação da política tem contaminado, inclusive, grupos de debates reunindo acadêmicos, técnicos e especialistas em temas diversos, onde estranhamente impera a censura a discussões, opiniões e posicionamentos políticos.

Concordo que se deve evitar que discussões técnicas descambem para a frivolidade das disputas meramente partidárias, das provocações eleitorais e das notícias de veracidade contestável. Ocorre que os limites daquilo que se considera como “assunto político” são muito amplos, tornando difícil, na maioria das vezes, estabelecer essa fronteira conceitual. Esse patrulhamento, além de meio paranoico, é alienante, porque ignora que “nem tudo é política, mas a política está em tudo”.

O banimento indiscriminado da política de grupos onde são debatidos temas setoriais só serve para pasteurizar desnecessariamente discussões importantes. Por mais óbvio que pareça, precisamos lembrar que a política é inerente à gestão pública. É, portanto, inimaginável desconsiderar os aspectos políticos quando tratamos de determinados assuntos de âmbito técnico, principalmente quando dizem respeito a atividades econômicas reguladas. Excluir a política da arena do debate, mesmo o debate técnico, é um exercício de cinismo retórico.

Durante minha vida profissional sempre tive uma atuação técnica, mas sem nunca desprezar a importância do exercício da política, em seu sentido lato sensu, na hora da tomada de decisões nas áreas com as quais trabalhava, como petróleo e gás, energias renováveis, infraestrutura urbana, consumo responsável, desenvolvimento sustentável e gestão de recursos naturais. Mas agora que estou político, ao exercer pela primeira vez um mandato parlamentar, devo concordar com essa imposição em nome do senso comum que prega que política e técnica são assuntos inconciliáveis? Essa é uma ideia que, além de antidemocrática, mascara a incapacidade que seus defensores têm de argumentar civilizadamente.

A “patrulha dos isentões”, tanto os que agem de boa-fé quanto os que só enxergam a política pelo seu viés ideológico, presta um desserviço à sociedade. Por isso, a única coisa que merece é ser ignorada. Ninguém tem o poder de reclamar para si o direito de tutelar o debate, pelo simples fato de que em uma democracia plena não existem donos da verdade.

O direito à opinião, à crítica e à liberdade de expressão é inalienável. Não pretendo, jamais, abrir mão dele, independentemente do tema em pauta. Continuarei dando minha contribuição ao debate público sobre os assuntos que se apresentarem importantes na agenda nacional, sejam eles técnicos, setoriais ou políticos (agora, no sentido stricto sensu).

É claro que, ao fazer isso, não poderei me apartar das convicções políticas, ideológicas e sociais que carrego e represento. Da mesma forma que não agredirei nem desqualificarei quem, civilizadamente, pensar diferente de mim, porque o exercício do contraditório é o que aprimora a democracia. Os que agem diferente assumem, automaticamente, a carapuça da intolerância, do sectarismo e do autoritarismo.

Jean Paul Prates – Senador da República (PT-RN)

Política

Fátima com Antenor Roberto e Jean-Paul no sábado de Carnatal

A governadora Fátima Bezerra (PT) marcou presença no sábado (14) de Carnatal.

Circulou pela festa ao lado do vice Antenor Roberto (PCdoB) e do senador Jean-Paul Prates (PT).

Ficou mais tempo no Lounge Nota Potiguar, mas concedeu entrevistas e teve direito a alô dos cantores Bell Marques e Ricardo Chaves.

Política

Duplicação da BR 304 e BR 406 é incluída no PPA

A Comissão Mista de Orçamento (CMO) aprovou, nesta terça-feira, 10 de dezembro, Relatório Final do Plano Plurianual (PPA 2020-2023) com duas emendas do senador Jean Paul Prates (PT-RN).

As emendas preveem a duplicação de duas rodovias no Rio Grande do Norte, a BR-406, no trecho entre Macau e o acesso norte do Aeroporto Aluízio Alves, e a BR-304, entre o entroncamento da BR 226 e a Divisa com o Ceará. “A BR 406 atravessa a região de maior potencial eólico do Rio Grande do Norte, isso significa que é através desta rodovia que são transportados a maior parte dos equipamentos utilizados nos parques eólicos do estado, além disso, por ela trafegam caminhões carregando metade do sal produzido no RN, além de combustíveis e óleo lubrificantes”, justifica Prates.

Já a BR 304 é a principal ligação entre Natal e Mossoró, cruzando os municípios de Bom Jesus, Santa Maria, Riachuelo, Caiçara do Rio do Vento, Lajes, Fernando Pedroza, Angicos, Assú e Upanema. É a rodovia mais importante do Rio Grande do Norte. O trecho incluído na duplicação tem extensão de 218 quilômetros. “Conseguimos um importante passo, agora, caberá a bancada federal destinar recursos para execução e conclusão das obras nos próximos anos”, afirma Jean Paul.

photo5152413828695304284

Política

Ferrovias poderão ser reativadas no RN

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) apresentou, nesta terça-feira (29), seu parecer favorável e texto substitutivo ao Projeto de Lei 261/2018, apelidado de Novo Marco Legal das Ferrovias.

No substitutivo entregue à Comissão de Infraestrutura do Senado Federal, o parlamentar acrescentou ao projeto original a modernização do modelo atual de concessão da malha ferroviária brasileira e disposições que versam sobre a devolução e nova licitação de linhas ociosas.

“Logo no início do mandato, solicitei esta relatoria não apenas em função da experiência que já vivi na elaboração de marcos regulatórios como, em especial, para contribuir com a reativação de ferrovias abandonadas no Rio Grande do Norte, além da perspectiva de pensarmos em novos ramais que sirvam ao combalido escoamento da nossa produção mineral, agrícola e de granéis líquidos”, disse.

Política

Jean-Paul e Girão premiados pelo Congresso em Foco

Dois parlamentares do Rio Grande do Norte foram premiados pelo Congresso em Foco: o senador Jean-Paul Prates (PT) o deputado federal General Girão (PSL).

Jean-Paul foi eleito o 7º melhor senador do país.

E Girão o 2º melhor deputado federal na categoria de Proteção do Clima e da Sustentabilidade.

O Congresso em Foco é um site jornalístico que faz uma cobertura apartidária do Congresso Nacional e dos principais fatos políticos da capital federal

Política

Jean-Paul recebe dirigentes da Abrasel

O senador Jean-Paul Prates conversou com dirigentes da Abrasel sobre os desafios de melhorar o ambiente empreendedor no país, especialmente no Rio Grande do Norte, e, consequentemente, a qualidade de vida do cidadão.

Ele também foi apresentado a AVA, a assistente virtual da associação que ajudará os empresários do setor a tirarem dúvidas no processo de gestão do seu negócio.

Artur Fontes, presidente da Abrasel/RN; Glauco Gobbato, diretor-executivo e o conselheiro nacional Max Fonseca também reforçaram pessoalmente o convite para que o senador Jean Paul participe do 31º congresso nacional da Abasel, que está sendo realizado em Brasília até a próxima quinta-feira.

Este é o maior encontro envolvendo líderes empresariais da alimentação fora do lar e da gastronomia do país.

Política

Jean-Paul: “Fátima não é contra discutir a Previdência”

O senador Jean-Paul Prates (PT) abordou ontem (04), questões relacionadas à Reforma da Previdência, depois da repercussão na Globo News, sobre a ausência da governadora Fátima Bezerra nos debates em torno do tema, ocorridos durante a semana em Brasília.

“Ela não é contra discutir a Previdência. Pelo contrário. Colabora, constrói e, como nós, também quer uma reforma da Previdência justa, mas sem açodamento”, disse.

Segundo o parlamentar, as propostas do ministro da Economia, Paulo Guedes, apenas minimizam o deficit, mas não o resolvem. A sugestão dos governadores é a criação do fundo de compensação previdenciária, com receitas advindas da exploração de recursos naturais, como o petróleo, explicou Jean Paul.

— O Rio Grande do Norte, por exemplo, tem um deficit previdenciário mensal da ordem de R$ 130 milhões. A única medida incluída por Paulo Guedes, que poderia amenizar a situação, é o aumento da alíquota previdenciária de 11% para 14%. No caso do Rio Grande do Norte, isso renderia R$ 40 milhões, então não resolve. [O déficit ainda seria de R$ 90 milhões] — avaliou.

Política

Jean-Paul solidário a Jaques Wagner

O senador Jean-Paul Prates (PT-RN) emitiu nota de solidariedade neste sábado (29), ao colega Jaques Wagner (PT-BA).

Em virtude de novas revelações feitas pelo site “The Intercept Brasil”, onde mostra que procuradores da Operação Lava Jato pretendiam constrangê-lo antes do segundo turno de 2018, com uma operação de busca e apreensão em sua casa.

Política

Jean-Paul volta a criticar altos preços de passagens aéreas cobrados no RN

O senador Jean Paul Prates (PT) voltou a criticar os preços exorbitantes das passagens aéreas cobradas pelas companhias que operam no Rio Grande do Norte.

Ele ressaltou que, em apenas um trecho, de Brasília para Natal, o preço da passagem chega a passar dos 2 mil reais.

“Temos sofrido com preços da ordem de R$ 2,5 mil por perna. Não é a ida e a volta, não! É somente a ida, ou apenas a volta”, disse o senador.

Estado

Petrobras garante que vai investir R$ 792 milhões no RN em 2019

Em reunião na sede da Petrobras, no Rio de Janeiro, nesta terça-feira (28), a Petrobras garantiu a governadora Fátima Bezerra, ao senador Jean-Paul Pratese ao deputado federal João Maia, que vai investir US$ 198 milhões (R$ 792 milhões em cotação de hoje) no Rio Grande do Norte de um total de U$ 668 milhões (R$ 2,6 bilhões) que é o gasto estimado para 2019 na Bacia Potiguar.

O valor é quatro vezes maior que o investido no ano passado.

A garantia foi dada pelo presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, que confirmou que a estatal manterá presença em cerca de 60% dos campos terrestres e com previsão de investimentos na refinaria Clara Camarão, em Guamaré.

O deputado federal João Maia considerou que “o mais positivo nessa audiência foi a sinceridade da governadora sobre a situação do Rio Grande do Norte perante a Petrobras e também a disponibilidade do presidente e da diretoria da estatal para, através do diálogo, atender as nossas pendências”.

Também participaram da audiência, o secretário de Estado de Planejamento, Aldemir Freire, e a diretora da Companhia Potiguar de Gás (Potigás), Marina Melo.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Política

LaCroix: Jean-Paul é o primeiro senador do Brasil com nacionalidade francesa desde 1889

O senador pelo Rio Grande do Norte, Jean-Paul Prates (PT), é destaque no La Croix, jornal diário francês de interesse geral. É publicado em Paris e distribuído em toda a França.

Segundo a publicação, Jean-Paul é de fato o primeiro senador no parlamento brasileiro, desde o advento da República, em 1889, a ter nacionalidade francesa.

Jean-Paul nasceu no Rio, em 1968, filho de pai brasileiro, vindo de uma grande família no sul do país. Sua mãe era francesa. “A pé, ela deixou a França com a minha avó, durante a guerra”, diz ele à reportagem.

Veja aqui a reportagem completa.