Cidades

Tremor de terra é registrado em João Câmara

No início desta segunda-feira(06), às 03:21 UTC (00:21, hora local), ocorreu um novo tremor na região de João Câmara, desta vez de magnitude preliminar 2.0. Esse evento foi sentido por moradores de João Câmara, segundo a Defesa Civil local.

O evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

A atividade sísmica na região de João Câmara continua ocorrendo ao norte de Lagoa Rachada, nos limites dos municípios de João Câmara e Poço Branco, onde se iniciou a intensa atividade sísmica de 1986.

Política

Em João Câmara, Garibaldi, Walter Alves e Ubaldo participam de convenção do MDB

O Movimento Democrático Brasileiro no Rio Grande do Norte (MDB-RN) realizou, na noite de ontem (7), convenção municipal em João Câmara. A solenidade foi marcada pela filiação do pré-candidato a prefeito, Rafael Targino. O presidente do MDB-RN, Walter Alves, o vice-presidente da legenda, Garibaldi Filho e o deputado estadual Ubaldo Fernandes (PL) participaram do evento.

Marcada para ocorrer no auditório da Casa de Cultura, a convenção foi realizada na parte externa do prédio devido a quantidade de pessoas que compareceram ao evento. “Isso é a prova de que o nome de Rafael renova a esperança de um futuro melhor para João Câmara”, disse Garibaldi Filho.

Rafael Targino é advogado e neto do ex-prefeito de João Câmara, Vavá.

Política

Ministro do TSE defere liminar que garante retorno do prefeito de João Câmara ao cargo

No último dia 13, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) cassou os mandados do prefeito de João Câmara, Maurício Caetano Damacena; do vice-prefeito Hoderlin Silva de Araújo e do vereador Luiz Araújo da Costa, o Luiz de Berré. A acusação é de prática de abuso de poder nas eleições municipais de 2016.

Nesta segunda-feira (19), o Ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Admar Gonzaga, concedeu liminar suspendendo os efeitos da decisão do TRE-RN. A defesa é feito pelos advogados Kennedy Diógenes e Sanderson Mafra.

Diz a decisão do Ministro:

“Defiro o pedido de liminar em mandado de segurança formalizado por Maurício Caetano Damacena e Holderlin Silva de Araújo, a fim de suspender os efeitos, apenas em relação aos autores, do acórdão proferido no Recurso Eleitoral 698-53.2016.6.20.0010, determinando a sua manutenção nos cargos de prefeito e vice-prefeito de João Câmara/RN, ou a respectiva recondução, caso já tenham sido afastados, até a eventual publicação do aresto proferido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte em sede de primeiros embargos de declaração.

Solicitem-se informações ao órgão apontado como coator, no prazo de 10 dias, nos termos do art. 7o, I, da Lei 12.016, de 7 de agosto de 2009.

Cite-se o Ministério Público Eleitoral.

Oferecidas as manifestações ou escoados os respectivos prazos, certifique-se eventual julgamento e publicação do acórdão dos primeiros embargos de declaração opostos na origem e, após, enviem-se os autos conclusos.Publique-se.

Intime-se.”

Política

TRE-RN cassa prefeito, vice-prefeito e vereador de João Câmara

Em Sessão Plenária realizada nesta terça-feira (13), presidida pelo Desembargador Dilermando Mota, presidente do TRE-RN, nos autos do Recurso Eleitoral nº 698-53.2016.6.20.0010,em que se apurava possível prática de abuso de poder nas Eleições 2016 de João Câmara,a Corte Eleitoral potiguar, sob a relatoria do Desembargador Ibanez Monteiro, desproveu os recursos interpostos por Ariosvaldo Targino de Araújo, conhecido como Vavá (ex-prefeito de João Câmara), Arison Fabiano Rodrigues Targino (filho de Ariosvaldo), Maria Redivan Rodrigues (esposa de Ariosvaldo), Izilânia Régia da Silva (Gerente administrativa), Romeika de Morais Costa (empresária), mantendo a sentença do Juízo da 10ª Zona Eleitoral que lhes impôs a sanção de inelegibilidade.

Em relação à Maurício Caetano Damacena (prefeito de João Câmara) e Hoderlin Silva de Araújo (vice-prefeito de João Câmara), foi dado provimento parcial ao recurso tão somente para afastar a tese de abuso de poder pela utilização de trator, sem alterar, contudo, as sanções impostas de cassação dos diplomas dos eleitos e inelegibilidade. O prefeito e vice-prefeito de João Câmara foram cassados devido ao abuso de poder constatado pela pressão indevida sobre servidores de vínculo precário (vinculo temporário e de cargos comissionados) e diversas ordens de abastecimento de combustível em nome da prefeitura para terceiros.

No tocante ao recorrente Luiz Araújo da Costa (Luiz de Berré), vereador de João Câmara, também foi desprovida sua súplica e mantida a condenação de inelegibilidade e cassação do diploma de Vereador.

Todas as matérias foram apreciadas à unanimidade de votos, em consonância com o parecer da Procuradoria Regional, sendo a decisão de efeito imediato, já sendo determinada a comunicação à Zona Eleitoral respectiva e a expedição de ofício à Câmara Municipal de Vereadores de João Câmara para ciência e adoção das medidas pertinentes. As decisões tem efeito imediato.

Cidades

Tremor de terra em João Câmara

Um novo tremor de terra foi sentido na cidade de João Câmara, na madrugada deste domingo (18). 

O caso ocorreu por volta das 08h30 e segundo a UFRN o abalo teve magnitude de 2.1 graus na escala Richter. 

A cidade de João Cãmara é localizada na falha geológica de Samambaia.

Cidades

Seis pessoas com suspeitas de dengue morrem em cidade do RN

De sábado até ontem, seis pessoas morreram em João Câmara com os sintomas da Dengue. Inclusive, dois irmãos de uma idade já avançada morreram em um intervalo de poucas horas. 

Uma criança de 10 anos também está entre as seis vítimas com suspeitas de morte pela dengue. 

É um fato grave que merece atenção urgente das autoridades. 

Sem categoria

Agripino e Felipe Maia cumprem agenda em João Câmara com Henrique e Wilma

Prestes a conversar política com a governadora Rosalba Ciarlini (DEM), o presidente nacional e estadual do DEK, senador José Agripino Maia, juntamente com o filho-federal Felipe Maia, esteve em João Câmara, atendendo convite do prefeito Vavá (DEM), para prestigiar a inauguração do Mercado Público.

No evento, também estavam o governadorável Henrique (PMDB) e a senadorável Wilma (PSB).

z